A Efeméride Nacional

11 DE NOVEMBRO DE 1975

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

20 anos da Companhia de Dança Contemporânea de Angola

A Companhia de Dança Contemporânea de Angola comemorou a 27 de Dezembro 20 anos de existência. Fundada no ano de 1991, na sequência do encerramento da Escola de Dança da qual seleccionou os melhores alunos, esta companhia estreou-se, no palco do Teatro Avenida com a obra "A propósito de Lweji".

FOTO: Rui Tavares


A CDC ANGOLA
Pioneira da dança contemporânea em Angola onde é a única com estatuto profissional, a Companhia de Dança Contemporânea de Angola fundada em 1991 pela coreógrafa angolana Ana Clara Guerra Marques, marca a ruptura estética e formal da dança neste país africano, ao propor a abertura para novos conceitos de espectáculo num terreno conservador quase exclusivamente marcado pelas danças patrimoniais e recreativas urbanas.  utilização de espaços cénicos não convencionais, bem como a iniciação do público angolano ao Teatro-Dança, entre outras sugestões para a diversificação e renovação das linguagens da dança em Angola, não tem sido tarefa fácil, apesar das suas novas propostas estéticas despertarem cada vez mais a curiosidade e o interesse do público. Há também a destacar o trabalho realizado em colaboração com importantes nomes da literatura (Manuel Rui, Carlos Ferreira, Pepetela, F. Ningi), das artes plásticas (António Ole, Jorge Gumbe, Mário Tendinha, Masongi Afonso) e do audiovisual angolano (Geração 80, Rui Tavares), bem como o trabalho experimental resultante da investigação e da reflexão sobre a estatuária e as danças tradicionais e populares de algumas regiões de Angola. Acrítica social é uma das opções desta companhia que tem partilhado o seu trabalho com os países africanos, europeus e asiáticos que já visitou. Depois de uma longa interrupção, a CDC reaparece, em 2008, com um novo elenco de bailarinos por si formados e a trabalhar em regime de exclusividade. A Dança Inclusiva, pela integração de elementos portadores de deficiências físicas, foi o mais recente desafio da Companhia de Dança Contemporânea de Angola que se vem impondo pelo investimento intelectual, pela originalidade das suas criações e pela qualidade técnica e artística com que vai conquistando o reconhecimento da sociedade.

COMPANHIA DE DANÇA CONTEMPORÂNEA DE ANGOLA

Directora Artística: Ana Clara Guerra Marques

Assistente de Direcção e Ensaiador: Nuno Guimarães
Bailarinos:
Adilson Valente
André Baptista
António Sande
Armando Mavo
Benjamim Curti
Daniel Curti
Samuel Curti

Percussionista: Samuel Curti
Produtor Executivo: Jorge António

Gabinete de Divulgação e Imagem: Rui Tavares


Pensar e Falar Angola
Enviar um comentário