Pesquisar neste blogue

sábado, 31 de julho de 2010

Ser 1 | Lino Damião | PintOgravuras

ser1_Lino_Damiao_3

http://linodamiao.blogspot.com/ Pensar e Falar Angola
Posted by Toke

Notícias no Google sobre Angola

Angola surpreendida no basquetebol pela Guiné-Bissau
AngolaPress
Depois de ter vencido por 81-29 na primeira ronda Cabo Verde, Angola hoje apresentou-se muito mal nos minutos iniciais diante de uma Guiné forte fisica e ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Vice-governador destaca papel da mulher no desenvolvimento de Angola
AngolaPress
Segundo disse, actualmente é visível a presença da mulher angolana em várias instituições, exercendo cargos de direcção, destacando os Ministérios da ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola-telecom instala sistema de telefone sem fio em Camacupa
AngolaPress
Kuito - Pelo menos duas mil linhas telefónicas do sistema sem fio, denominado "CDMA", serão instaladas, este ano, pela Angola-Telecom, no município de ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola: Autoridades vão definir estratégias para combate ao ...
LUSA
A notícia, divulgada pela emissora católica de Angola, adiantou que o homem, de 50 anos, confessou à polícia ter matado 11 mulheres em 2008 para lhes ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Camargo Corrêa anuncia US$ 500 milhões em fábricas no Paraguai e ...
O Globo
A fábrica de Angola, com aporte acima de US$ 400 milhões, será sediada em Lobito, na província de Benguela. Com capacidade estimada em 1,6 milhão de ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Registadas cinco violações da fronteira Angola/Namíbia
AngolaPress
Ondjiva - Cinco violações da fronteira entre Angola ea República da Namíbia foram registadas nos últimos sete dias, pelos efectivos da Polícia de Guarda ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola: Um milhão de crianças sem acesso à escola primária, mas ...
LUSA
A governante explicou que “Angola está a seguir muito bem” o caminho em direção à concretização dos ODM, não obstante o país ter alcançado a paz há apenas ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Presidente cabo-verdiano pensa e escrever memórias
AngolaPress
Em declarações a jornalistas angolanos no âmbito da sua estada em Angola, declarou que pensa em escrever “as memórias a sério”. “Quero qualquer coisa que ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Japão garante fundos
Jornal de Angola
O director-geral do Banco do Japão para Cooperação Internacional (JBIC), um dos maiores do mundo, considera Angola um local seguro para investir e garantiu, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Avaliação em USD 15 mil milhões das reservas líquidas de Angola é ...
AngolaPress
Luanda - A informação dando conta que as reservas líquidas internacionais de Angola estão avaliadas em 15 mil milhões de dólares norte-americanos, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »

Pensar e Falar Angola

Mirabilisart 2





Pensar e Falar Angola

Sábado Musical

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Notícias no Google sobre Angola

Angola empata com Guiné-Bissau em futebol
AngolaPress
A equipa angolana esteve algo apática no início do jogo, disputado no estádio 1º de Maio, sendo surpreendida várias vezes pelo adversário, mas ainda assim ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola bate Cabo Verde no torneio de basquetebol
AngolaPress
Maputo (Do enviado especial) – A equipa de basquetebol de Angola em sub-16 venceu hoje a similar de Cabo Verde, por 81-29, na primeira jornada do torneio de ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Imprensa angolana em peso na cobertura do show de Yuri da Cunha
AngolaPress
Lisboa (Do enviado especial) – A imprensa pública angolana está representada em grande número, pelos seus principais órgãos de informação, em Portugal, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Cantores angolanos actuam hoje nos jogos da CPLP
AngolaPress
Maputo (Do enviado especial) - Os cantores Ary e Heavy C serão os destaques do espectáculo músico-cultural do dia de Angola, a assinalar-se hoje no âmbito ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Plataforma para antecipar Tupi saiu de Cingapura, diz Galp
O Globo
Segundo Oliveira, os custos de exploração no Brasil são idênticos aos de exploração em Angola em águas profundas, mas não divulgou os volumes que serão ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Embaixador nigeriano classifica muito boas as relações com Angola
AngolaPress
Luanda - As relações entre Angola ea Nigéria são "muito boas e amistosas", segundo disse hoje (sexta-feira), em Luanda, o embaixador nigeriano cessante, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »

AngolaPress
Regresso à Angola colonial
Correio da Manhã
Mãe e filha (a mesma actriz, a excelente Joana Seixas) são o epicentro de um universo emocional (mas também misterioso) que liga Portugal a Angola e que ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Coordenador da ANIP recebe empresários japoneses
AngolaPress
A delegação, encabeçada por Fumio Hoshi, que realiza uma visita de três dias a Angola para prospecção de mercado, integra 20 empresários japoneses, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »

AngolaPress
Pedro Pires esperançado em solução na Guiné-Bissau
AngolaPress
Os Chefes de Estado de Angola, José Eduardo dos Santos, e de Cabo Verde, Pedro Pires, mantiveram quarta-feira um encontro privado no Palácio Presidencial da ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Bolsa de Valores e Derivados de Angola com abertura prevista para ...
Jornal de Angola
A Bolsa de Valores e Derivados de Angola vai arrancar em 2011, garantiu à imprensa, na quarta-feira, o ministro das Finanças, Carlos Alberto Lopes, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »


Pensar e Falar Angola

Reorganização Nacional (XIX) - Repatriamento

O ministro da Assistência e Reinserção Social garantiu, ontem, no Lubango, estarem criadas as condições para o início da execução da primeira fase do plano de repatriamento voluntário dos refugiados angolanos interessados em regressar a Angola.
João Baptista Kussumua fez a afirmação ao discursar na abertura da segunda Reunião Tripartida, entre Angola, Namíbia e representantes do Alto-Comissário das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), que decorre desde ontem até hoje, na sala de conferências do hotel Serra da Estrela, na cidade do Lubango.
"Temos consciência que se devem dar passos seguros e estabelecermos como horizonte temporal para a conclusão do processo o final de 2011, com a cessão do estatuto de refugiado, pois não existem razões para que angolanos tenham estatuto de refugiado", disse.
O ministro afirmou que os países de asilo e o ACNUR estão a empreender esforços para que maior número de refugiados angolanos retorne ao país e tenha boa assistência.
João Baptista Kussumua referiu ser obrigação institucional e moral contribuir para a eliminação do fenómeno refugiado na região. "O trabalho que desenvolvemos hoje está direccionado para o alcance desse objectivo", declarou o ministro, apelando ao empenho das três delegações para que se atinjam os melhores resultados, a fim de se poder direccionar futuramente a atenção à reintegração social e ao combate à pobreza no seio da população.
Paz favorece regresso
Na Namíbia, as estatísticas apontam para a existência de 5.900 angolanos na condição de refugiados. O ministro Kussumua afirmou que a conclusão, com êxito, do processo de repatriamento dos refugiados angolanos na Namíbia vai ser um êxito dos dois países e do continente africano.
A ministra dos assuntos internos e migratórios da Namíbia reafirmou ontem, no Lubango, Huíla, que a relações com Angola são excelentes e cada vez mais sólidas.
Rosalina Nghindinwa, que falava na abertura da segunda reunião tripartida Angola–ACNUR–Namíbia, que debate a situação do repatriamento de refugiados angolanos naquele país, lembrou que os laços entre os dois países "são sólidos porque foram construídos em bases sociais e históricas muito profundas".
A ministra namibiana disse esperar que o encontro crie condições para consolidar o processo de repatriamento voluntário de refugiados angolanos. O procedimento de registo de angolanos refugiados na Namíbia, frisou, está garantido, havendo 999 com estatuto de refugiados, dos 113 manifestaram interesse em regressar por vontade própria.
"Acreditamos que a conclusão deste processo deve ser efectivada em concordância com a sua livre e espontânea vontade, e em condições de absoluta segurança", manifestou.
Rosalina Nghindiwa sugeriu a observância das condições de assentamento destas pessoas em Angola e o respeito da sua vontade em escolher o lugar.
Angola, lembrou, é um país estável e, por isso, a Namíbia vai facilitar o regresso dos refugiados angolanos a casa.
Já o vice-governador da Huíla para a área Social, Sérgio da Cunha Velho, garantiu apoio aos refugiados que tiverem a província como destino final.
"O governo da Huíla vai envidar esforços no sentido de proporcionar condições mínimas, dentro das instituições competentes, para a integração e reinserção na sociedade dos regressados que tenham a província como destino", disse o vice-governador.
Após os trabalhos, os participantes visitam pontos turísticos da província com realce para a serra da Leba, o Cristo Rei, o cemitério da Swapo, na localidade do Luyovo, e a fábrica de transformação do granito negro da Emanha, localizada nos arredores da cidade do Lubango.



Associação dos Estudantes Angolanos em Portugal

A Associação dos Estudantes Angolanos em Portugal e a Escola de Administração de Lisboa, da Universidade Lusófona, assinaram, na capital portuguesa, um acordo destinado a reduzir as propinas dos alunos em dez por cento no acesso àquele estabelecimento de Ensino Superior.
A parceria, rubricada pelo presidente da associação, Edivaldo Fonseca, e pelo director da escola, Rui dos Santos, contempla ainda outros benefícios para os estudantes nacionais, como ofertas formativas em cursos graduados e de pós-graduação, assim como acções de formação específicas, baseadas na legislação angolana.
Para este responsável associativo, o acordo vai beneficiar os alunos angolanos em Portugal e garantir uma maior qualidade na formação dos quadros nacionais.
"A batalha da modernização dos Estados e da sua Administração Pública lança desafios à criatividade e à inovação, que requerem uma aposta forte na qualificação de especialistas, e Angola não é excepção", frisou Edivaldo Fonseca.
Rui dos Santos disse, por seu lado, que a parceria, além de apoiar os estudantes, vai também ajudar nos esforços do Governo angolano no sector da formação de técnicos, particularmente na área da administração, na qual as aulas práticas vão ser mais acentuadas.
Para o académico, a formação de quadros na área de administração é fundamental para o desenvolvimento de qualquer Estado, principalmente para países em desenvolvimento, como é o caso de Angola.
"Este protocolo vai criar condições privilegiadas para os estudantes angolanos em Portugal, onde poderão ter uma formação direccionada para as necessidades das estruturas administrativas angolanas numa das melhores escolas, com professores de renome e com aceitação internacional na área da Administração Pública", salientou.
Assistiram à cerimónia, realizada no Palácio de Santa Clara, responsáveis de instituições do Ensino Superior, estudantes, líderes associativos e académicos, entre outras personalidades.
A Escola de Administração de Lisboa lecciona os cursos de pós-graduação em Administração Autárquica e Finanças Locais, Administração Pública e Direito Publico Económico e MPA (Master in Public Administration).
A Associação dos Estudantes Angolanos, que existe há cerca de 19 anos, representa actualmente mais de 1.700 alunos.


Pacote de sumo







Pensar e Falar Angola

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Notícias no Google sobre Angola



Banco do Japão para a Cooperação Internacional analisa ...
LUSA
Fumio Hoshi, que realiza uma visita de três dias a Angola para prospeção de mercado, é acompanhado por 20 empresários japoneses, representantes de grandes ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »

LUSA
Moçambique e Portugal inauguram competição
AngolaPress
Angola estreia-se, ainda hoje, com o voleibol feminino diante da sua similar da Guiné Bissau, na praia Miramar, numa partida a ter início às 18:30 local, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
António Mexia: EDP pondera avançar para projetos em Angola
Diário Digital
A EDP poderá avançar para pequenos projetos de energia solar e hídricos em Angola, onde atualmente participa numa central de ciclo combinado de 400 ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Estudantes angolanos em Portugal apostam em parcerias estratégicas
Jornal de Angola
O presidente da Associação dos Estudantes Angolanos em Portugal, Edvaldo Fonseca, defendeu na segunda-feira, em Lisboa, o incremento de parcerias ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Zwela Angola
Zwela Angola Noticias
(Zwela Angola) - Eu creio que a mais desafiadora tarefa que cabe ao mundo da economia nos dias de hoje é romper, sistematicamente, com a visão que predomina ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »

Zwela Angola Noticias
Angola com seis cimenteiras até 2013
Sol
O projecto Palanca Cimentos, avaliado em 430 milhões de dólares, é um consórcio constituído pelo Grupo Gema (angolano), com 40% de participação, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »

Sol
Bolsa de Valores e Derivados de Angola começa em 2011
AngolaPress
Luanda – O ministro das Finanças, Carlos Alberto Lopes, deu hoje, em Luanda, garantias de que a Bolsa de Valores e Derivados de Angola (BVDA) entrará em ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Língua: Maior utilização de ferramentas linguísticas pode ajudar ...
Expresso
"Tanto Angola como Moçambique consideram que é preciso maior preparação interna para criar recursos, mecanismos, instrumentos necessários para a introdução ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Adversários observam treinos de Angola
AngolaPress
O conjunto angolano de ténis nos sétimos Jogos da CPLP é constituído por Agostinha Armando, Helena Ngunza, José Simão e Armando Pemba, atletas cujos ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Recomendada campanha de sensibilização para repatriamento ...
AngolaPress
Lubango - Participantes à segunda reunião tripartida Angola-Acnur-Namíbia recomendaram hoje (quarta-feira), na cidade do Lubango, a realização de campanhas ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »

