segunda-feira, 31 de maio de 2010

Notícias no Google sobre Angola

Jornalismo angolano ganha prémio CNN pela 2.ª vez
OJE
O jornalismo angolano conquistou este fim-de-semana pela segunda vez consecutiva o prémio Jornalista Africano CNN MultiChoice de língua portuguesa com a ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Angola oferece oportunidades para investimento
AngolaPress
Luanda – O economista angolano Afonso Chipepe afirmou hoje, em Luanda, que Angola oferece diversas e atractivas oportunidades de investimentos, rentáveis em ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Angola e Vietname cooperam no combate à fome ea pobreza
AngolaPress
Segundo o presidente da Academia de Ciências Políticas e Administrativas Ho Chi Minh, Lee Huu Nghia, a sua estada em Angola visa constatar os ganhos que os ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Angola termina em 88ª posição no Mundial da Rússia
AngolaPress
Após sucessivas vitórias na fase inicial, o combinado angolano foi incapaz de evitar a derrota de 1-3 frente ao Azerbaijão, no encerramento da participação. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
AngolaPress
Angola inicia II mandato no Conselho dos Direitos Humanos
AngolaPress
Genebra – Angola inicia terça-feira o seu segundo mandato consecutivo de três anos como membro do Conselho dos Direitos Humanos (CDH) das Nações Unidas, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Angola assegura contribuições financeiras
Jornal de Angola
Angola vai contribuir para os fundos do Grupo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), nos próximos 12 anos, com 508,8 milhões de Unidades de Conta (UC), ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Aproveitamento hidroeléctrico da Matala, Angola, vai ser recuperado
macauhub
Matala, Angola, 31 Mai - A capacidade de produção de energia eléctrica da barragem hidroeléctrica da Matala, a 180 quilómetros a oriente de Lubango, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Docentes angolanos em capacitação no Brasil
AngolaPress
Luanda - Directores dos Institutos Médios Politécnicos e Agrários de Angola estão a ser capacitados, no Brasil, em diferentes práticas e ferramentas ...
Veja todos os artigos sobre este tópico




domingo, 30 de maio de 2010

Notícias no Google sobre Angola

Angolano vence prémio da CNN MultiChoice
AngolaPress
Luanda - O jornalista angolano Sebastião Vemba venceu, hoje, em Kampala, Uganda, a 15ª edição do Prémio Jornalista Africano CNN MultiChoice na categoria de ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Será realizado em Angola estudo geológico de mineração
Prensa Latina
30 de mayo de 2010, 10:17Dar Es Salam, 30 mai (Prensa Latina) O governo angolano desenvolverá um plano para o estudo do território do país desde o ponto de ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
ABN
Procura chinesa ajuda indústria dos diamantes em Angola
ABN
No ano passado, a China passou a ser o principal comprador da produção de diamantes de Angola, ultrapassando os Estados Unidos. Este incremento da venda de ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Angola atrai visitantes
Jornal de Angola
Mais de 105 mil pessoas visitaram, nos últimos sete dias, o Pavilhão de Angola na Expo Xangai'2010, na República Popular da China, a terceira semana desde a ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Inaugurada agência do Banco Caixa Totta Angola na Lunda Sul
AngolaPress
Saurimo - A primeira agência do Banco Caixa Geral Totta Angola foi inaugurada na sexta-feira, em Saurimo, Lunda Sul, pela governadora provincial, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
País desempenha papel imprescindível na prevenção de conflitos em ...
AngolaPress
Luanda - Angola tem desempenhado um papel imprescindível na prevenção e resolução de conflitos em Africa, afirmou o analista político angolano Belarmino ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Jovens da IEBA doam sangue ao hospital provincial do Kwanza Norte
AngolaPress
Ndalatando - Um grupo de jovens da Igreja Evangélica Baptista em Angola (IEBA) realizou hoje (domingo), em Ndalatando, Kwanza Norte, uma campanha de doação ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Lançada antologia de contos
Jornal de Angola
A autora disse, ao Jornal de Angola, que todos os contos foram escolhidos por si. “O livro exclui os temas que abordam a problemática colonial”, explicou. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Diário de Notícias - Lisboa
Vinho nacional conquista Angola
Diário de Notícias - Lisboa
"Temos de continuar a tratar o mercado angolano com muita atenção e não podemos deixar de o trabalhar", disse à Lusa Sónia Fernandes, da Viniportugal, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Cidadãos detidos por travessia ilegal na fronteira com a Namíbia
AngolaPress
... nos últimos sete dias do corrente mês, por tentativa de travessia ilegal da fronteira Angola/Namíbia, soube hoje, domingo, a Angop de fonte oficial. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

