sábado, 30 de junho de 2012

Notícias no Google sobre Angola


Angola derrota Jordânia na despedida
Jornal de Angola
A Selecção Nacional de Angola conquistou a medalha de bronze do torneio internacional de basquetebol Super 4 Israel Sarmiento, que fez disputar o troféu Governador Tarek William Saab, mercê do terceiro lugar na prova de antecâmara para a ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola diz que conta da promoção do português deve ser paga por ...
O Repórter
NOVA YORK (Rádio ONU) - A decisão da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Cplp, de aumentar a presença do idioma em organizações internacionais deve ser uma tarefa de todos. Esta foi a afirmação do embaixador de Angola e presidente ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Democracia em Angola amadurece todos os dias
Jornal de Angola
Mal ou bem, os angolanos estão a construir os seus paradigmas em termos de prática democrática. O caminho democrático em Angola tem sido feito sob o slogan da “aprendizagem com os próprios erros” e o mais relevante é sabermos retirar bons ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola ganha primeira estação de cabo submarino de fibra óptica
Rádio Nacional de Angola
A cerimónia de inauguração da estação de Sangano, no Cabo Ledo foi presidida pelo Ministro de Estado e da Coordenação económica, Manuel Vicente que salientou que esta infra-estrutura de comunicação internacional demostra que Angola está a entrar ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »

Rádio Nacional de Angola
Angolanos e moçambicanos fazem troca de experiências
Jornal de Angola
Técnicos de organizações da sociedade civil que intervêm no processo de alfabetização em Moçambique visitaram os círculos de alfabetização e de ensino de adultos no Kwanza-Sul. A visita destinou-se à troca de experiências, no quadro do projecto de ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Cabo de fibra óptica melhora a Internet
Jornal de Angola
O mercado angolano está agora melhor servido em termos de ligações de telecomunicações internacionais, com a inauguração, ontem, pelo ministro de Estado e da Coordenação Económica, Manuel Vicente, da Estação de Cabo Submarino de Sangano, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola: Oposição preocupada com atraso nos cadernos eleitorais
Correio do Brasil
Em Angola, as organizações da sociedade civil e os partidos políticos na oposição estão preocupados com a não publicação dos cadernos eleitorais. Neste momento falta pouco menos de dois meses para as eleições previstas para o dia 31 de Agosto.
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Alargada relação interparlamentar
Jornal de Angola
O primeiro vice-presidente da Assembleia Nacional defendeu ontem, em Luanda, a aprovação de um programa de cooperação inter-parlamentar para identificar mecanismos que permitam potenciar o papel dos órgãos de soberania de Angola e Cuba.
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Com três seleções internacionais, Copa 2 de Julho começa neste ...
Correio da Bahia
A rodada de estreia envolve todas as 48 equipes que participam da competição, incluindo a seleção brasileira da categoria. A seleção de Angola e a do Chile também estão na Copa 2 de Julho. A abertura oficial acontecerá no estádio Gerino de Souza Filho ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »

Correio da Bahia


Pensar e Falar Angola

"A voz e o percurso de um povo"