Mirabilisart 1



Pensar e Falar Angola

Depois da Tempestade a Bonança

A TAAG, companhia aérea angolana de bandeira, foi reconhecida como uma das companhias aéreas a operar no espaço aéreo europeu que se destacam positivamente no cumprimento de todos os pressupostos operacionais.
O reconhecimento está num relatório da empresa portuguesa de Aeroportos e Navegação Aérea (ANA) a que o Jornal de Angola teve ontem acesso.
O relatório, que alberga elementos operacionais do primeiro semestre no aeroporto da Portela (Lisboa), salienta que houve um crescimento acentuado nos mercados originários de tráfego, particularmente de França e Portugal.
De acordo com o documento, passaram pelo Aeroporto de Lisboa mais de seis milhões de passageiros, verificando-se, no entanto, uma quebra de cinco por cento, registada em todos os segmentos, com menor importância no sector tradicional.
Em termos de oferta, nota-se uma quebra acentuada em movimentos (menos 7,1 por cento) e em ofertas de lugares (menos 4,8 por cento) o que, conjugado com a evolução da procura, resulta numa quebra ligeira do load factor (oferta em relação à ocupação). Fonte da TAAG, contactada ontem, referiu que o reconhecimento é sinal de que a transportadora aérea nacional está no bom caminho, rumo à excelência operacional. A TAAG, que opera para o espaço aéreo europeu sem restrições, voa para Lisboa, Paris, Londres, Bruxelas e Frankfurt, em Code Share (Partilha de Códigos), com companhias aéreas dos respectivos países.


Música no Elinga Teatro

A Banda moçambicana 340 ml, a cantora luso-cabo-verdiana Lura e o guitarrista inglês Ronny Jordam participam numa "Oficina da Música", que realiza amanhã e na sexta-feira, no espaço cultural Elinga Teatro.
O evento, organizado pelo Movimentyo X, a Ritek, promotora do Luanda Internacional Jazz Festival, e a Aliance Française, tem o objectivo de orientar músicos, produtores, estudantes e amantes da música em matérias como composição musical, instrumentos musicais e voz.
Amanhã vai ser tratado o tema "Negócio da Música – na perspectiva do músico e do produtor", em que são prelectores os músicos Rui e Paulo, da Banda 340ml.
Na sexta-feira, o tema é "Composição e Arranjos". Ronny Jordan vai ensinar a compor uma música com guitarra e Lura intervêm na composição vocal.
Otiniel Silva, do Movimento X, disse, ao Jornal de Angola, que o workshop é uma oportunidade para os artistas angolanos, particularmente os que estão ligados à música, aperfeiçoarem técnicas.
"Pretendemos, de certa forma, que os músicos angolanos interajam com os estrangeiros e melhorem as composições músicas", afirmou. "Achamos que todas as dificuldades que os músicos apresentam podem ser superadas com este tipo de workshop, referiu. As sessões realizam-se entre as 10h00 e 13h00 e as participações são gratuitas.
Lura, Ronny Jordam e a Banda 340ml actuam no 2º Festival Internacional de Jazz de Luanda, que se realiza, nos dias 31 e 1 de Agosto, no Cine Atlântico.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Bonecas angolanas

Colecção J. R. Ivy
Fotografia Neil Munro


Pensar e Falar Angola

Notícias no Google sobre Angola




Delegação angolana cumpre processo de acreditação
AngolaPress
Maputo (Do enviado especial) - Os membros da delegação angolana aos sétimos Jogos da CPLP são credenciados hoje, em Maputo (Moçambique), e posteriormente as ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Djalma (Marítimo) e Mateus (Nacional) nos convocados de Angola
A Bola
O seleccionador de Angola, o francês Hervé Renard, chamou dois jogadores que actuam no futebol português para o encontro particular do próximo dia 11 de ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola: Luanda no centro da disseminação de pólio no país
Diário Digital
Angola já registou desde o início do ano 17 casos de poliomielite, mas fonte do Ministério da Saúde disse hoje à agência Lusa que todos os casos têm ligação ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Presidentes de Angola e de Cabo Verde mantêm conversações em Luanda
África 21 Digital
Luanda - Os presidentes de Angola, José Eduardo dos Santos, e de Cabo Verde, Pedro Pires, mantiveram nesta quarta-feira (28), em Luanda, uma conversa em ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Representante de Angola vai levar cultura do país ao Miss Universo
AngolaPress
Luanda - A miss Angola 2010, Jurema Ferraz, frisou hoje, em Luanda, que vai representar o país de forma condigna e que a sua participação no concurso Miss ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »

AngolaPress
Escola de Administração procura parcerias em Angola
AngolaPress
Deu a conhecer que, para a materialização deste projecto, tem já agendado para os próximos dias um encontro de trabalho com o embaixador angolano em ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Ministro Kussumua defende verificação da nacionalidade antes do ...
AngolaPress
Caso se comprove a nacionalidade, estes cidadãos irão regressar ainda este ano a Angola, no quadro de um Processo Voluntário de Repatriamento, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Unita refuta conteúdo de artigo publicado pelo Jornal de Angola
AngolaPress
Luanda – A direcção da Unita refutou o conteúdo do artigo publicado na edição do Jornal de Angola de hoje, quarta-feira, intitulado " As teses golpistas da ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Apoio de Angola ao fim de sanções
Jornal de Angola
O embaixador cessante do Zimbabwe em Angola salientou, ontem, o apoio recebido para que se levantem as sanções económicas impostas ao seu país. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »

Reorganização Nacional (XVIII) - Desarmamento civil

A campanha de desarmamento civil já vai no seu terceiro ano e o número de armas recolhido ate aqui é satisfatório, segundo o comissário chefe da Comissão Nacional para o Desarmamento da População Civil, Paulo de Almeida. O oficial da Polícia Nacional revelou que a maior preocupação da Comissão é o contrabando de armas. "As armas que estão a ser utilizadas pelos meliantes são novas. Isso preocupa-nos porque não há no país nenhuma entidade privada ou particular que importe armas. É o Estado que importa e as distribui. Alguma fuga se está a registar ".
Jornal Angola – O número de armas ilegais recolhidas dos civis já é considerável?

Paulo de Almeida - Um grande número de armas já foi recolhido, mas aceitamos que ainda há um número considerável de armas que está ilegalmente na posse dos cidadãos. Por isso, há toda a necessidade de continuarmos a desenvolver a campanha de desarmamento para podermos atingir os cidadãos que ainda se mostram relutantes a entregar as armas.
JA – Foi por isso que o prazo foi alargado?

PA - Os dois anos não foram suficientes para que todas as pessoas ficassem convencidas de que um cidadão sem arma é uma pessoa mais segura. Mas para alguns a arma é considerada um meio de sobrevivência. A campanha não pode ser vista simplesmente no sentido de desarmar a população, mas também tem como objectivo moralizar a sociedade, despertar as consciências de que o espírito belicista, a violência, são reacções negativas. Por isso é que a campanha tem incidência nas mentes humanas, através da sensibilização, da publicidade, para podermos despertar as consciências, no sentido de não voltarem a amar-se nem terem armas ilegais, que põem em risco as suas vidas e das suas famílias.