Pensar e Falar Angola

Lubango, Namibe e energia electrica

O ministro de Estado da Coordenação Económica, Manuel Nunes Júnior, lançou ontem, no Lubango, a primeira pedra do projecto de instalação de novas redes de baixa e média tensão para melhorar o fornecimento de energia eléctrica às cidades do Lubango, Namibe e Tômbwa.O projecto para as três cidades, denominado fase II, inclui a iluminação pública e começa a dar os primeiros resultados a partir de Dezembro de 2010. As obras, adjudicadas à empreiteira chinesa CEIEC, vão durar 18 meses, num investimento avaliado em 47,4 milhões de dólares, e incidem na construção de 158 quilómetros de linhas de média tensão, 80 de rede subtérreas de 15 kilowalt. O acto foi testemunhado pela Ministra da Energia, Emanuela Vieira Lopes, pelo ministro dos Transportes, Augusto Tomás, e pelos governadores do Namibe e Huíla, Candida Celeste e Isaac dos Anjos. Para a cidade do Lubango, o projecto prevê a instalação de 70 postos de transformação e 70 quilómetros de rede de baixa tensão (17 km subterrânea). Vão ainda ser instaladas 800 novas ligações e construídos 3.450 focos da rede de iluminação pública. No Namíbe, vão ser montados 22 postos de transformação, 123 quilómetros de redes de média tensão (aérea e subterrânea), além de 145 quilómetros de rede aérea de baixa tensão. A cidade vai ainda beneficiar de 11 mil novas ligações e de três mil focos de iluminação pública.Para a cidade portuária do Tômbwa, está prevista a instalação de dois postos de transformação, a construção de 61,5 quilómetros de redes de média tensão, além de 1.700 novos postos de iluminação pública.
Projecto incentiva produção industrial
O ministro de Estado para Coordenação Económica sublinhou que a conclusão das obras de reabilitação das redes de distribuição de baixa e média tensão e iluminação pública vai impulsionar a produção industrial nas cidades do Lubango, Namibe e Tômbwa.“Este projecto vai permitir a ampliação das redes de distribuição, o aumento das linhas de transmissão, maior acesso da população à energia e uma melhor iluminação pública das cidades”, sublinhou Manuel Nunes JúniorSobre os preços da energia eléctrica, o ministro disse que uma das tarefas do Executivo, para este ano, é a conclusão do estudo sobre a revisão de tarifas de vários produtos essenciais, para depois tomar medidas mais apropriadas.“Queremos garantir a eficiência das empresas que produzem água, energia e, ao mesmo tempo, assegurar que os consumidores tenham acesso a este produtos a preços razoáveis, porque o nosso objectivo é elevar cada vez mais o nível de vida dos cidadãos”, disse. Ainda ontem, o ministro de Estado Manuel Nunes Júnior deu início, no município da Matala, a 200 quilómetros da cidade do Lubango, à reabilitação da barragem hidroeléctrica com o mesmo nome. A equipa ministerial, governadores da Huíla e Namibe e técnicos nacionais e chineses assistiram a um vídeo que retrata os passos a serem dados até à recuperação da barragem.Construída na década de 40, a barragem da Matala possui três grupos geradores, com capacidade para produzir 27 megawatts destinados a abastecer a província da Huíla e do Namibe. Neste momento, apenas um grupo gerador está em funcionamento, produzindo 6,5 megawatts, uma capacidade que fica aquém de corresponder ao crescimento das cidades e dos projectos industriais existentes para as duas províncias desde o estabelecimento da paz, em 2002.Para aumentar a capacidade de produção e abastecimento de energia eléctrica à população, o Governo instalou uma central térmica composta por 40 geradores, com capacidade para 1,5 megawatts cada. A central tem servido para abastecer, com restrições, as principais localidades das duas províncias. Enquanto isso, as várias unidades fabris recorrem a fontes alternativas, aumentando os custos de produção, o que encarece os produtos.O projecto lançado ontem vai permitir a reabilitação da rede de distribuição de energia de baixa e média tensão da cidade do Lubango, existente há 47 anos. Com as obras de restauro, novos bairros e várias fazendas agro-pecuárias vão, pela primeira vez, beneficiar de energia eléctrica.