Literatura
Escritora Marta Santos lança "A voz e o percurso de um povo" 
Luanda - A escritora angolana Marta Santos lançou ontem (sexta-feira), na sede da União dos Escritores Angolanos (UEA), em Luanda, a sua mais recente obra bibliográfica intitulada “A voz e o percurso de um povo”, que retrata a biografia do “rei” da música angolana, Elias Dya Kimuezo.
No acto de apresentação da obra, o vice–ministro da Cultura e escritor, Cornélio Caley, disse que o livro representa um tributo à história angolana, pois irá contribuir para que as futuras gerações conheçam o percurso cultural de Angola.
Disse igualmente que a autora da obra fez com mestria o relato de uma voz voltada para a humanidade e recheada de esperança, já que não era necessário saber o kimbundu (língua nacional com o qual interpretava as suas canções) para perceber a mensagem de sofrimento do povo angolano contida na música de Elias Dya Kimuezo. 
“O lamento transmitido na canção do povo de Luanda, que enfrentava o colono, e que o Elias espalhou por Angola inteira através da sua voz, constituiu uma forma de clamar o socorro para a liberdade do seu povo do jugo colonial”, disse.
Com uma tiragem de dois mil exemplares, o livro contém fotos e retrata o percurso artístico do rei da música angolana, que este ano completou mais de cinco décadas de sua carreira. A obra está a ser comercializada no preço único de quatro mil e 500 kwanzas.
Durante a apresentação da obra estiveram presentes familiares e amigos do consagrado músico, seguido de um jantar de gala onde a música africana marcou o seu ambiente.
Depois do seu lançamento em Luanda, “A voz e o percurso de um povo” será igualmente publicado em Portugal.
Elias José Francisco, nome artístico Elias dia Kimuezo, nasceu a 02 de Janeiro de 1936, numa pequena casa no bairro Marçal, em Luanda. Começou a sua carreira artística em 1950, no grupo “Ginásio”, como compositor.
Em 1956 apareceu como intérprete e tocador de bate-bate, integrando o conjunto “Kizomba”, do Sambizanga. Nesta época, fundou o conjunto Dikundus, constituído por operários fabris, no qual se destacou como vocalista principal. Angop


Pensar e Falar Angola

Sábado Musical



Pensar e Falar Angola

sexta-feira, 29 de junho de 2012

1º Salão Internacional de Saúde e Ajudas Técnicas para Deficientes de Angola - EXPO Lwini 2012


A CDC Angola participará, no dia 29 de Junho, com um dueto interpretado pelos bailarinos Cemi Curti e Adilson Valente, no acto de abertura do "1º Salão Internacional de Saúde e Ajudas Técnicas para Deficientes de Angola - EXPO Lwini 2012", numa organização conjunta da FIL ( Feira Internacional de Luanda), Ministério da Saúde e da Fundação Lwini.



Pensar e Falar Angola

Notícias no Google sobre Angola



Angola
: Sonangol anuncia que vai participar no aumento do capital ...

SIC Notícias
Luanda, 29 jun (Lusa) - A Sonangol vai participar no aumento do capital social do Millennium BCP, se...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Listas entregues em Angola
Sol
A meia-noite da passada terça-feira, 19 de Junho, era a hora limite para os partidos e coligações fazerem chegar ao Tribunal Constitucional (TC) as candidaturas às eleições gerais que estão marcadas para...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola tem milhares de crianças infectadas
Jornal de Angola
O encontro abordou temas como, “a situação da criança seropositiva em Angola”, “programas de apoio a criança seropositiva, no quadro da estratégia integrada de prevenção na perspectiva de reintegração e no apoio psicossocial as famílias, no quadro ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Sonangol participa no aumento de capital do BCP
Agência Financeira
Petrolífera considera que estão «reunidas as condições para que se continue a desenvolver com sucesso o projeto do banco»
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola precisa de melhorar a prestação no jogo exterior
Jornal de Angola
A participação da Selecção Nacional de Angola no torneio internacional de basquetebol Super 4 Israel Sarmiento deixou perceptível que o conjunto precisa de trabalhar com mais acuidade o jogo exterior e os argumentos tácticos, para conseguir superar os ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola: Ministério da Saúde lança vacina contra colo do útero
POP - Portal de Oncologia Portugês
O ministro da Saúde angolano, José Van-Dúmen lançou oficialmente, esta quinta-feira, 28 de Junho, na maternidade Lucrécia Paim, em Luanda, a vacina de prevenção contra o cancro no colo do útero, avança o Jornal Digital. A vacina contra o vírus do ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Enaltecida política para erradicação da pólio em Angola
AngolaPress
Benguela – O representante da Comissão Técnica de Saúde Pública no município de Benguela, António Domingos, realçou esta quinta-feira que o facto de o país estar desde Julho de 2011 sem registar nenhum caso de poliomielite é uma boa notícia que, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angolana participa do 2º Concurso Nacional de Beleza Negra 2012
Jornal Dia a Dia
A Campo grandense Ilda Lando, nascida em Angola, estará no páreo para o 2º Concurso Nacional de Beleza Negra 2012. O evento está na segunda edição e acontecerá no Hall Monumental da Assembléia Legislativa de SP a partir da 19 horas,a entrada é ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Regime cambial do sector petrolífero tem efeitos sobre a vida dos ...
Jornal de Angola
Angola vai sentir o impacto da entrada em vigor do novo regime cambial para o sector petrolífero em 2013, com o aumento do “stock” dos meios de pagamento e dos fluxos financeiros, declarou o vice-governador do Banco Nacional de Angola (BNA).
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Japão entrega um milhão de dólares para desminagem em Angola
AngolaPress
Segundo uma nota de imprensa da Embaixada do Japão em Angola chegada à Angop, o valor servirá para a implementação da quinta fase da cooperação em desminagem entre os dois países relativo à assistência financeira não reembolsável a ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »



Pensar e Falar Angola

“A Visão das Pessoas Vivendo com VIH/SIDA”


Lançamento do Relatório sobre “A Visão das Pessoas Vivendo com VIH/SIDA”



PREVENÇÃO, DISCRIMINAÇÃO, DIAGNÓSTICO, TRATAMENTO E QUALIDADE DE VIDA


A Fundação Open Society- Angola, promoverá um encontro com organizações da sociedade civil, meios da comunicacao social pública e privada, instituicões do Estado e individuos, às 09H00 de segunda-feira, dia 02 de Julho 2012, no Hotel Alvalade, Sala Esmeralda,  com vista a apresentar os resultados da pesquisa sobre a Visão das Pessoas Vivendo com VIH/SIDA sobre a prevenção, discriminação, diagnóstico, tratamento e qualidade de vida. 
A referida pesquisa, avaliou a opinião das Pessoas Vivendo com VIH residentes em Angola, sobre a problemática do VIH/SIDA nas Províncias de Cabinda, Uíge, Luanda, Kwanza Norte, Malange, Huambo, Bié, Moxico, Lunda Sul e Huíla
O Relatório aborda aspectos ligados as Características das Pessoas Vivendo com VIH; Diagnósticos da infecção e motivações para o mesmo; Acesso ao aconselhamento; Acesso e realização do tratamento; Equidade no acesso aos medicamentos anti-retrovirais; Alterações de hábitos e de comportamento de risco; Estigmatização e discriminação das Pessoas Vivendo com VIH; Meios e mensagens na prevenção da infecção pelo VIH e Desejo de ter filhos e órfãos.

Participarão do evento, os pontos focais da Rede de Pessoas Vivendo com VIH das províncias de Cabinda, Benguela, Huambo, Huíla, Bié, Kuanza Sul, Malange, Moxico e Uíge.



Para mais informações: contactar a Directora Adjunta da Fundação Open Society-Angola, através do terminal telefónico  923 460 453 ou através do endereço electrónico:katilap@osisa.org



PROGRAMA
09h00: Recepção e entrega do Relatório.
09h15: Abertura – Open Society
09h30: Apresentação do Estudo
10h00: Mesa Redonda
- O Estigma e da Discriminação das PVVIH - PVVIH
- O Diagnostico e tratamento do VIH/SIDA – INLS
- A Qualidade de vida das PVVIH - PVVIH
10h45: Debate.
11h30: Coffe Breeak
- Encerramento