JA – Que outros motivos levaram ao prolongamento da campanha?

PA – O outro motivo é que ainda há muito por fazer. É preciso recolher as armas, mentalizar as pessoas e principalmente inseri-las na sociedade. Muitos desses cidadãos usavam e usam as armas como instrumentos de trabalho, por exemplo, na caça, por isso precisamos de convencer estas pessoas. Tenho recebido muitos sobas que pedem armas porque precisam delas para se defenderem dos animais. Por isso é necessária a inserção social destas pessoas. Temos de ver o papel das instituições, como está previsto no plano de desarmamento.

JA – Filmes e outros produtos com o rótulo de culturais, promovem a violência. Estão previstas medidas para proteger a sociedade dessa realidade?

PA - Esse assunto já está sob o controlo do Ministério da Cultura que também faz parte da comissão e está a tratar as coisas com muita competência, para que as pessoas, principalmente as crianças, não se sintam aliciadas ao verem os seus ídolos musicais a participarem em filmes violentos. No programa de sensibilização as mulheres são importantes. Elas representam um papel importante. Sabem onde os maridos e filhos escondem as armas. Elas são as vítimas por isso devem participar em massa na campanha. A juventude não pode ficar de parte. Um dos problemas com a sensibilização é falta de dinheiro. O orçamento da campanha para este ano, ainda não foi comunicado à comissão e isso e dificulta a produção de meios para a campanha. Este problema afecta Luanda e o resto do país.

JA – Qual é a província onde há mais armas?

PA – Pela lógica é Luanda, porque é o maior centro populacional, para onde todos convergem. É também Luanda o maior centro de conflitos. A Huíla destacou-se muito na recolha de armas, o Huambo, Bié, Benguela são outras províncias destacadas na entrega de armas. Mas isso é relativo. Nós não promovemos a disputa de quem recolheu mais. O importante é que todas as pessoas estão sensibilizadas assunto, esperamos agora que entreguem as armas.

JA - Em Luanda quais são as áreas com mais proliferação de armas?

PA - São as áreas periféricas com uma urbanização deficiente, onde se concentra o maior número da população, com destaque para os municípios do Cazenga, Viana, Cacuaco e Kilamba Kiaxi. Mas também já diminuiu muito a proliferação nessas zonas. Apesar de ainda prevermos que exista um certo número de armas ilegais nas mãos de civis, as acções com a utilização de armas de fogo diminuíram muito. Esse é um sinal de que a campanha tem dado resultados. Hoje já podemos dizer que as armas estão mais na marginalidade.

JA – As armas recolhidas pela polícia são de entrega voluntária ou apreendidas?

PA – Até ao ano passado a entrega voluntária foi superior. Hoje podemos dizer que é quase paralela com a recolha coerciva, porque a polícia recolhe mais de dez armas todos os dias. Sem contar com aquelas que são abandonadas pelos bandidos. A polícia continua a fazer o seu trabalho com muito afinco, para recolhermos o maior número de armas possível.

JA – Muitas pessoas estão a ser julgadas por posse ilegal de armas. Quais os dados estatísticos dos condenados por esse crime?

P A - Este ano, dos mais de 200 casos remetidos a Tribunal, só 16 foram absorvidos porque na associação de crimes, o processo deixa de ser sumário e passa a ordinário. Como tem de passar por vários procedimentos há lentidão nos julgamentos. Mas a recomendação é que todos os que forem apanhados com armas devem ser remetidos a Tribunal.

JA – Quantas armas foram recolhidas até ao momento?

PA – Temos em nossa posse 80 mil armas. Até ao final do mês conseguimos ultrapassar esse número. As armas em mau estado são destruídas e as que estão em bom estado de conservação são registadas e encaminhadas para as Forças Armadas e para as polícias, de acordo com o tipo e características da arma. Há uma questão que preocupa o Ministério do Interior e a comissão: as armas que estão a ser utilizadas por meliantes são novas. Isso preocupa-nos porque não há no país nenhuma entidade privada ou particular que importe armas. É o Estado que importa e distribui o armamento. Alguma fuga se está a registar.

JA – E o que está a ser feito para descobrir os criminosos?

PA – Nas nossas reuniões temos recomendado às instituições militares e policiais para reforçarem o controlo dos seus armeiros, porque as ultimas acções que a polícia registou e até mesmo as pessoas que vão fazem participações, dizem que as armas têm aspecto novo. Deve haver algum traficante que está a sacar essas armas de alguma unidade.

JA – Existem 25 mil armas em posse das empresas de segurança, que vão ser recolhidas numa próxima fase. Quando?

PA – Estamos a ser pragmáticos nesta campanha. Não queremos criar vazios na nossa actuação de desarmamento da população civil. Um dos grandes problemas que a comissão enfrenta é a recolha de armas que estão ainda em posse das empresas de segurança privada. A actual lei das empresas privadas, é uma lei preguiçosa, porque define que devem ter armas de defesa pessoal, mas não regulamenta, por isso lhe chamo lei preguiçosa. É uma lei que está desajustada do actual momento, por isso propusemos a sua revisão. Estamos trabalhar nesse assunto e nos próximos meses vai ser levada ao Conselho de Ministro e ao Executivo uma nova lei para aprovação. A recolha dessas armas não pode ser à bruta, as empresas de segurança não sabem que tipo de armas podem ter. Defesa pessoal é muito abstracta. Temos de definir que armas devem ter, qual o tipo, o calibre, quais as suas características. Há procedimentos a ter em conta para s apetrechar as empresas de segurança com as novas armas e retirarmos as de guerra. Este ano, se conseguirmos aprovar a nova lei, vamos fazer a substituição das armas.

JA – As 25 mil armas nas empresas de segurança são oficiais?

PA – Fala-se em 25 mil armas porque é o número que a polícia tem no seu controlo. Essas 25.000 somadas às que já temos permite atingir as cem mil armas. Esta é também uma das questões que fez com que o Executivo prolongasse o período de campanha. Temos ainda a revisão da Lei do Uso e Porte de Armas. O dispositivo legal que está em vigor é de 1968, está bastante ultrapassado e não define limitações. Qualquer cidadão maior, que goze de boa saúde e esteja no seu perfeito juízo pode usar uma arma. Mas nós vamos passar a exigir que as pessoas que quiserem adquirir uma arma saibam manuseá-la. Estamos a trabalhar neste documento que já foi ao Conselho de Ministros, mas pedimos o seu retardamento, para que pudéssemos inserir algumas coisas novas e outras recomendações das Nações Unidas.

JA – Angola participou no encontro sobre desarmamento em Nova Iorque. Qual foi o impacto do relatório sobre o desarmamento em Angola?