Pensar e Falar Angola

Ágora (118) - Desculpem qualquer coisinha




Nada do que está a acontecer, sobre os usos e abusos da Igreja Católica me tem surpreendido, e convenhamos que só ainda estamos perante a ponta do icebergue, porque diariamente, as notícias de actos de sordidez sexual por parte do clero, fazem novas manchetes na imprensa internacional.
Sou agnóstico, embora aceite como positivo, uma parte da doutrina social da Igreja, mas sinceramente sou muito relutante, em aceitar os desígnios nebulosos onde se refugiam as religiões para perpetuar a sua influência, e manter o seu estatuto de aparente neutralidade, de igual forma a servir democracias ou totalitarismos, como se pode ver ao longo da história da humanidade.
Nenhuma religião assenta os seus fundamentos numa democracia, algumas até se violentam, quando tem de conviver com os exercícios de cidadania, inerentes à diafonia exigível num espaço de intervenção democrática quotidiana.
No caso da Igreja Católica, assente no primado da infalibilidade do Papa, há toda uma sucessão de situações que me intrigam, e por mais que tente que o silogismo seja certo, desconsigo.
Para além da inspiração divina para a nomeação do Papa, e isso não faz parte do silogismo, mas por obra do Espírito Santo, a verdade é que são os cardeais que nomeiam o Papa, que por sua vez nomeia os cardeais que irão eleger um ou mais Papas, dependendo das circunstâncias versas ou adversas. Porque isto também não é tudo a sério, há cardeais que são pontos, e há Cardeais que são uns verdadeiros pontos. De uns preciso deles, nem me dando a oportunidade de gostar, dos outros sinceramente não gosto, embora reconheça que faço parte de uma minoria, mas paciência.
A maioria habituou-se a gostar deles, porque foi a cultura judaico-cristã que definiu o mapa da Europa e concomitantemente os Novos Mundos, onde Angola se insere, desenhando mapas que na maior parte dos casos estimularam a destruição de sociedades mais justas.
Constantino, Imperador Romano, quando se dá conta que os “bárbaros “, ameaçam as fronteiras do que resta do Império, resolve aderir ao cristianismo, e assim reforça os exércitos e consegue alianças que lhe permitem lutar contra os Otomanos. Manda o Baco, Júpiter, Minerva, Saturno e outros Deuses da mitologia romana” às malvas”, e ei-lo na adesão ao monoteísmo, deixando esses deuses para nomes de marisqueiras, barcos, casas de espectáculos, hotéis e por aí fora.
Anda muita ebulição, nos 44ha do Estado da Cidade do Vaticano, que pelo Tratado de Latrão, assinado em Fevereiro de 1929 entre o Papa Pio XI e o fascista Mussolini, se constituiu como País.
O conjunto de acusações relativas á pedofilia por parte da Igreja Católica, não são de agora, são práticas continuadas há séculos, só que o medo e a possibilidade de manter tudo entre as sólidas paredes da instituição, impediram que a divulgação assumisse a dimensão que estamos a ver, e a expectativa que paira é que nada vai ser como antes.
Hoje, o laicismo dos Estados, a forte dinâmica dos media, a busca de uma cada vez maior liberdade e consequentemente o encontrar novas respostas, leva que a Igreja Católica tente desesperadamente alargar um espartilho por si próprio criado, e não vale a pena dizer-se que há uma ofensiva contra a Igreja, porque na realidade já há demasiados “ casos isolados” , para que as pessoas fiquem indiferentes.
Nada tenho a ver com a Igreja Católica, mas como cidadão acho que uma reflexão sobre o desenvolvimento acelerado da ciência no ultimo século, exige que se acabem dogmas e que não se partilhem silêncios cúmplices, que como já se viu só o são por períodos limitados de tempo, e ninguém está disposto já a guardá-los para o “Juízo Final”.
Aos Estados cumpre apoiar as vítimas, deste sórdido exercício de mentecaptos, que a coberto de uma sotaina, provocam danos irreparáveis em crianças e jovens colocados a seu cuidado.
Devem ser punidos exemplarmente, para que sirvam de exemplo a futuras tentativas de devaneio por parte de quem, muitas vezes se acha com superior autoridade moral, para fazer apreciações sobre algo que recusam no seu próprio seio: a utilização plena da liberdade!
Desculpem-me, mas estou irritado e enojado com tudo isto!