Pensar e Falar Angola

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Urbano de Castro

Capas de singles angolanos

4162_88177592717_525437717_2539836_2698977_n Urbano de Castro

Realizadora angolana distinguida nos EUA


Realizadora angolana distinguida nos EUA

Cineasta angolana ganha prémio do júri

O filme “Por Aqui Tudo Bem”, da realizadora angolana Maria Esperança (Pocas) Pascoal, ganhou no domingo o primeiro prémio do júri para a ficção no Los Angeles Film Festival, anunciou a organização.
“A realizadora transformou a sua história pessoal de exílio de Angola num drama profundamente comovente, cujo poder cinematográfico é particularmente impressionante no trabalho de um realizador estreante”, refere a declaração do júri do festival de cinema independente da Costa Oeste dos Estados Unidos.
Escolhido pelo júri entre 200 curtas e longas-metragens de mais de 30 países, “Por Aqui Tudo Bem” – “All is Well”, na versão inglesa – conta a história de duas irmãs angolanas que fogem da guerra civil no seu país para Lisboa e, depois, para França.
Para o júri, trata-se de uma “exploração da experiência de emigração e, especialmente, dos laços entre parentes, num trabalho de marcante eloquência visual e honestidade emocional”.
Produzido por Luís Correia, o filme conta com a interpretação de Cheila Lima, Ciomara Reis, William Brandão e Vera Cruz. O Prémio Narrativa tem um valor monetário de 15 mil dólares, atribuído pela organização cultural sem fins lucrativos Film Independent.
O festival, na sua 18ª edição, atribuiu ainda um prémio a um documentário, este ano para “Drought” (“Seca”), de Everardo Gonzalez.
“Por aqui tudo bem”, de Pocas Pascoal, foi distinguido com o prémio de melhor longa-metragem portuguesa de ficção, na IX edição do IndieLisboa, Festival Internacional de Cinema Independente, que encerrou a 6 de Maio.

O Festival de Cinema de Los Angeles, que já vai na sua 18ª edição, patrocinado pelo “The Times”, decorreu de 14 de Junho até domingo à noite com a estreia do filme “Magic Mike”, estrelado por Channing Tatum e Matthew McConaughey.

Crítica sobre o filme

No início dos anos 80, com o começo da guerra civil em Angola, duas irmãs são enviadas para Portugal pela mãe, que pretende ir mais tarde ter com elas, mas que fica impedida de o fazer. As duas irmãs, Alda e Maria, vêem-se sozinhas, menores e sem papéis, em Lisboa, perdidas entre o receio da situação e o não querer preocupar a mãe. Trata-se de uma história com contornos autobiográficos, segundo a própria realizadora Maria Esperança “Pocas” Pascoal, baseada na sua própria experiência e na das pessoas que foi conhecendo.
De acordo com algumas críticas que foram publicadas na imprensa internacional, o filme apresenta planos exteriores marcantes, e a construção dos espaços, tal como a reconstrução histórica, são irrepreensíveis. Se as representações não são tudo o que podiam ser, também não desiludem ou servem mal a história. O ponto mais fraco do filme, dizem alguns críticos, é o seu argumento, com algumas cenas mais forçadas e um diálogo desajeitado, pouco fluido.



