sábado, 31 de dezembro de 2011

Notícias no Google sobre Angola

 
«Angola precisa mais de mim do que Portugal»
Sapo Desporto
Angola está agora 'nas suas mãos' eo SAPO Desporto aproveitou a estagio da equipa africana em Leiria para falar com o ex-internacional português. Assume que a atenção despendida ao andebol de clubes em Portugal «é muito pouca», mas tem mantido contacto ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Carlos Gomes Júnior defende presença angolana na Guiné-Bissau
África 21 Digital
Bissau - O primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Carlos Gomes Júnior, negou ter-se refugiado na embaixada angolana, na sequência da alegada tentativa de golpe de Estado desta semana, informa a rádio VoA (Voz da América). Carlos Gomes Júnior disse que ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Autor angolano na "Antologia Lusófona"
Jornal de Angola
Cinco textos do poeta angolano António Gonçalves foram seleccionado para a IV edição do projecto “Antologia de Poetas Lusófonos”, na qual o autor faz a sua estreia, depois de uma década virado para o mercado latino-americano, informou ontem a Angop. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Conselho de Ministros aprovou vários projectos políticos e ...
AngolaPress
No que concerne ao sector da saúde, o Conselho de Ministros apreciou um Decreto Presidencial que aprova um acordo de financiamento entre o Governo de Angola, representado pelo Ministério da Saúde ea Associação Internacional de Desenvolvimento. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Miró o artista que cantou a nova Angola
Jornal de Angola
Depois de aprender a tocar viola, a ânsia por uma Angola livre, inspirou o jovem a criar uma música que retratasse a independência ea liberdade dos angolanos. E com 14 anos, Miró fez a composição da letra da canção “A independência está chegando ea ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
BFA inaugura agência e centro de empresas
Sol
O Banco de Fomento Angola (BFA) abriu hoje uma agência e um centro de empresas na zona de Talatona, sul de Luanda, para reforçar e consolidar a sua estrutura comercial, segundo a nota de imprensa a que Angop teve acesso. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angop vai se transformar em “verdadeira” Agência multimédia
Sol
A Agência Angola Press (Angop), tem como desafio para o ano 2012, a transformação da empresa numa “verdadeira” Agência Multimédia e vai operar em cinco plataformas de comunicação, sendo texto, foto, áudio, vídeo e infografia. Informou o seu presidente ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Entrada da China na EDP abre perspectivas para investimentos em ...
África 21 Digital
Lisboa - A entrada da empresa China Three Gorges na portuguesa EDP abre perspectivas para o financiamento de novos projectos energéticos nos Países Africanos de Língua Portuguesa (PALOP), incluindo Moçambique e Angola, segundo a AIM. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
SME repatria 114 estrangeiros em 2011
Sol
Do repatriamento organizado pelo Governo angolano, regressaram ao país em 2011, 274angolanos que viviam como refugiados na RDC e outros 167 voltaram por iniciativa própria. A província do Moxico partilha uma fronteira de 330 quilómetros com a RDC e 747 ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »



Pensar e Falar Angola

Sábado Musical





201 - Ágora - Penso, Logo Resisto







No mais, Musa, no mais, que a lira tenho
destemperada e a voz enrouquecida,
e não do canto, mas de ver que venho
cantar a gente surda e endurecida.
O favor com que mais se acende o engenho
não no dá a pátria, não, que está metida
no gosto da cobiça e na rudeza
duma austera, apagada e vil tristeza

Luis de Camões (Lusíadas, estrofe 145, Canto X)