PA – Esteve um representante das Nações Unidas no nosso encontro sobre desarmamento levou a mensagem do grande trabalho que Angola tem tido nesse domínio. O nosso país era visto como terra de guerras, de anarquia e confusões e nunca pensaram que tivéssemos capacidade de tirar as armas da população civil. Ficaram admirados por em tão pouco tempo conseguirmos recolher um grande número de armas. Outro interesse das Nações Unidas foi a forma como o Executivo se empenhou no programa, porque em poucos países isso acontece. Isso deu de certa forma uma valorização ao empenho de Angola no desarmamento.

JA – Um dos pontos do encontro foi o tráfico internacional de armas. Em relação ao nosso país temos registo de tráfico?

PA – Felizmente não temos registo de tráfico internacional de armas. Também não temos registo de armas que saem de Angola para outros países. Uma das recomendações das Nações Unidas é a remarcação e rasteio das armas, para que se identificar a origem da arma. Outra recomendação é a criação de uma base de dados. As instituições tutoras da gestão de armamento devem ter uma base de dados com o registo de todas as armas em sua posse, para controlo do armamento do país. Das recomendações retemos também a necessidade de reforçar as áreas fronteiriças.


Yuri da Cunha na Televisão em Portugal

Yuri da Cunha disse, na sexta-feira, em Lisboa, à RTP, ser preciso reforçar e diversificar o intercâmbio musical entre artistas da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa para a uma maior divulgação da cultura.
O cantor fez a afirmação na Rádio Televisão Portuguesa, no programa "Herman 2010", de Herman José, a propósito do espectáculo "Sou lusófono", que Yuri da Cunha vai realizar dia 30, em Lisboa.
Yuri da Cunha referiu que é necessário que haja mais projectos nas áreas de formação artística, troca de experiências e festivais da canção dos países membros da CPLP, capazes de promoverem a língua portuguesa e a culturas dos países lusófonos.
O artista salientou o desenvolvimento que Angola tem registado no sector cultural, principalmente na área musical, com o surgimento de novos talentos e o aumento da qualidade das canções.
"Angola está a viver um período de grande desenvolvimento em todos os sectores, a cultura e o ramo musical em particular estão a atravessar um dos seus melhores momentos com o aparecimento de novos valores e um maior reconhecimento dos artistas nacionais", afirmou.
O próprio Herman José reconheceu a qualidade e a beleza da música angolana. "Estive recentemente em Angola e posso dizer que a música daquele país é uma das melhores que já ouvi, pelo ritmo e alegria que proporciona a quem ouve, porque além de ser dançante, transmite uma mensagem forte", salientou.
Yuri da Cunha, acompanhado pelas suas bailarinas, foi uma das principais atracções do programa.
Além de Yuri da Cunha vão fazer parte do espectáculo "Sou lusófono", os angolanos Bonga, Peróla e o grupo os Lambas, o português Rui Veloso, o cabo-verdiano Jorge Neto e o luso cabo-verdiano Boss AC.
O espectáculo, enquadrado na digressão de Yuri da Cunha pela Europa, representa para o músico a possibilidade de expandir a cultura nacional.
"Os artistas angolanos têm de começar a ver novas aberturas no mercado internacional, porque com o actual crescimento do mercado discográfico é preponderante que se procure por novas fronteiras", disse o músico.
--

