Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2009

Angola - Alemanha

Imagem
Assinado memorando de entendimento Angola/Alemanha
Berlim (Do enviado especial) – Um memorando de entendimento sobre uma parceria estratégica para a ampliação e o aprofundamento da cooperação económica entre as Repúblicas de Angola e Federal da Alemanha foi rubricado hoje, em Berlim, na sequência da visita oficial que o Presidente José Eduardo dos Santos efectua a este país europeu.

No memorando, segundo soube a Angop, o “Governo alemão reafirma a sua vontade de disponibilizar um volume apropriado de garantias para crédito de exportação a favor de investidores alemães que fornecem os seus produtos para Angola”.

Neste contexto, “os dois governos irão examinar particularmente as possibilidades existentes para a utilização de financiamentos estruturados e para projectos de montante até um bilião e 700 milhões de dólares de acordo com uma lista de projectos a ser apresentada pelo governo da República de Angola”.

Para além disso, o memorando realça que existe a disponibilidade por parte do Gov…

Sábado Musical

Imagem
Pensar e Falar Angola

Biografia de Filipe Mukenga

Imagem
Filipe Mukenga nasceu em Luanda, apesar de muita gente o associar a Cabinda. Isto tem muito a ver com um dos seus maiores êxitos, Minha Terra, Terra Minha, que fala exactamente desta cidade. Existe algo de verdade nesta história, porque o músico passou parte da sua meninice no enclave. - Sou filho de Anacleto Gumbe e Isabel André. O meu pai era enfermeiro e a minha mãe camponesa. Quando eu tinha 5 anos o meu pai foi transferido para Cabinda, Dinge, e nós fomos também. Vivemos depois em Massabi, junto à fronteira com Ponta Negra e, em 1957/58, como não havia escolas na região, o meu pai resolveu ir para a cidade de Cabinda. Foi sem receios, apesar de ainda não ter qualquer emprego. Achava que era importante que nós pudéssemos estudar. Pegou em mim e na minha irmã e fomos - recorda.
Quando chegou a esta cidade conheceu Leopoldo Mangueira, um funcionário de alfândega, que lhe deu trabalho. “Este veio a ser uma pessoa muito importante na minha vida. Para mim, será sempre o meu padrinho. Ma…

Girabola 2009 - 1ª Jornada

Imagem
No passado fim de semana começou o Campeonato Nacional de Futebol de Angola, conhecido por Girabola 2009. Não é nosso hábito fazer aqui o resumo da Jornada, porém hoje aqui recordamos as 14 equipas que este ano estão na divisão primeira do futebol de Angola e saudamos o Desportivo da Caála, que depois de mais de 30 anos está de regresso à divisão maior.
Academica Lobito - Petro Luanda 2 - 3
Primeiro Agosto - Primeiro de Maio 1 - 0
Desportivo Huila - Academica Soyo 0 - 1
Santos FC - Benfica Luanda 0 - 0
Onze Bravos - Recreativo Caála 2 - 1
ASA - Recreativo Libolo 2 - 2
Interclube - Kabuscorp 0 - 0
Classificação:
1. Petro 3 pts .
Onze Bravos 3 .
Académica Soyo 3 .
Primeiro Agosto 3
5. ASA 1 .
Recreativo Lobilo 1 .
Benfica Luanda 1 .
Santos FC 1 .
Interclube 1 .
Kabuscorp 1
11. Academica Lobito 0 .
Recreativo Caàla 0 .
Desportivo Huila 0


Pensar e Falar Angola

Cuca, a caminho do Huambo

Imagem
Foi há 3 dias, as pedras lá continuam, a pintura é a mesma de há trinta e quatro anos (asseguraram-mo!) e a entrada na capital do planalto central é bem conhecida.
(A máquina fotográfica precisa de acertar o calendário.)