Tinha dezanove anos quando assisti a um dos melhores dias da minha vida: O 11 de Novembro de 1975. Tenho cinquenta e cinco e hoje assisto a um dos melhores dias da minha vida, o 11 de Novembro de 2011. 
Todos os 11 de Novembro são dias de grande festa e enorme exaltação, nem tanto de patriotismo bacoco, mas acima de tudo de enorme partilha de responsabilidade de ter visto nascer este País, vê-lo começar a andar titubeantemente orgulhoso, passar uma infância mal vivida, uma puberdade algo desorientada, uma juventude de busca identitária e uma idade adulta envolta numa afirmação que só tardiamente encontrou.
A fortaleza de S. Miguel transformou-se há uns anos numa sucata de estátuas. Inicialmente colocaram por lá as estátuas que os colonos polvilharam pela cidade de Luanda, e tipo Lego,algumas partes das que desconseguiram trazer inteiras como por exemplo a de Paulo Dias de Novais, fundador da cidade em 1576, que está em 3DS, pois foi transportada em três fases do local onde estava, em frente à Igreja do Cabo. A estátua de Camões, com um estilo de certa forma travestido, devia ser devolvida à cidade e colocada num qualquer lugar, pois é um poeta importante numa lusofonia onde estamos integrados, mas que alguns não gostem muito que se diga em voz alta. Salvador Correia, Vasco da Gama, Diogo Cão e Afonso Henriques provavelmente vão para um museu porque de facto pouco tem a ver com a nova realidade do País. No caso do Afonso Henriques não deixa de ser paradoxal ter sido uma estátua erigida na cidade, iniciativa de uma subscrição pública promovida por uma direcção eleita da Liga Nacional Africana. Com a certeza que me estou a repetir, acho que a estátua de Pedro Alexandrino da Cunha devia voltar para a peanha em frente aos CTT, já que foi encomendada pelas forças vivas de Luanda em homenagem a um homem que lançou as bases para regulamentar várias actividades da cidade em meados do século XIX, para além de ter lançado melhoramentos que foram indispensáveis para a sua vivibilidade. Para completar colocaram recentemente a estátua da Rainha Ginga, que pelo menos livrou-se do pedestal desarmonioso onde a puseram no largo sobranceiro ao mais emblemático edifício de Angola, hoje desaparecido, o mercado do Kinaxixe, projecto de Vieira da Costa.
O engraçado da colocação aleatória das estátuas no estatuódromo, foi o Afonso Henriques ficar ao lado da rainha Ginga e olha-a de certa forma embasbacado, enquanto o Salvador Correia fá-lo de forma desconfiada. O Diogo Cão e o outro que o segura, que nunca soube quem era, continuam de costas para o cenário situação a que já estão habituados pois estão assim há trinta e cinco, numa posição que dá ideia que pouco se importam com o que quer que seja, e com o muito que se vai passando na cidade.
Este 11 de Novembro é a cada ano que passa uma data que nos fez sentir úteis, porque de certa forma andámos com este País ao colo, e sentimo-nos uma parte dele, e por isso tantas vezes nos chateamos e discutimos tanto por sua causa, pois gostamo-lo muito.
Se algumas vezes parece que estamos próximos da estrofe dos Lusíadas que abre o texto, logo sobrevêm a outra alegria, a de partilharmos os “11 poemas em Novembro”, do Manuel Rui Monteiro, indiscutivelmente o poeta da nossa “dipanda”!
Fernando Pereira
7/11/2011



Pensar e Falar Angola

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

PAULO PORTA


Pensar e Falar Angola

Notícias no Google sobre Angola


Papel de Angola vai ser reforçado

Jornal de Angola
Angola vai continuar a desenvolver, no próximo ano, acções que conduzam ao crescimento do seu protagonismo nas organizações internacionais, afirmou ontem, em Luanda, o ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti. O país é membro da Comunidade de ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Africanos dominaram visitas de Chefes de Estados a Angola
AngolaPress
Luanda - A República de Angola registou, durante o ano 2011, visitas de 14 Chefes de Estados e de dez Primeiro Ministros e Vice Primeiro Ministros de diferentes países e continentes. Dos Chefes de Estados, 12 são africanos, um Sul-americano e um ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola é força "estabilizadora" na Guiné-Bissau - analista
AngoNotícias
A missão militar de Angola na Guiné- Bissau tem um papel "estabilizador" no processo de reformas das forças armadas guineenses, disse à Voz da América o analista Xavier Figueiredo. Xavier Figueiredo disse que para além de Bubo Na Tchuto ser uma figura ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »

AngoNotícias
Angola: União Africana nomeia relator especial para analisar ...
SIC Notícias
Joanesburgo, 30 dez (Lusa) - A União Africana (UA) nomeou um relator especial para analisar as queixas dos independentistas de Cabinda contra o governo de Angola, informa hoje a agência noticiosa IRIN. A agência, tutelada pelo Gabinete da ONU para ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Presidente do BES Angola não é alvo de processo no país
Sol
O Procurador-Geral da República angolano disse quinta-feira em Luanda que o presidente do Banco Espírito Santo Angola (BESA), Álvaro Sobrinho, constituído arguido em Portugal, não é alvo de qualquer processo em Angola. «Existe um expediente processual ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Ministro do Interior inaugura posto de atendimento polivalente do SME
AngolaPress
Luanda - O ministro do Interior, Sebastião Martins, procedeu hoje, em Luanda, à inauguração de um posto de atendimento polivalente do Serviço de Migração e Estrangeiros (SME), para atender a empresa petrolífera Total Angola e seus parceiros, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »

AngolaPress
Crédito Agrícola de Campanha em Angola atinge mais de 67 milhões ...
macauhub
Luanda, Angola, 30 Dez – O Crédito Agrícola de Campanha em Angola, coordenado pelo Ministério da Economia, atingiu em finais de Novembro do corrente ano, um volume concedido equivalente a 67,5 milhões de dólares americanos, de acordo com o somatório ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Banco Millennium alcança cobertura integral das 18 províncias do país
AngolaPress
Ndalatando - O Banco Millennium Angola procedeu hoje à abertura do seu primeiro balcão a nível da cidade de Ndalatando, província do Kwanza Norte, completando assim a cobertura integral das 18 captais de províncias do país. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola divulga gestores condenados em 2011
RFI
O Tribunal de Contas angolano publicou, esta quarta-feira, uma relação nominal de gestores públicos condenados em 2011, por apropriação indevida de dinheiro do Estado. Esta listagem era desconhecida até à altura e foi tornada pública pelo próprio...
Veja todos os artigos sobre este tópico »

RFI
Mestre João Pequeno de Pastinha é homenageado em Salvador
odiario.com
Parte da segunda geração de capoeiristas a partir de Mestre Pastinha – maior da história – João Pequeno é considerado o maior da atualidade na modalidade Angola, a qual se dedicou a preservar durante 75 anos até a sua morte no último 9 de dezembro. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »



Pensar e Falar Angola

Bloco Democrático - Comunicado - pedido de publicação

Excelência(s),
saudações democráticas.

Em anexo, remetemos, Comunicado de Imprensa do Bloco Democrático, sobre o VOTO dos cidadãos Angolanos no exterior. Pelo que solicitamos o tratamento jornalístico de vossa parte.

com os nossos respeitos, estima e votos de Boas Festas e Feliz Ano Novo

SNIC - BD

Para informação adicioal, por favor contactar:

 Will Bento Tonet, Secretário Nacional para Informação
Telemóvel: 923654840, wbtonet@gmail.com

Flomeno Vieira Lopes, Secretário Geral
Telemóvel: 923303734, vifilopes@yahoo.com.br

COMUNICADO SOBRE A PROMULGAÇÃO DA LEI SOBRE AS ELEIÇÕES

O Secretariado Nacional do Bloco Democrático tendo apreciado a celeridade inédita com que o Presidente da República resolveu promulgar a Lei de Revisão da Lei Orgânica Sobre as Eleições Gerais, concluiu o seguinte:

i.                 Apesar dos processos eleitorais, de acordo com o prescrito no artigo 107.º da Constituição da República de Angola, serem organizados por órgãos de administração eleitoral independentes, o critério da composição da Comissão Nacional Eleitoral conseguido pelos negociadores da referida Lei é não apenas totalmente partidarizado como mantém a maioria absoluta do Partido da situação (9 elementos em 16).

ii.               O registo eleitoral mantém-se governamentalizado, sob direcção do Ministério da Administração do Território (MAT), e a transferência da custódia e gestão do Ficheiro Informático Central do Registo Eleitoral para a Comissão Nacional Eleitoral até 15 de Maio de 2012, faz antever dificuldades várias à independência, à transparência e à boa gestão do processo eleitoral.