Nuvem

Angola na Imprensa (1772) música (399) jornais (325) Ágora (247) livros (231) F.Pereira (221) Historia de Angola (220) pintura (210) opinião (206) cultura (189) Luanda (116) desporto (114) fotografia (104) Território (74) literatura (73) africa (64) vídeo (64) culinária (60) Angola (55) Saúde (55) arte (55) escritores (55) reconstrução (54) Fauna (52) arquitectura (52) humor (51) personalidades (50) reciclagem (50) partidos políticos (49) turismo (49) Namibe (48) CAN2010 (47) futebol (46) energia (44) Luis Sá Silva (43) publicidade (43) Filatelia (42) Gastronomia Angola (42) Poesia (42) Cinema (41) economia (41) automobilismo (40) fotos (40) LAC (39) gastronomia angolana (37) sociologia (37) musica (36) Luanda Antena Comercial (35) POLITICA (34) valdemaribeiro (34) eleições (33) ensaios (32) Construção (31) visitando blogues (29) 95.5 (28) Elinga Teatro (28) informação (27) Girabola (26) eleições 2012 (26) Podcast (25) Lubango (24) automóveis (24) blogs (24) dança (24) teatro (24) Companhia de Dança Contemporânea de Angola (23) política (23) basquetebol (22) bonecas (22) futebol angolano (22) imprensa (22) rádio (22) CDC (21) cronicas . ensaios (21) sabores (21) Angola em fotos (20) Natal (20) Ondjaki (20) educação (19) notícias (19) eventos (18) frutas (18) Huambo (17) artesanato (17) cronicas (17) Benguela (16) GP3 (16) debate político (16) festas (16) Cozinha Angolana (15) Independência (15) Lobito (15) Parques Naturais (15) Presidente José Eduardo dos Santos (15) Sala de Música (15) curiosidades (15) receitas (15) Agostinho Neto (14) CASA-CE (14) EDUCAÇAO (14) entrevista (14) fotos antigas (14) Bloco Democrático (13) Companhaia de Dança (13) Rui Ramos (13) animais de Angola (13) 4 de Fevereiro (12) Angola descrita (12) Angola-Brasil (12) F.Quelhas (12) José Mena Abrantes (12) Solidariedade (12) comércio (12) memória (12) texto de leitor (12) viagens (12) áudio (12) Afrikya (11) Cabinda (11) Huila (11) José Rodrigues (11) Rádios Angolanas (11) agenda cultural (11) ambiente (11) ciência (11) escravatura (11) flora (11) kuduro (11) pessoas (11) 27 de Maio (10) Comentário (10) Jazz (10) Paulo Flores (10) Ruy Duarte de Carvalho (10) afrobasket (10) aniversário (10) escultura (10) estórias (10) exposição (10) futuro (10) geografia (10) malária (10) população (10) postais (10) povos (10) prémios (10) taag (10) unita (10) Huíla (9) Mateus Gonçalves (9) Palancas Negras (9) cplp (9) paludismo (9) pobreza (9) CAN2008 (8) Café da Manhã (8) Carnaval (8) Jorge António (8) Marcolino Moco (8) Pepetela (8) SOCIOLOGIA POLÍTICA (8) Sérgio Conceição (8) baía de Luanda (8) comboio (8) feriados (8) gentes (8) património (8) selecção de Angola (8) transporte (8) viagens no tempo (8) Festas do Mar (7) João Melo (7) Luandino Vieira (7) Malange (7) O País (7) Rui Mingas (7) SIDA (7) efemérides (7) ensino (7) falecimento (7) festival de teatro (7) heróis (7) percussão (7) Abel Chivukuvuku (6) Bom Dia - Bom dia (6) CAN2012 (6) Hóquei (6) Luisa Fançony (6) MPLA (6) ajuda (6) andebol (6) campanha eleitoral (6) chuva (6) colecção cartazes (6) filme (6) moda (6) sociedade (6) 25 de Abril (5) 4ª Conferência sobre Mulher e Desporto (5) Cartoon (5) Chá de Caxinde (5) Eleições em Notícia (5) FILDA (5) Luena (5) Mário Pinto de Andrade (5) Nelson Mandela (5) antiguidades (5) caminhos de ferro (5) contos (5) convite (5) crianças (5) cultos (5) desenho (5) dia de África (5) diversão (5) documentos (5) estradas (5) liberdade (5) lusofonia (5) moeda (5) o nosso Povo (5) petróleo (5) televisão (5) valdemar ribeiro (5) A Escola da Música (4) A Guerra (4) ADRA (4) Adams Kiluanji Smiths (4) Ana Clara Guerra Marques (4) André Mingas (4) Brasil (4) CFB (4) Capas de singles angolanos (4) Comemorações da Independência de Angola (4) Constituição (4) Diplomáticos (4) Duo Ouro Negro (4) Elias Dya Kimwezo (4) Expo 2010 (4) Fundação Sindika Dokolo (4) IIº Festival Internacional de Teatro e Artes (4) Jornal de Angola (4) Mulheres de Angola (4) N'gola Ritmos (4) Okutiuka (4) Ouvir Angola (4) Paulo Jorge (4) Pensar e Falar Angola (4) Raul do Rosário (4) Saurimo (4) Sónia Ferreira (4) Trincheira Firme (4) agricultura (4) arquitectura popular (4) colares (4) corrupção (4) desportos (4) ecologia (4) etnografia (4) hoquei em Patins (4) internet (4) media (4) medicina (4) tradição (4) urbanismo (4) África (4) Ana Paula Tavares (3) António Jacinto (3) Baía dos Tigres (3) Caminhos de Ferro de Moçâmedes (3) Casa de Angola (3) Catumbela (3) Cuito Cuanavale (3) Denudado (3) Dia Mundial da Dança (3) Dia da Mulher (3) Dia do Herói Nacional (3) Ernesto Lara Filho (3) Filipe Mukenga (3) Homenagem (3) INFRAESTRUTURAS (3) Interclube (3) Investimentos (3) Jogos Olímpicos (3) Jorge Kalukembe (3) José Eduardo Agualusa (3) Justino Pinto de Andrade (3) Kudijimbe (3) Lino Damião (3) Manifesto (3) Manuel Victória Pereira (3) Mosquito (3) Mundial de Hóquei (3) Mário Tendinha (3) Patrício Batsîkama (3) Paulo Araujo (3) Pedroto (3) Prémio Maboque (3) Pérolas (3) Ricardo Teixeira (3) Rock Angolano (3) Teta Lando (3) Universidade (3) Yuri da Cunha (3) adivinhas (3) autores (3) candomblé (3) cidadania (3) coleccionismo (3) comunicação (3) conhecimento (3) conselhos (3) curso (3) david oliveira (3) democracia (3) deputados (3) desastre (3) desenvolvimento (3) design textil (3) dia da Independência (3) e-mail (3) elinga (3) empreendorismo (3) empresa (3) engenharia (3) estatística (3) estudantes (3) exportação (3) formação (3) globalização (3) governo (3) história natural (3) ideias (3) imobiliário (3) indústria (3) jornalismo (3) kuanza-Sul (3) legislação (3) lingua portuguesa (3) linguas (3) livro (3) mel gambôa (3) negritude (3) poesia lusófona (3) polícia (3) rios (3) trabalho (3) ||| Trienal de Luanda (3) 11 de Novembro (2) 1º de Maio (2) 3º ano (2) A Matéria do Tempo (2) Agostinho André Mendes de Carvalho (2) Agualusa (2) Andulo (2) Angola no Afrobasket2013 (2) António Ole (2) Arlindo Barbeitos (2) Assembleia Nacional (2) BD (2) Beatriz Salucombo (2) Belita Palma (2) Bonga (2) Bonga Kwenda (2) CHAN (2) CUBE RECORDS (2) Café Negro (2) Cambambe (2) Campeonato do Mundo de Hóquei (2) Cangandala (2) Caála (2) Comissão Nacional Eleitoral (2) Correia Adão (2) Cuca (2) DTA (2) Divagações (2) Dog (2) Dog Murras (2) Don Sebas (2) Elinga Bar (2) Encontro (2) Estudos Angolanos (2) Estúdio de Actores (2) FAO (2) FBaião (2) FIC (2) FLEC (2) Festival Internacional de Jazz (2) Festival Internacional de Rock do Huambo (2) Festival de Cinema (2) Filipe Zau (2) Formula 3 (2) Fortaleza de Luanda (2) Fotografias (2) Fotografias de Angola (2) Francisco Vidal (2) Gustavo Costa (2) Helena Justino (2) Helena Magalhães (2) Hospital Pediátrico David Bernardino (2) Isabel dos Santos (2) Januário Jano (2) João Arrmando (2) João Baptista Vieira Lopes (2) Kilamba (2) Kuanza (2) Kwanza Norte (2) Leba (2) Lev'Arte (2) Luís Damião (2) Lúcio Lara (2) Mampuya (2) Mangovo (2) Manifestações (2) Manuel Rui (2) Manuel Ruy Monteiro (2) Margarida Paredes (2) Mbanza Congo (2) Mia Couto (2) Micaela Reis (2) MinhaAngola (2) Monza (2) Mucuio (2) Museu de História Natural (2) Nara (2) Nelo Teixeira (2) Neves e Sousa (2) O Blog Realmente Aberto (2) Online (2) Palácio de Ferro (2) Papa Bento XVI (2) Paulo Jazz (2) Paulo de Carvalho (2) Pedras Negras (2) Prémio Nacional da Cultura (2) Reacreativo do Libolo (2) Recordações (2) Reginaldo Silva (2) René Pélissier (2) Roderick Nehone (2) Rosa Coutinho (2) Rádio Ecclesia (2) SIEXPO (2) Sabby (2) Salvador Correia (2) Samakuva (2) Sambizanga (2) Savimbi (2) Sonangol (2) Sumbe (2) TPA Internacional (2) Tchokwé (2) Terra (2) Tio Liceu (2) Togo (2) Tonspi (2) Uíge (2) Valdemar Bastos (2) Viriato da Cruz (2) Visita de Estado (2) Viteix (2) Yaru Cândido (2) advogados (2) alimentação (2) angolanidade (2) antropologia (2) artes plásticas (2) aviação (2) bebidas (2) biodiversidade (2) ciclismo (2) cidades (2) colóquios (2) contestação (2) direitos e deveres (2) divulgação (2) educ'arte (2) escola (2) espectaculo (2) feira (2) fim de ano (2) fome (2) governação (2) herois (2) hino (2) instrumentos (2) kimalanga (2) kizomba (2) legislativas (2) leis (2) marginal (2) negócios (2) pensamentos (2) pesca (2) provérbio (2) racismo (2) religião (2) reportagem (2) resultados eleitorais (2) revistas (2) toponimia (2) transporte aéreo (2) trânsito (2) vias de comunicação (2) vistos (2) Álvaro Macieira (2) óbitos (2)  Zé Pestana Namibe Angola em fotos (1) "O Ocaso dos Pirilampos". (1) 04 de Abril (1) 1 de Maio (1) 15 de Março (1) 1º de Agosto (1) 2006 (1) 2008 (1) 2011 (1) 2012 (1) 2014 (1) 95 (1) A Poesia Angolana noa Caminho Doloroso da História (1) A Orfã do Rei (1) A Safra (1) ANGOLATELECOM (1) Acordos Luso-Angolanos (1) Acordos de Paz de Bicesse (1) Actores (1) Acácio Barradas (1) Adolfo Maria (1) Adriano B. de Vasconcelos (1) Adriano Botelho de Vasconcelos (1) Adriano Mixinge (1) Adriano Sebastião (1) Aeroporto Internacional de Luanda (1) Afrologia (1) Alda Lara (1) Alda do Espírito Santo (1) Alfabetização (1) Aline Frazão (1) Allende (1) Ana Dias Lourenço (1) Ana Paula dos Santos (1) Angola 74 (1) Angola Avante (1) Angola Rural (1) Angola e NBA (1) Angolares (1) Animação (1) António Kassoma (1) António Magina (1) António dos Santos (1) Anália de Victória Pereira (1) Apartheid (1) Apostolado (1) Artur Nunes (1) Assassinato (1) Associação 25 de Abril (1) Associação Kalu (1) Autódromo (1) Bahia (1) Baixa de Cassange (1) Banda (1) Banda Desenhada (1) Banda Maravilha (1) Before Crush (1) Benfica (1) Bienal (1) Bilhete de Identidade (1) Bimbe (1) Bié (1) Black Soul (1) Boas Fertas (1) Bruno M (1) COI (1) COSISA (1) CPJ (1) CRONICAS ENSAIOS (1) Cabo Ledo (1) Caleidoscópio (1) Calos Alberto Mac-Mahon de Vitoria Pereira (1) Cangola (1) Caotinha (1) Carlos Alberto Mac-Mahon de Vitoria Pereira (1) Carlos Ferreira (1) Carlos Ferreirinha (1) Carlos Morais (1) Carteira do Artista (1) Casa 70 (1) Casa do Gaiato (1) Casa do Gaiato de Benguela (1) Cavaqueira no Poste (1) Cesaire (1) Cesária Évora (1) Chia KMK (1) Chibia (1) Chiwale (1) Cinema Atlântico (1) Comité Olímpico (1) Companhia de Teatro Dadaísmo (1) Companhia de Teatro Gente (1) Concurso literário (1) Congresso (1) Cooperação Luso Angolana (1) Corte-Real Pereira (1) Costa Andrade (1) Cuba (1) Cubal (1) Cunene (1) Cónego Manuel das Neves (1) DNIC (1) Dalila Cabrita (1) David Zé (1) Death Metal Angola (1) Demósthenes (1) Dharmasena Pathiraja (1) Dharmasena Pathirajad (1) Dia da Mulher Africana (1) Dia de Camões (1) Dia internacional da Criança (1) Direitos Humanos (1) Direitos de autor (1) Discurso do Presidente Agostinho Neto (1) Dondo (1) Doutoramento (1) Drepanocitose (1) Duarte Ferreira (1) EXPO 2012 (1) Edgardo Xavier (1) Edite Soeiro (1) Eiffel (1) Embaixada de Angola em Portugal (1) Embaixador (1) Eng. Fernando Falcão (1) Espaço SIEXPO (1) Estórias de Angola (1) Etel Ferrão (1) Eugénio Costa Almeida (1) ExameAngola (1) Expo 2008 (1) FAA (1) FC Bravos do Maquis (1) FIL (1) FNLA (1) Fernando Baião (1) Fernando Laidley (1) Fernando Pacheco (1) Fernando Tavares Pimenta (1) Festival da Canção (1) Filhos da Pátria (1) Flávio Ferrão (1) Ford (1) Forum Angolanao (1) Força aérea (1) Fragata de Morais (1) Francisco Costa Andrade (1) Frases (1) Frei João Domingos (1) Frutos de Angola (1) Fundo de Solidariedade Lwini (1) Fátima Roque (1) Gabela (1) Gana (1) Gari Sinedima (1) Gastronomia Angolana (1) General Pakas (1) Graciano António Manuel Kalukango (1) Granito (1) Grupo Lareira (1) Grupo Pitabel (1) Grupo de Reflexão da Sociedade Civil de Angola (1) Guiné-Bissau (1) Gustave (1) Gustavo da Conceição (1) Gás (1) H (1) Helder Mendes (1) Henrique Artes (1) Herberto Helder (1) Hinos partidários (1) Holden Roberto (1) INESAAODH (1) INOVAR (1) Icolo e Bengo (1) Imbondeiro (1) Inocência Mata (1) Inscrições (1) Iraldo (1) Irina Vasconcelos (1) Isaura Maria da Conceição Epanda (1) Ismael Mateus (1) J.M.Coetzee (1) Jacinto