Pensar e Falar Angola

IMAGENS ANGOLA DIVERSAS NR.2

INCOMPLETO


Casimiro Pedro, Jornal de Angola

Pensar e Falar Angola

quarta-feira, 27 de junho de 2012

N’Gola Ritmos

Capas de singles angolanos

ngola ritmos N’Gola Ritmos

Notícias no Google sobre Angola


Angola realiza última campanha contra a pólio
AngolaPress
Luanda – Angola vai realizar, nos dias 29, 30 de Junho e 01 de Julho do ano em curso, a última campanha de vacinação contra a pólio, numa altura em que o ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Brasil quer oferecer auxílio para processo eleitoral angolano
AngolaPress
Luanda – A embaixadora da República Federativa do Brasil em Angola, Ana Cabral, afirmou nesta quarta-feira, em Luanda, que o seu país está disponível ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Observadores eleitorais internacionais começaram a escrever a ...
AngolaPress
Luanda – Alguns observadores eleitorais internacionais já começaram a escrever para Angola, com o objectivo de levar a cabo a sua missão de observação do ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola diz "não" a um regresso a Bissau
Portugal Digital
Segundo o ministro angolano das Relações Exteriores, "o actual governo de transição na Guiné-Bissau não acomoda uma parte importante do PAIGC que é o vencedor das ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Refugiados angolanos regressam ao país
AngolaPress
Brazzaville- Vinte e um refugiados angolanos, constituindo três famílias, deixaram terça-feira à noite Brazzaville, no voo regular das linhas aéreas angolanas, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola: Almirante na reforma questiona legitimidade de José ...
Diário Digital
A legitimidade de José Eduardo dos Santos como Presidente de Angola foi hoje questionada em Luanda por um oficial superior, agora na reforma e candidato ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Saúde da mulher nas prioridades do Executivo angolano
AngolaPress
Luanda – O Executivo angolano, com o objectivo de proporcionar melhor qualidade de vida as mulheres, lança quinta-feira, em Luanda, uma campanha de ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola reencontra Venezuela
Jornal de Angola
As selecções nacionais de Angola e da Venezuela voltam a medir forças 22 anos depois do primeiro desafio da história das suas nações a nível do calendário ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola e Namíbia lançam campanha de combate à pólio
Jornal de Angola
A terceira fase da campanha nacional de vacinação contra a poliomielite, agendada para este ano, decorre de sexta-feira a domingo, em simultâneo com as ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »



Pensar e Falar Angola

Personalidades - Simão Toco



SIMÃO TOCO
Tocoísmo é o nome dado aos seguidores do profeta angolano Simão Gonçalves Toco (1918-1984). Actualmente, estão constituídos eclesiasticamente sob a denominação “Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo”. Trata-se de um dos maiores movimentos cristãos em Angola, contando igualmente com sedes em vários outros países africanos e europeus. Tem a sua catedral no bairro do Golfe, no sudeste de Luanda, Angola. A sua sede espiritual é em Sadi-Zulumongo (NTaia), local de nascimento do profeta.
Histórico
Simão Gonçalves Toco nasceu em 1918 na localidade de Sadi-Zulumongo (Ntaia, Maquela Do Zombo, província do Uíge, Angola), tendo recebido o nome kikongo de Mayamona. Após frequentar o ensino primário na missão baptista de Kibokolo, concluiu os estudos liceais no Liceu Salvador Correia em Luanda. Por esta altura, terá conhecido um acontecimento milagroso que terá despoletado a sua missão religiosa: o encontro com Deus em Catete (Abril de 1935). Depois, regressará ao Uíge para trabalhar nas missões baptistas de Kibokolo e Bembe. Em 1942, decide partir para Leopoldville (Congo Belga) para colaborar com a missão local e dirigir um coro musical com cantores zombos, oriundos da mesma região que ele (Maquela do Zombo). A este coro dará o título de Coro de Kibokolo.
Em 1946, graças ao trabalho que lhe fora reconhecido no âmbito da missão baptista e do coro, foi convidado, junto com outros dois “indígenas” (Gaspar de Almeida e Jessé Chipenda Chiúla) para intervir nos trabalhos da Conferência Missionária Internacional Protestante, realizada de 15 a 21 de Julho de 1946, na localidade de Kaliná em Leopoldville (actual cidade de Kinshasa, capital da República Democrática do Congo). Nesse momento, dirige uma prece onde pede para o Espírito Santo descer em África.
Tal prece é atendida a 25 de Julho de 1949 quando, após um desentendimento com a Missão Baptista de Leopoldville, decide convocar uma vigília de oração na sua residência (rua de Mayenge, nº 159). Naquele momento, segundo contam os presentes, sentiram um vento e começaram a tremer, realizando milagres invocando algumas passagens bíblicas
Este momento é assumido pelo tocoísmo como o momento em que o Espírito Santo desceu em África e a igreja cristã foi “relembrada”, de forma a retomar o caminho da igreja original do tempo dos Apóstolos. É portanto a data fundacional do movimento tocoísta.
Após estes acontecimentos, Simão Gonçalves Toco e muitos dos seus seguidores foram presos pelas autoridades belgas, sob a acusação de alterar a ordem pública. Em Janeiro de 1950, são deportados do Congo Belga e entregues, no posto fronteiriço de Nóqui (província do Zaire), às autoridades portuguesas. Estas procuram dar por terminado o movimento daquilo que consideravam ser uma “seita perigosa”,dividindo o grupo em pequenos grupos que serão dispersos, no âmbito da política de povoamento colonial vigente à época, em distintos colonatos e campos de trabalho forçado por toda a colónia. O líder é enviado numa primeira instância pelo Vale do Loge e, após passagens por Luanda, Caconda e Jáu, é enviado para a Baía dos Tigres, na província de Moçâmedes (hoje Namibe). Pouco tempo depois, é enviado para trabalhar como assistente num farol em Ponta Albina, na mesma região.
Em 1961, quando tem início as campanhas de libertação de Angola no norte do país, as autoridades portuguesas, conhecedoras da capacidade de mobilização do profeta, ordenam a sua ida para o Uíge e a região fronteiriça com o Congo para chamar as pessoas que tinham fugido para as matas na sequência das acções militares. Simão Toco consegue mobilizar milhares de conterrâneos, mas a desconfiança das autoridades portuguesas relativamente às suas intenções faz com que se decidam por enviá-lo para um segundo período de exílio.Desta vez, é enviado para a ilha portuguesa de São Miguel, nos Açores, onde trabalhará como assistente de faroleiro na localidade de Ginetes.
A sua permanência neste país demorará 11 anos. No entanto, não esmorecerá o seguimento da sua missão. Ao longo deste período, o dirigente intercambiará milhares de cartas com os seus seguidores em Angola, com quem construirá um movimento de carácter nacional. Em 1974, na véspera da saída de Portugal do território angolano, Toco é finalmente autorizado a regressar ao seu país, o que acontece a 31 de Agosto desse ano. Recebido pelo então governador em transição, o Almirante Rosa Coutinho, Simão Gonçalves Toco vê finalmente reconhecida a liberdade de expressão e de culto do seu movimento.
Com o advir da independência, antevendo as dificuldades de entendimento entre as três principais organizações participantes no movimento de libertação de Angola (FNLA, MPLA, UNITA), Simão Toco decide abrir uma campanha de conversações entre os seus líderes (Holden Roberto, Agostinho Neto, Jonas Savimbi) para encontrar um caminho pacífico para o país. No entanto, esta iniciativa não foi bem sucedida e Angola entra em guerra civil.
Em 1984, tem lugar o desaparecimento físico de Simão Gonçalves Toco. 