iii.             A Lei de Revisão exige, tal como a Lei n.º 6/05, de 19 de Agosto – Lei Eleitoral -, que as listas dos Partidos Políticos concorrentes às eleições sejam subscritas por aproximadamente 15.000 (quinze mil) cidadãos, não sendo, contudo, a mesma ainda explícita quanto a forma de atenuar a pesada burocracia administrativa reinante a fim de possibilitar a referida subscrição, deixando pairar no ar um ambiente de incertezas, num contexto em que o Partido da situação, sob o olhar cúmplice da cessante CNE, usurpa, temporária mas freneticamente ao povo, cartões de eleitores em todo o espaço nacional.

Pelo exposto, o Secretariado Nacional do BD considera que o povo angolano não deve “embandeirar em arco” com os resultados das negociações entre a Coligação presidencial (o Partido da situação e a Nova Democracia) e os Partidos da Oposição Parlamentar (Unita, Prs e Fnla), mas sim, deve preparar-se para enveredar por uma luta árdua e sacrificada para conseguir que as eleições de 2012 sejam pacíficas, transparentes, credíveis e justas.

Neste contexto, o Secretariado Nacional do BD decidiu:

1.     Exigir à Assembleia Nacional que assegure um critério mais credível de composição da CNEI integrado por personalidades reconhecidas que pensem por si, sejam independentes e patriotas com capacidade de isenção e imparcialidade;

2.     Exigir à CNE cessante que, pelo facto do sistema eleitoral Angolano não assegurar a universalidade do voto a todos os cidadãos angolanos, restringindo o

seu exercício aos cidadãos nacionais residentes no território e aos cidadãos angolanos residentes no estrangeiro por razões de serviço estudo, doenças e similares, ordene a que o MAT abra os postos de registo nos dias 27, 28, 29, 30 e 31 de Dezembro a fim de possibilitar que todos os angolanos residentes no exterior, em férias em Angola, possam registar-se ou actualizar o seu registo.

3.     Conclamar os partidos da oposição parlamentar para, com coragem patriótica abdicar de seleccionar para a CNE funcionários ou membros seus que não assegurem a imparcialidade do processo;

4.     Conclamar as forças vivas do país e da oposição com projecto político democrático, a realizar uma Conferencia sobre a Lei de Revisão da Lei Orgânica Sobre As Eleições Gerais para que se estudem formas de articulação para minimizar a previsível falta de transparência do processo e influencia-lo o mais possível para que as eleições correspondam efectivamente a vontade do povo angolano em paz com verdade;

5.     Conclamar as comunidades no Exterior a manterem a luta pelo direito de participar no processo político angolano, votando nas eleições de 2012.

Luanda, 26 de Dezembro de 2011

O SECRETÁRIOP-GERAL
Filomeno Vieira Lopes




Pensar e Falar Angola

FIM DE ANO


Casimiro Pedro, in Jornal de Angola

Pensar e Falar Angola

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Notícias no Google sobre Angola

Banco Millennium Angola cria 800 postos de trabalho em todo país


AngolaPress

Ndalatando – Com a abertura da agência de Ndalatando, o Banco Millennium Angola conta agora com 800 trabalhadores, na sua maioria jovens, fruto da implantação de 61 agências bancárias a nível das 18 províncias do país, anunciou quarta-feira o ...

Veja todos os artigos sobre este tópico »

Angola projeta aumento de influência diplomática em 2012

Prensa Latina

29 de diciembre de 2011, 08:26Luanda, 29 dez (Prensa Latina) Angola manterá em 2012 sua política de boa vizinhança e prosseguirá em seu empenho de estabelecer relações diplomáticas com o maior número possível de estados, reafirmaram hoje fontes ...

Veja todos os artigos sobre este tópico »

Bomba em Angola: FIFA retira insígnias a árbitro Hélder Martins

A Bola

A FIFA decidiu retirar ao angolano Hélder Martins as insígnias de árbitro internacional, uma notícia que caiu que nem uma bomba em Angola. A Federação diz desconhecer ainda os motivos para tal afastamento e garante já ter pedido esclarecimentos, ...