Fernando Pereira
30/3/2010


Pensar e Falar Angola

Hyundai - Pilobolus/ Life Shapes



Pensar e Falar Angola

Material de pesca para comunidades

Material de pesca para comunidades
O Instituto de Pesca Artesanal e Aquicultura tem disponíveis equipamentos de pesca para fornecer às comunidades necessitadas, afirmou na quarta-feira, em Luanda, o chefe de divisão e extensão daquele organismo, António Chaves.
“Temos em nossa posse botas, luvas, caixas exotérmicas para conservação e transporte de pescado, facas, fatos, entre outros equipamentos, para apoiar as comunidades organizadas em associações ou cooperativas”, disse à Angop, no final de uma visita efectuada às comunidades piscatórias da Salga, Lello e Ponta, por uma comissão intersectorial integrada por técnicos da Agricultura, Energia, Águas, INADEC e da Saúde.
Para terem direito aos equipamentos, os interessados devem organizar-se em cooperativas, explicou António Chaves.
A directora adjunta do Instituto, Maria Angélica Augusto, afirmou, na ocasião, que o trabalho que está ser feito junto das comunidades tem tido resultados positivos, uma vez que já se registam melhorias no tratamento do pescado.
“Com o equipamento que está a ser distribuído, as senhoras já não preparam o peixe no chão, como faziam antes. Hoje em dia, utilizam lonas, caixas térmicas, bacias e outros equipamentos”, esclareceu.
As pessoas que cuidam da salga, um total de 87 mulheres, receberam explicações sobre como se constrói uma tarimba (local de secagem do pescado) e como se faz a fumagem, refrigeração e congelação do peixe.
Esta é terceira visita que a comissão intersectorial efectua às comunidades piscatórias, com o objectivo de contribuir para a melhoria das condições económicas e sociais das populações residentes nestas áreas.
Assim, foram já visitadas as comunidades do Buraco e do Benfica (município da Samba), Salga, Ponta e Lello (município da Ingombota). A próxima quarta-feira está reservada às comunidades da Barra do Bengo, Hotangana e do bairro dos Pescadores (Cacuaco).