Lemos (1) Jandira Sassingui (1) Jeremy Xido (1) Jerónimo Belo (1) Joaquim Furtado (1) Jodi Burch (1) Jomo Fortunato (1) Jonh Bela (1) Jordi Galcerán (1) Jorge De Palma (1) José Chaves (1) José Luis Mendonça (1) José Marcos Mavungo (1) José Maria Chaves (1) José Redinha (1) João Jorge Xavier (1) João Kassinda (1) João Soares (1) Kalandula (1) Kalumba (1) Kambumbe Lodje (1) Kandjila (1) Kaparandanda (1) Kate Hama (1) Kifangondo (1) Kiluanji Kia Henda (1) Kinaxixe (1) Kito Kimbenze (1) KuBass (1) Kuduro International Conference (1) Kwanza (1) LODGE (1) Lambarena (1) Levy César Marcelino (1) Lilly Tchiumba (1) Lito Vidigal (1) Loanda (1) Luanary (1) Luanda Maputo (1) Luciano António (1) Lucira (1) Lugares (1) Luis Fernando (1) Luis Rosa Lopes (1) Lulendo (1) Lunda (1) Luz Veio (1) Luís Fernando (1) M'pty Head (1) MOVICEL (1) Maianga (1) Mano a Mano Produções (1) Manucho (1) Manuel Agostinho Salvador Ribeiro (1) Manuel Ennes Ferreira (1) Mara Dalva (1) Mara Manuela Cristina Ananaz (1) Maria Esperança Pascoal (1) Maria Mambo Café (1) Maria Rita (1) Massalo (1) Matála (1) Mayamba Editora (1) Memória de uma alcoólica (1) Menha Ma Zumbi (1) Menongue (1) Mestre Humberto (1) Miguel Anacoreta Correia (1) Miguel Barros (1) Miguel Zenón Quartet (1) Ministros de Angola (1) Miss Angola 2007 (1) Miss Mundo (1) Miss World (1) Monami (1) Morro Maluco (1) Morro da Luz (1) Morro da Maianga (1) Movimento Estudantil Angolano (1) Movimento X (1) Moçambique (1) Muanamosi Matumona (1) Mucubais (1) Mulher Desporto África 2008 (1) Murras (1) Museu Nacional de História Natural (1) Musongué da Tradição (1) Mutamba (1) Mário Guerra (1) MárioPalma (1) NASCAR (1) NEBLINA (1) Nastio (1) Ngolamirrors (1) Nito Alves (1) Njinga Rainha de Angola (1) Nossangola (1) Nzila (1) Nástio (1) Nástio Mosquito (1) O Moringue (1) O Método de Groholm (1) O Preço do Fato (1) O Rock Lalimwe Eteke Ifa (1) O Submarino Angolano (1) ONG (1) ONU (1) Orfanato (1) Orlando Sérgio (1) Ortopedia (1) Os Lambas (1) Ottoniela Bezerra (1) PENSAMENTO (1) PTNETangola (1) Pangueia Editora (1) Parlamento (1) Pauko Flores . música (1) Paulo Araújo (1) Paulo Capela (1) Paulo Kussy (1) Pedrito do Bié (1) Pedro Pinote (1) Petro (1) Photosynth (1) Processo dos 50 (1) Projecto Perpetuar (1) Prémio José Saramago (1) Quarta-feira (1) Quimbele (1) Quitexe (1) RNA (1) Rafael Marques (1) Raid Cacimbo (1) Raid TT (1) Rainha Ginga (1) Rainha Nzinga (1) Raul David (1) Recreativo da Caála (1) Ricardo Abreu (1) Rio Kuanza (1) Ritmo e Cultura (1) Robert Hudson (1) Roberto Ivens (1) Rocha Pinto (1) Rodrigues Vaz (1) Romi Anauel (1) Ruca Van-Dúnem (1) Rui Almeida (1) Rui Costa (1) Rui Monteiro (1) Rui Tavares (1) Ryszard Kapuscinski (1) Rádio Luanda (1) S.Tomé e Príncipe (1) SISTEC (1) Samba (1) Santocas (1) Sexta-feira (1) Silerstone (1) Silverstone (1) Simão Toco (1) Sita Valles (1) Slide de fotografias (1) Soyo (1) Suzana Inglês (1) Sérgio Guerra (1) Sérgio Mabombo (1) TEDxLuanda (1) Taekwondo (1) Tantã Cultural (1) Tchivinguiro (1) Terra dos Sonhos (1) Toke (1) Tomaz Jorge (1) Toty Semedo (1) Traumatologia (1) Tribunal de Contas (1) Trienal de Luanda (1) Tv (1) TvZimbo (1) Té Macedo (1) Tômbwa (1) UEA (1) UNITEL (1) União de Escritores Angolanos (1) Urbano de Castro (1) VIH/SIDA (1) VUM-VUM KAMUSASADI (1) Victor Gama (1) Vítor Burity da Silva (1) Waldemar Bastos (1) Welwitschia Mirabilis (1) Wilker Flores (1) Xadrez (1) Xá de Caxinde (1) Yonamine Miguel (1) You Failed... Now We Rule!!! A Nossa Vez!!! (1) Zeca Moreno (1) Zé Pestana Namibe Angola em fotos (1) abacate (1) acidentes (1) acordo ortográfico (1) agradecimento (1) alambamento (1) alfandega (1) angolano lá fora (1) antologia poetica (1) anuncio (1) anúncio (1) arbitrariedade (1) baleia (1) bancos (1) bandeira (1) barack obama (1) baía (1) biblioteca (1) bicicleta (1) borboletas (1) brancos (1) cacusso (1) capacitação (1) carta aberta (1) casamento (1) cerâmica (1) cine art angola (1) clima (1) cogumelos (1) combustível (1) comemorações (1) comunidades (1) concertos musicais (1) concurso fotografia (1) contador (1) contrafacção (1) convívio (1) cooperação desportiva (1) crónicas (1) cursos (1) desalojados (1) desarmamento (1) descolonização (1) desgraça (1) design grafico (1) desporto paralímpico (1) dia do pai (1) dimantes (1) dinheiro (1) doclisboa 2012 (1) doença do sono (1) dvd (1) e--books (1) emprego (1) encontro mulheres angolana (1) escr (1) estorieta (1) explicação (1) expressão dramática (1) f (1) facebook (1) famílias (1) feira do Livro (1) feminismo (1) feministas (1) ficção (1) fiscalidade (1) floresta (1) fm (1) fábulas (1) férias (1) gora (1) graffiti (1) hobby (1) humor angolano (1) idolos (1) igreja (1) iniciativa (1) intercâmbio (1) interrupção (1) investigação (1) jindungo (1) jo (1) justiça (1) juventude (1) kalulu (1) kamussekele (1) kassekele (1) kimbos (1) kit surf em Angola (1) leitura (1) lendas (1) luto (1) línguas nacionais (1) militares (1) minas (1) minas de prata (1) miss Universo (1) modernização (1) mosca tsé-tsé (1) motas (1) muamba (1) música. fotos antigas (1) narrativa (1) natação (1) nação negra (1) negros (1) néo-liberalismo (1) o mundo (1) off-road (1) parabens (1) passados. estórias (1) passatempo (1) pecuária (1) pensar (1) perdidos e achados (1) piri-piri (1) poe (1) porto de Luanda (1) povo (1) primeira-dama de Angola (1) prisões (1) prédio Cuca (1) qualificação das pessoas (1) ra (1) raça (1) recuperação (1) refugiados (1) registo eleitoral (1) renovação (1) repatriamento (1) restaurantes (1) san (1) segurança (1) sem etiqueta (1) seminário (1) soberania (1) surf em Angola (1) taxis (1) telecomunicações (1) todo o terreno (1) tragedia (1) tripanossomíase (1) turtulhos (1) twitter (1) técnica (1) um livro. solidariedade (1) valdemar F. Ribeiro (1) vfr (1) vigarices (1) violência (1) voz (1) youTube (1) «ANGOLA: A TERCEIRA ALTERNATIVA» (1) Álvaro Ascenso (1) Álvaro Mateus (1) Óscar Ribas (1) ética (1) ídolos (1)