Veja todos os artigos sobre este tópico »

A Bola



António Esperança lidera angolanos no quadro da São Silvestre

AngolaPress

Luanda - O atleta António Esperança, com quatro conquistas, continua a ser o melhor angolano no quadro de honra da corrida pedestre de fim de ano São Silvestre de Luanda, que sábado fará disputar a 56ª edição. O fundista angolano venceu ...

Veja todos os artigos sobre este tópico »

Portugal vence Angola em jogo particular

Sapo Desporto

A seleção sénior de andebol de Portugal venceu hoje Angola por 26-18, em jogo particular disputado em Leiria, que serviu para as duas equipas prepararem os próximos compromissos internacionais. Os jogadores portugueses, que preparam os jogos do Grupo 2 ...

Veja todos os artigos sobre este tópico »

Portugal vence Angola (26-18)

Record

A Seleção Nacional de andebol derrotou, esta quarta-feira, Angola por 26-18, num encontro que visou preparar a fase de qualificação para o Mundial'2013 e que decorreu em Leiria. A formação orientada por Mats Olsson, que amanhã encerra a primeira parte ...

Veja todos os artigos sobre este tópico »

Record



Postos policiais em Angola são ratoeiras para extorquir dinheiro

Zwela Angola Noticias

Namibe e Huambo, são as únicas províncias na região sul e centro de Angola onde não se faz sentir queixas de extorsão policial nas estradas, enquanto na Huíla, Cunene, Benguela e Kuanza sul, «pente a todo terreno», segundo os visados. ...

Veja todos os artigos sobre este tópico »

O CAN da desilusão

O País - o Jornal da Nova Angola

A prestação dos Palancas Negras, no Ghana em 2008, suscitou um grande sonho para o CAN de Angola, em 2010. Nunca a equipa nacional havia conseguido chegar aos quartos-definal, tão pouco exibir-se como fez discutindo palmo a palmo a vaga para as ...

Veja todos os artigos sobre este tópico »

O País - o Jornal da Nova Angola





Pensar e Falar Angola

FOLGAS


Casimiro Pedro, in Jornal de Angola

Pensar e Falar Angola

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

PRESIDENTE DA REPUBLICA: MENSAGEM DE ANO NOVO.

PRESIDENTE DA REPUBLICA: MENSAGEM DE ANO NOVO.

Luanda - Quarta-feira, 28 de Dezembro de 2011 

28-12-2011 20:14

Mensagem
Íntegra do discurso presidencial de fim de ano 

MENSAGEM DE ANO NOVO DE SUA EXCELÊNCIA JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS, PRESIDENTE DA REPÚBLICA DE ANGOLA
Luanda, 28 de Dezembro de 2011
CAROS COMPATRIOTAS,
Mais um ano chega ao fim e, de acordo com a tradição, este constitui um momento para partilhar com todos vós algumas reflexões sobre os problemas mais urgentes que ainda nos afligem e para deixar também aqui uma mensagem de esperança e de confiança.

Nós acreditamos num futuro melhor e na capacidade do nosso povo de vencer todas as dificuldades, mesmo os problemas mais complexos e difíceis. A nossa história assim nos ensina. 

Por mérito próprio conseguimos alcançar tudo aquilo que queríamos. Com determinação, coragem, firmeza e grande vontade de vencer conquistamos a Independência, e mais tarde a Paz, construímos o nosso Estado e estamos a desenvolver o País em democracia.
Todos os Angolanos contribuíram para que chegássemos onde estamos. É legítimo, no entanto, que queiramos mais. Não podemos baixar os braços, porque ainda não realizamos o nosso sonho de construir uma Angola para todos onde cada família se sinta realizada, possuindo o necessário para ter uma vida condigna.

Permanecem por realizar alguns dos nossos objectivos essenciais, tais como erradicar a fome, a pobreza e o analfabetismo; as injustiças sociais, a intolerância, os preconceitos de natureza racial, regional e tribal, etc.