Posted by Toke



Pensar e Falar Angola

Os Lambas
Sabedoria Não Envelhece
Sábado, dia 28 de Fevereiro de 2009

Imagem
Os Lambas
Sabedoria Não Envelhece
Sábado, dia 28 de Fevereiro de 2009 A partir das 8:00 horas da manhã Na Cidadela Desportiva de Luanda.
Não perca a oportunidade de comprar com direito a autógrafos, a terceira obra discográfica dosLambas, intitulada"Sabedoria Não Envelhece". Num estilo musical 100% popular.






Posted by Toke


Pensar e Falar Angola

Cortar e utilizar

Imagem
Pensar e Falar Angola

Choveu no Lubango

Imagem
No Lubango-Cunene resolveu cair água e dizer que o escoamento era fraco e por isso as casas parecem estão construidas no lago. Logo logo amanhã esse lago vai secar e tudo vai voltar na normalidade.
Depois a gente vai ver os estragos, tira fotografias para mais tarde recordar.

E fez este pôr-do-sol na Chibia

INFORMAÇÃO POPULAR 5

Imagem
Pensar e Falar Angola

Tom maior conta a história da Angola

Imagem
Pensar e Falar Angola

Galinhas de Angola

Imagem
Pensar e Falar Angola

Ainda Ruy Duarte de Carvalho

Imagem
Ruy Duarte de Carvalho – um intelectual vigilante Por Nelson Pestana (Bonavena)*Decorreu, em Luanda, entre 9 e 13 de Fevereiro de 2009, uma "Semana de Homenagem a Ruy Duarte de Carvalho", numa iniciativa conjunta do Instituto Camões, através do Centro Cultural Português e da Associação Cultural Chá de Caxinde que, na ocasião, assinalava os seus vinte anos de existência. Na ideia de participar nesta semana de homenagem ao Ruy Duarte de Carvalho decidi fazê-lo falando do ficcionista e, particularmente, do seu livro "Os papéis do inglês", deixando a outros a possibilidade de falarem de outros aspectos da sua obra multimoda. No entanto, fi-lo em dois tempos: o primeiro, para sublinhar a importância desse acto, justificando-o pela envergadura do intelectual que era homenageado, a partir da ressonância de três dos seus livros que, segundo ele próprio, formam uma trilogia e marcam um período da sua obra: Vou Lá Visitar Pastores (Chá de Caxinde, Luanda, 1999) , Os Papéis do…

OBITUARIO

Imagem
Em 22 de fevereiro de 2002 Jonas Savimbi foi morto pelas Forças Armadas Angolanas, na província do Moxico. Há sete anos. Sem ele, a historia de Angola teria sido outra. Com ele, também.
(de SEGUINDO ADIANTE)
Pensar e Falar Angola

Carnaval de 2006 por Tonspi(*)

Imagem
(*)José da Silva Pinto (se quiserem,o Tonspi, para quem gosta muito de mim) é o meu nome... Fui parido no Lobito, cidade do Sul de Angola a 7 de Julho do ano da graça de 1959, comecei a andar muito tarde por perguiça e porque tb era muito gordo, a falar demasiado cedo porque segundo a minha mãe era e sou de temperamento irrequieto, e um bom conversador... Da infância e da adolescencia, muitas boas recordações ficaram, das brincadeiras, dos sonhos (quase nenhum realizado), das pequenas (muitas) patifarias e traquinagens, dos desejos, dos amores, das tardes passadas com amigos nas praias da ilha.Em 1975 parti para Europa. Aí estudei, Biotecnologia em Zurique, na Europa comecei a gostar contar histórias com imagens, porque a palavra escrita apesar de muito gostar de ler não me sai com aquela verdade que tento partilhar com as imagens. A fotografia surgiu na minha vida em 1980, quando comecei a prestar muita atenção à arte de Eduardo Gageiro. Daí para cá, tenho estado a aprender a ver e v…

