Mensagens

Das trevas à Luz

Imagem
Pensar e Falar Angola

Conferência Internacional da Biodiversidade

Imagem
Universidade Agostinho Neto Gabinete de Informação Científica e Documentação

Conferência Internacional da Biodiversidade (Dias 22 e 23 de Maio, no Hotel de Convenções de Talatona – HCTA)
 Organização: Centro de Botânica, UAN
A Conferência Internacional sobre Biodiversidade, organizada pelo Centro de Botânica da Universidade Agostinho Neto, e que terá lugar nos dias 22 e 23 de Maio, no Hotel de Convenções de Talatona,  contará com 167 participantes.
Os conferencistas são oriundos  das Universidades de Dresden, Alemanha, de Havana, Cuba, de S. Paulo, Brasil, de Eduardo Mondlane, Moçambique, da Namíbia, Namíbia, de Coimbra e Lisboa, Portugal, da União Europeia e do PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. 
Entre as universidades nacionais, além da Agostinho Neto, que organiza, contam-se a José Eduardo dos Santos, com sede no Huambo, Kimpa Vita, com sede no Uíge, Mandume ya Ndemofayo, com sede na Huíla, Lueji a Nkonda, com sede no Dundo  Lunda Norte,  Óscar Ribas e Independente …

A HISTORIOGRAFIA AFRICANA

Imagem
Pensar e Falar Angola

Os livros dos Ancestrais

Imagem
Este mês de Maio será, talvez, o período mais profícuo no que respeita a novos livros e novos autores, não só pelo que já foi apresentado mas também pelo que aí vem nos próximos dias.
Amanhã, dia 9 de Maio, aEd Acáciasapresenta o terceiro volume da colecção "Troncos da Lieratura Angolana". É o último trabalho de António Gonçalves, escritor de méritos reconhecidos e senhor de uma já vasta obra. Muitosparabénspela inciativa e votos de muito sucesso!



Pensar e Falar Angola

Lazarino Poulson - LIVROS

Imagem
Autor de uma já vasta e importante obra sobre os mais variados sectores do Direito, Lazarino Poulsonvai apresentar amanhá, dia 28, em Luanda, os seus dois últimos trabalhos.  Ao autor endereçamos as nossas saudações e votos de sucesso.


Pensar e Falar Angola

A Pensar no Dia Mundial da Dança

Imagem
Porque a Cultura faz parte da essência de qualquer País e este BLOG, mesmo em laboração lenta, não quer deixar de manifestar o seu apoio à Companhia de Dança Contemporânea de Angola, não por ser uma apenas uma mais valia importante mas também porque reconhecemos o seu trabalho e vemos nela um trabalho de anos feito.



Em Angola, a dança está cada vez mais em mãos de quem não estudou, não dançou, não sabe coreografar, nunca viu uma peça de dança mas que se auto-denomina  "professor(a)", "coreógrafo(a)", "director(a) artístico(a)", "bailarino(a)", designações que são largamente multiplicadas e repetidas pelos / nos  media, dando a impressão, errada, de que existe uma comunidade de dança activa e culta em Angola. O solo é fértil! Tudo cresce! E enquanto a diversificação da economia não chega (Lollll), as ervas daninhas continuam a tomar conta dos campos! No que me toca, continuo, na quase marginalidade, a trabalhar com a CDC Angola, companhia históric…