Apesar dos resultados positivos que atingimos, ainda há e haverá sempre, como é natural, por causa da evolução e do crescimento, aspectos e problemas a requererem mais atenção e resolução prioritária nos domínios da educação, saúde, habitação, emprego e do fornecimento de água e energia.
O Estado, a Sociedade Civil e o sector privado devem continuar a conjugar e a aumentar os seus esforços com o objectivo de:

- Corrigir o que está mal;

- Melhorar o que está bem;

- Criar coisas novas onde for necessário para aumentar a nossa capacidade de resposta e satisfazer as necessidades da sociedade.

O caminho do desenvolvimento e do progresso faz-se com o trabalho de cada cidadão e exige de cada empresa pública ou privada e de cada instituição pública, uma disciplina determinada, uma orientação clara e condução responsável.

Requer ainda a unidade da Nação, a coesão social, estabilidade política e respeito pelos direitos, liberdades e garantias dos cidadãos, bem como o respeito pelas instituições democráticas.

Por essa razão, temos de continuar a criar condições para que nenhum cidadão nacional se sinta excluído do processo de crescimento do País ou discriminado por factores de ordem subjectiva.

A concretização desta intenção de inclusão social passa pela adopção de políticas públicas que acelerem a absorção dos agentes económicos do sector informal pela economia formal e pela desconcentração da actividade administrativa, económica, produtiva, social e cultural da capital do País e das sedes de Província para os Municípios, Comunas, Aldeias e Povoações por forma a canalizarmos para aí mais recursos técnicos, financeiros materiais e humanos, através da administração pública e das empresas e combater as assimetrias regionais.

Assim criaremos, paulatinamente, condições e oportunidades para que todos beneficiem do clima de paz e dos frutos da Reconstrução Nacional e do desenvolvimento do País.

Esta tendência vai ser acentuada a partir de 2012, por força de uma melhor coordenação da implementação da Lei das Micro, Pequenas e Médias Empresas, do Programa Nacional de Reabilitação das Vias Secundárias e Terciárias, do Programa Água para Todos, do Programa da Municipalização dos Cuidados de Saúde, do Programa do Desenvolvimento e Comércio Rural e do Programa de Habitação Social.

A referida Lei deve ser aplicada de modo criativo para que beneficiem também pequenos empreendedores tais como, as mulheres que se dedicam ao comércio ambulante, os criadores de cultura como os músicos, as produtoras, as associações de dança e de teatro, produtores de artesanato, artistas plásticos, etc.

Reconheço como natural a expectativa e a vontade de ver resolvidos rapidamente todos os problemas. Mas, temos contra nós o tempo.

Tudo requer tempo para ser feito!

Em 2012 vão cumprir-se apenas dez anos de paz e o caminho percorrido, desde então, permite-nos concluir que se fez tudo o que esteve ao nosso alcance para chegarmos onde estamos.

O que a Nação fez é positivo e dá-nos a esperança de que podemos fazer melhor agora e atingir as metas que estamos a preconizar a médio prazo e garantir uma vida melhor para todos.


CAROS COMPATRIOTAS

O mundo está em constante transformação e é compreensível o desejo de todos aspirarmos a uma mudança para melhor nas nossas vidas.

Esse é um sentimento normal no ser humano e que o faz avançar sem parar para conquistar cada vez mais progresso e bem-estar.

A nossa história recente ensinou-nos, no entanto, que o processo de mudança pode ser brusco e radical ou evolutivo e suave, por fases.

Os processos radicais provocam rupturas e grande desorientação inicial com consequências sociais graves.

As mudanças que decorrem através de processos democráticos e pela via do diálogo, da compreensão mútua, da convivência pacífica e do estrito cumprimento da legalidade, garantem estabilidade social e política.

No ano que dentro de dias começa, vamos realizar pela terceira vez eleições para a escolha dos nossos Deputados à Assembleia Nacional e do Presidente da República, Titular do Poder Executivo.

Estão a ser criados os mecanismos legais para que essas eleições sejam bem organizadas, transparentes e justas.

Cabe a todos, aos cidadãos eleitores em particular, a grande responsabilidade de fazerem a escolha certa para que seja garantida a continuidade da construção de uma Angola de paz, de democracia e de desenvolvimento.