Pensar e Falar Angola

sábado, 29 de maio de 2010

Notícias no Google sobre Angola

Eleição de Angola para Conselho de Administradores do BAD ...
AngolaPress
Luanda – A eleição de Angola a um cargo no Conselho de Administradores do Grupo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), em representação de quatro países ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Vinho português é destacado em Angola mas tem concorrência
Diário Digital
Ainda assim, e em entrevista à agência Lusa dias antes da apresentação do primeiro Estudo sobre o Mercado dos Vinhos em Angola, a area manager da ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Televisão Pública de Angola
Angola faz parte da estratégia militar chinesa
Televisão Pública de Angola
"É nosso objectivo dar todo apoio possível ao exercito Angolano", disse o Chefe de Estado Maior general das Forças Armadas Chinesa, general Chen Bingde (na ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Síntese das principais notícias divulgadas nas últimas 24 horas
AngolaPress
O Presidente da República, José Eduardo dos Santos, elogiou as relações de cooperação em todas as áreas, entre Angola ea China, quando recebeu em audiência ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
PJ suspeita de inspectora na fuga de informação para Vara
Jornal de Notícias
Estes teriam sido contactados por figuras próximas do presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, para assumirem o papel de testas-de-ferro na compra de ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Recordam em Angola legado de revolucionário cubano de José Martí
Prensa Latina
O primeiro secretário da embaixada de Cuba em Angola, Emiliano Manresa, disse ante estudantes da Universidade Lusíada, que Martí denunciou a opressão contra ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
CGD reafirma empenho na criação de banco com a Sonangol
Diário Digital
Não há nenhum problema com o banco de desenvolvimento de Angola", garantiu Bandeira. O também presidente do conselho de administração do Caixa Totta Angola, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Sumol Compal avança em Angola a pensar na China
Económico
Enquanto em Angola decorrem as negociações com as autoridades locais das contrapartidas pela instalação da fábrica da Sumol+Compal, a empresa portuguesa ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
AFP
Justiça francesa abre investigação por atentado contra seleção de Togo
AFP
A República da Angola apresentou no dia 26 de abril uma denúncia contra Roberto Mingas, o secretário-geral do grupo rebelde de Cabinda, Forças para a ...
Veja todos os artigos sobre este tópico


Sábado Musical



Pensar e Falar Angola

EXPO XANGAI

A caravana artística angolana, que se encontra em Xangai, na China, está a encantar as audiências.
Composta por músicos de renome da música angolana, como Nanuto, Ary, Paul G, Big Nelo, Agre G, e Kituxi, a caravana juntou-se “residentes” Carlos “Carlitos” Viera Dias, Mário “Marito” Ganacho e ao grupo de Dança “Kina Ku Moxi”, estando a ter grande impacte e a deslumbrar o público nas suas apresentações.
Em Xangai, desde o passado 21 de Maio, para uma série de espectáculos de apoio à participação de Angola na EXPO 2010, a caravana tem realizado espectáculos diários no “Palco Central” do Pavilhão Comum Africano, no Largo de África da exposição internacional, e no pavilhão nacional.
Apesar das condições climáticas adversas, o público não tem faltado às exibições nacionais. A actuação de Nanuto, Ary e Paul G foram exemplos da adesão do público que, indiferente à chuva miudinha, permaneceu durante uma hora a assistir.
No Dia de África, assinalado na terça-feira, a caravana organizou, especialmente, uma exibição com o músico angolano Paulo Flores, o cabo-verdiano Tito Paris e o guineense Manecas Costa, na Praça de África, situada em frente ao Pavilhão de Angola.
Big Nelo e Agre G e seus dançarinos têm, igualmente, cativado o público, pelo ritmo e a diversidade de estilos apresentados, assim como por ensinarem kuduro e toques de “domilindro” aos presentes.
A República de Angola, África do Sul, Nigéria, Argélia, Tunísia, Líbia e Egipto possuem presenças em pavilhões individuais.
A União Africana também dispõe de um pavilhão onde tem divulgado a sua actividade.