Pensar e Falar Angola

Miguel Zenón QUARTET | 20 e 21 de Julho de 2012 | Hotel Trópico - Luanda

miguel zenon jj belo

Miguel Zenón QUARTET | 20 e 21 de Julho de 2012 | Hotel Trópico - Luanda

terça-feira, 26 de junho de 2012

David Zé

Capas de singles angolanos

4162_88177087717_525437717_2539830_2093053_n David Zé

Notícias no Google sobre Angola



Ex-militares prometem mais manifestações em Angola

TVI24
Carta enviada ao presidente José Eduardo dos Santos.
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Responsável da SADC destaca reconstrução de Angola
AngolaPress
Luanda - O director de Infra-estruturas e Serviços da SADC, Remmy Makumbe, elogiou hoje, em Luanda, os esforços empreendidos pelo Governo angolano na ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
CPLP: ONG's de Angola, Moçambique e Timor contra adesão da ...
Sol
Organizações não governamentais para o desenvolvimento (ONGD) de Angola, Moçambique e Timor-Leste aderiram hoje ao movimento da sociedade civil ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola: Ex-militares prometem mais manifestações
Visão
Luanda, 26 jun (Lusa) - Os ex-militares angolanos que este mês protagonizaram manifestações não autorizadas em Luanda, ameaçam repeti-las, se não forem ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola está em condições de realizar eleições livres
AngolaPress
Luanda – A República de Angola está em condições de realizar eleições livres, justas e transparentes, graças ao alcance da paz definitiva, bem como o ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »

AngolaPress
Instituto angolano diz que observadores internacionais às eleições ...
África 21 Digital
A directora do NDI disse ainda que o interesse e a contribuição das organizações não governamentais é importante para a criação de maior confiança no ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Banco Nacional de Angola decide manter taxa básica de juros em ...
África 21 Digital
O Banco Nacional de Angola (BNA) decidiu manter a taxa básica de juros em 10 porcento ao ano, bem como as taxas de juros das facilidades permanentes de ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Abertas inscrições para Miss Angola em França
AngolaPress
Luanda - O comité organizador do Miss Angola em França tem já abertas as inscrições para a eleição da jovem a participar no Miss Angola 2013, segundo ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Somague reforça obras em Angola
Jornal de Negócios - Portugal
Construtora está a participar nas obras do aeroporto de Catumbela e de Luanda. Carteira em Angola ascende a 400 milhões de dólares (319,6 milhões de ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »

Jornal de Negócios - Portugal
Nova família de notas entra em vigor no príncipio de 2013
Sol
Uma nova família de notas e moedas metálicas do Kwanza, denominadas série de 2012, entra vigor no príncipio do ano de 2013, após aprovação esta ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »



Pensar e Falar Angola

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Hino do MPLA | Versão antiga

Nesta época pré eleitoral, na qual as bases da democracia em Angola se vão edificando com a regularidade dos pleitos eleitorais, achamos pertinente, - e já que se aproxima a data das terceiras eleições gerais angolanas que terão lugar a 31 de Agosto de 2012 -, que se conheça o hino musical de cada um dos partidos e coligações que se apresentam ao critério dos angolanos.

Publicamos inicialmente aqui o hino instrumental do partido M.P.L.A por ter sido o único, por enquanto, que encontrámos em mp3 nas nossas pesquisas fora da Internet.

Solicitamos a colaboração preciosa dos nossos estimados leitores nesta pesquisa pelos hinos musicais dos diversos partidos angolanos. Envie-nos quaisquer informações para: pensarangola@gmail.com

mplaCrêmos ser esta a primeira vez que esta interpretação musical do hino do M.P.L.A. esteja disponível na plataforma digital mundial.

Hino do MPLA | Versão antiga

Desconheço os executantes, o local, as técnicas usadas na captação de som e as circunstâncias em que decorreu esta gravação.

Quaisquer esclarecimentos e achegas serão bem-vindas. Obrigado

 

Nesta pesquisa pela inserção na plataforma digital mundial do acervo sonoro histórico angolano inserimos também uma segunda versão do hino do MPLA que parece ser mais recente.

Desconhecendo também aqui todas as circunstâncias da sua realização, resta-me especular que sejam acervos originários, eventualmente, dos arquivos dos dois orgão públicos estatais que precisam de som: a TPA (Televisão Pública de Angola) e a RNA (Rádio Nacional de Angola).

 

Artur Nunes

Capas de singles angolanos

 Artur_Nunes_mena Artur Nunes

Monumento em homenagem ao soldado desconhecido

23 Setembro de 2017 | 12h00 - Política Luanda - Um monumento em homenagem ao soldado desconhecido, erguido na zona baixa da cidade de L...