Alguns Partidos Políticos já anunciaram o candidato à Presidente da República que vão apoiar nas próximas eleições. Outros vão pronunciar-se brevemente, como é natural.

Ainda temos oito meses pela frente o que importa é que cada um, no seio da sua família, encontre nesta Quadra Festiva o amor e a energia necessários para seguirmos em frente, num espírito de unidade e de solidariedade social, defendendo os superiores interesses da Pátria angolana.

Eu desejo a todos

FESTAS FELIZES E
UM PRÓSPERO ANO NOVO!




Pensar e Falar Angola

Notícias no Google sobre Angola


Gestão fiscal angolana regista resultado positivo

AngolaPress
Luanda – O ministro das Finanças, Carlos Alberto Lopes, considerou hoje, em Luanda, que a gestão fiscal em Angola tem estado a registar resultados positivos, devido às boas políticas económicas implementadas pelo Executivo angolano...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Angola: Dezoito anos de cadeia para homicidas de cidadão português ...
SIC Notícias
Luanda, 28 dez (Lusa) - Dois cidadãos angolanos foram hoje condenados a 18 anos de cadeia pela morte de um cidadão português, em maio passado, na Namíbia, noticiou a agência Angop. Segundo a agência noticiosa angolana, a pena foi aplicada pelo Tribunal ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Ministra da comunicação Social aconselha os angolanos a utilizarem ...
Rádio Nacional de Angola
A Ministra da comunicação social, aconselhou Terça-feira, 27/12, os angolanos a utilizarem a TPA, como um instrumento importante para o reforço da unidade nacional. Carolina Cerqueira disse que a TPA leva ao mundo ea África, o orgulho dos frutos da paz ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »

Rádio Nacional de Angola
Angola: Passaporte electrónico chega em 2012
Jornal Digital
Luanda – O passaporte electrónico vai começar a ser emitido em 2012, pelo Serviço de Migração e Fronteiras de Angola. De acordo com as declarações do Director do Serviço de Migração e Fronteiras de Angola, Freitas Neto, à Rádio Nacional, o passaporte ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Governante destaca acções dos órgãos de Comunicação Social ...
AngolaPress
Luanda – A Agência Angola Press (Angop EP) divulgou durante o ano de 2011 mais de 110 mil notícias, entre nacionais e internacionais nos quatro idiomas de serviço que utiliza, o português, espanhol, Inglês e francês, revelou hoje, quarta-feira, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Projecto Saúde Angola Prevenção
Rádio Nacional de Angola
Um grupo de profissionais da saúde e jovens estudantes de Medicina no Brasil, esta em Angola para prestar serviços de saúde a população num projecto denominado Saúde Prevenção Angola. O projecto existe há 5 meses, e conta com o apoio do gabinete ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »

Rádio Nacional de Angola
Refriango, de Angola, prevê aumentar em 40 por cento as vendas em 2012
macauhub
Luanda, Angola, 28 Dez – A Empresa Nacional de Bebidas, Refriango anunciou que termina o ano de 2011 com uma produção de dois milhões de litros de bebidas e vendas a crescerem 20 por cento em relação a 2010. Segundo o semanário angolano Expansão a ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Produção de café robusta em Angola cresce 42,8 por cento em 2011
macauhub
Luanda, Angola, 28 Dez – Angola produziu 50.000 sacas de café robusta na colheita de café de 2011 representando 3.000 toneladas de café, segundo a Organização Internacional de Café citada pelo semanário Expansão. O jornal assinala que a produção de ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »
Missão do FMI visita Angola em Janeiro para avaliar utilização do ...
macauhub
Luanda, Angola, 28 Dez – Uma missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) visita Luanda, em Janeiro próximo, para a sexta e última avaliação da utilização do acordo “stand-by” por parte do governo de Angola. O FMI concedeu em 2009 um empréstimo de 1,4 ...
Veja todos os artigos sobre este tópico »




Pensar e Falar Angola

Monumento em homenagem ao soldado desconhecido

23 Setembro de 2017 | 12h00 - Política Luanda - Um monumento em homenagem ao soldado desconhecido, erguido na zona baixa da cidade de L...