Pensar e Falar Angola

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Notícias no Google sobre Angola

LUSA
Angola: Presidente angolano recebeu em audiência Chefe de Estado ...
LUSA
Luanda, 28 Mai (Lusa) - O Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, recebeu hoje em audiência o Chefe de Estado-Maior General do Exército chinês, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
AngolaPress
Pavilhão de Angola visitado por mais de 105 mil visitantes na ...
AngolaPress
Shanghai - Mais de 105 mil pessoas visitaram, nos últimos sete dias, o Pavilhão deAngola na Expo 2010, em Shanghai, República Popular da China, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
AngolaPress
Angola no Conselho de Administradores do BAD
AngolaPress
Abidjan (Do enviado especial) – Angola foi eleita quinta-feira, em Abidjan, pelo Conselho de Governadores do Grupo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
AngolaPress
Lesão de Armando Costa preocupa antigo internacional angolano
AngolaPress
Luanda - O ex-internacional angolano Manuel de Sousa "Necas", tri-campeão africano pela selecção de basquetebol, disse quinta-feira, em Luanda, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
AngolaPress
Angola empenhada no alcance das metas de desenvolvimento do milénio
AngolaPress
Angola tem estabelecido vias para combater a pobreza eo alcance dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM), como a adopção de um modelo de ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Governo angolano implementa Plano Nacional de Geologia
AngolaPress
O ministro da Geologia e Minas e da Industria alertou que o SEAMIC tem um papel a jogar, prestando assistência a Angola na implementação de alguns dos ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Relações entre Angola e Argentina estão a "bom ritmo"
AngolaPress
Luanda – As relações políticas e económicas entre os governos de Angola e da Argentina caminham a "bom ritmo", principalmente com a assinatura do memorando ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
ERC aprova canal de novelas para mercado angolano
Jornal de Notícias
A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) anunciou, ontem, a aprovação do canal "Zap Novelas", que será emitido em Angola pela operadora Zap. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
AESE abre escola de direcção e negócios em Angola
Diário Económico
Com o ritmo a que o mundo empresarial tem crescido em Angola, tem-se tornado necessário criar uma oferta de formação avançada que lhes permita ir além das ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Angola passa à segunda fase do mundial
AngolaPress
Angola alcançou o segundo lugar do grupo ao ultrapassar o adversário com os parciais de 11-6, 11-7 e 11-4, devendo agora disputar o apuramento para a ...
Veja todos os artigos sobre este tópico


Pensar e Falar Angola

Lei contra branqueamento

A Assembleia Nacional aprovou ontem, na especialidade, cinco projectos de Lei, que vão alterar o funcionamento dos órgãos do Estado, tendo em conta o novo quadro político administrativo do país. Os deputados votaram, por unanimidade, as Leis Orgânica do Banco Nacional de Angola (BNA), do Orçamento Geral do Estado, e a do Combate ao Branqueamento de Capitais e Financiamento ao Terrorismo. A Lei do Banco Nacional de Angola, disse o porta-voz da Comissão de Economia e Finanças da Assembleia Nacional, o deputado Agostinho Jaka, surge pela necessidade de se adequar as responsabilidades do BNA ao novo quadro jurídico-constitucional. O parlamentar esclareceu que a medida vem clarificar a autonomia operacional do BNA para melhor preservar o kwanza e garantir a estabilidade dos preços e do sistema financeiro nacional. A Lei do Orçamento Geral do Estado, que teve 152 votos a favor, vai adequar o enquadramento das normais gerais aplicáveis à preparação e execução dos orçamentos à programação financeira e ao registo contabilístico dos recursos financeiros. Na lei foram introduzidos dois aspectos fundamentais para a melhoria dos procedimentos de elaboração, execução e controlo. O diploma aumenta a coordenação entre as áreas encarregadas da elaboração da política económica e as que tratam da elaboração e execução do OGE, atribuindo competências à comissão económica, no domínio da programação financeira. A Lei enriquece, também, o quadro legal da responsabilidade fiscal e introduz um capítulo que regula matérias ligadas à responsabilidade dos titulares das unidades orçamentais que, por actos e omissões, violem as normas de execução orçamental. Outro diploma aprovado por unanimidade foi a Lei de Combate ao Branqueamento de Capitais e Financiamento ao Terrorismo. A deputada Júlia Ornelas, da Comissão dos Assuntos Constitucionais e jurídicos, afirmou que a lei, que vem preencher uma lacuna no ordenamento jurídico nacional, prevê a criminalização de branqueamento de capitais. A parlamentar esclareceu que as actividades “obscuras de terrorismo” podem servir para subverter a ordem soberana, democrática e pluralista, fomentando práticas contrárias aos fins do Estado. “Estas práticas devem ser limitadas, por coincidirem com a liberdade, responsabilidade e garantias fundamentais de todos os cidadãos para a manutenção de uma ordem de justiça, paz e solidariedade com os homens”, disse a deputada.
Divergências
Na sessão de ontem, orientada pelo presidente da Assembleia Nacional, António Paulo Kassoma, os principais debates foram suscitados pela Lei sobre Organização e funcionamento da Administração Local do Estado.A lei foi aprovada apenas com votos favoráveis do MPLA, 127. A UNITA (14) votou contra. PRS, FNLA e Nova Democracia (11) abstiveram-se. A Lei das Empresas Públicas, que define as orientações estratégicas relativas ao exercício da função accionista nas empresas públicas, foi aprovada com 132 votos a favor (MPLA, FNLA e Nova Democracia) e 20 abstenções (UNITA e PRS).