(53) Ágora - Dar Futuro ao Passado

Imagem
Presumo que muito em breve, nos escaparates das livrarias, vai surgir um livro de boas memórias do Dr. Eugénio Ferreira, com o título “Um cabouqueiro da angolanidade”.
Editada pelo “Campo das Letras” este trabalho de Eugénio Monteiro Ferreira (Eniuka) e Carlos Ferreira (Cassé) sobre o percurso de vida de seu pai como advogado, professor, dirigente associativo, interventor político, dinamizador cultural e como cidadão, é sobretudo um caminhar, com toda a honestidade, pela última metade do século XX em Angola. Este trabalho, com fotos que mereciam melhor tratamento gráfico, é rica pela excelência da recolha documental, pela escolha do contexto dos assuntos descritos e merecedores dos maiores encómios pela escrita usada. A obra é dividida por algumas vivencias na sua trajectória, fotografias, documentos diversos e uma miscelânea de opiniões, depoimentos, referências, correspondência variada, em síntese um acervo rigorosamente seleccionado, que nos consegue prender a uma personagem que foi u…

As tribos Omo

Imagem
As tribos do Omo.
Nos confins da Etiópia, a séculos de modernidade, Hans Sylvester fotografou durante seis anos tribos onde homens, mulheres, crianças, pessoas idosas são génios de uma antiga arte. Eles têm o génio da pintura, e os corpos de dois metros de altura são uma grande tela. A força da sua arte reside em três palavras: os dedos, a velocidade e a liberdade.
Eles simplesmente mergulham os dedos na argila, e em dois minutos sobre o peito, peitos, púbis, pernas, fazem nascer arte comparável a Miró, Picasso, Pollock, Tàpies, Klee ...





















Pensar e Falar Angola

Arnaldo Global

Imagem
Pensar e Falar Angola

Sábado Musical

Imagem
Belíssima canção do compositor angolano Filipe Mukenga (sósia de Milton Nascimento) magistralmente adaptada e interpretada por Djavan




Pensar e Falar Angola

MANIFESTO FUTURISTA

Imagem
Enviaram-me e tomei a liberdade de publicar:



Fez ontem 100 anos.
1. Nous voulons chanter l'amour du danger, l'habitude de l'énergie et de la témérité.2. Les éléments essentiels de notre poésie seront le courage, l'audace, et la révolte.3. La littérature ayant jusqu'ici magnifié l'immobilité pensive, l'extase et le sommeil, nous voulons exalter le mouvement agressif, l'insomnie fiévreuse, le pas gymnastique, le saut périlleux, la gifle et le coup de poing.4. Nous déclarons que la splendeur du monde s'est enrichie d'une beauté nouvelle: la beauté dela vitesse. Une automobile de course avec son coffre orné de gros tuyaux tels des serpents à l'haleine explosive... une automobile rugissante, qui a l'air de courir sur de la mitraille, est plus belle que la Victoire de Samothrace.5. Nous voulons chanter l'homme qui tient le volant dont la tige idéale traverse la terre, lancée elle-même sur le circuit de son orbite... C'est en Italie que …

Ondjaki e "Materiais para confecção de um espanador de tristezas"

Imagem
Sessões de Lançamento de "Materiais Para Confecção De Um Espanador de Tristezas"

Dia 21 de Fev.(Sábado), pelas 16.00 horas
Livraria Ao Pé das Letras (Praça da República, 11 – Tomar)
O livro será apresentado por Luís Carlos Patraquim

Nesta sessão estará patente ao público a exposição de pintura do Autor intitulada imitação da madrugada


Dia 25 de Fev. (Quarta-Feira), pelas 18.30 horas Livraria Pó dos Livros (Av. Marquês de Tomar, 89 – Lisboa)
Ondjaki à conversa sobre o seu mais recente livro ...Segundo Paulinho Assunção (escritor brasileiro):

«Você pode imaginar uma esquina do mundo onde Ondjaki encontra Manoel de Barros, Luandino Vieira, Guimarães Rosa, Adélia Prado, Raduan Nassar. [...] Você também pode imaginar o que eu imagino ao ler este novo livro de Ondjaki. É um livro que tem um jeito de apalpar a língua como quem apalpa o dorso de um rio. Ou tem um jeito de escrever as palavras da língua como quem rumoreja sussurros para não assustá-las. E acho que o…