Pensar e Falar Angola

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Notícias no Google sobre Angola

Amnistia Internacional denuncia violações na Guiné, Angola e Brasil
Diário IOL
Angola continua a registar casos de execuções extrajudiciais, de uso excessivo da força, tortura e outros maus-tratos por parte das autoridades, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Alfândega angolana moderniza sistema de informação
Diário Digital
Um novo sistema informático para controlo das exportações e importação de derivados do petróleo e gás pode ser lançado em Outubro pelas Alfândegas de Angola ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Angola: Presidente do BCP vê economia angolana a recuperar e ...
Diário de Notícias - Lisboa
Luanda, 27 Mai (Lusa) - O presidente do Millennium BCP, Carlos Santos Ferreira, defendeu hoje em Luanda que o mercado angolano está de novo a recuperar e ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Angola e China reforçam cooperação bilateral militar
Jornal Digital
... General das Forças Armadas Angolanas (FAA), general Adriano Mackenzie, pelo embaixador da China em Angola, Zhang Bolun, e respectivos adidos militares. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Volante do Chelsea não se recupera e desfalca a seleção de Gana na ...
globoesporte.com
Essien rompeu um dos tendões do joelho esquerdo durante um treino da seleção de Gana para a Copa das Nações Africanas, que aconteceu em janeiro em Angola. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Embaixador norte-americano diz-se orgulhoso das relações EUA/Angola
AngolaPress
Caxito – O embaixador dos Estados Unidos da América em Angola, Dan Mozena, disse hoje, quarta-feira, em Caxito, província do Bengo, estar “muito orgulhoso” ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Embaixador angolano lembra papel de Marrocos na libertação de África
AngolaPress
Rabat - O embaixador de Angola em Marrocos, Luís de Almeida, lembrou terça-feira em Rabat o papel importante do reino de Marrocos Na libertação dos países ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Brilharete angolano no Mundial da Rússia
Jornal de Angola
Espera-se uma boa partida, na qual os angolanos são tidos como favoritos, a julgar pelas exibições patenteadas na prova. Angola está a ser uma grata ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Congresso de Marcas debateu a era digital
Jornal de Angola
Ao falar no encerramento do 3º Congresso de Marcas de Angola, José Carvalho da Rocha lembrou que a televisão é um poderoso meio de promoção e fortalecimento ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
i Informação
ViniPortugal seleciona 50 melhores vinhos portugueses para o Brasil
i Informação
Sónia Fernandes, responsável pelos mercados do Brasil e de Angola dentro da ViniPortugal explicou ainda que a iniciativa pretende também “mostrar ao ...
Veja todos os artigos sobre este tópico


Pensar e Falar Angola

Monumento em homenagem ao soldado desconhecido

23 Setembro de 2017 | 12h00 - Política Luanda - Um monumento em homenagem ao soldado desconhecido, erguido na zona baixa da cidade de L...