A Efeméride Nacional

11 DE NOVEMBRO DE 1975

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

O futebol da Unidade Nacional

O futebol da Unidade Nacional

Leonel Libória - Jornal dos Desportos

o Girabola, designação que o malogrado nacionalista e radialista, Rui de Carvalho,
Fotografia: Jornal dos Desportos






Escrever sobre as 32 edições que leva disputadas no período pós–Independência Nacional, o Girabola, designação que o malogrado nacionalista e radialista, Rui de Carvalho, ao invés do que se tem ouvido e lido, atribuiu em 1972, ao acabado de surgir Campeonato Estadual da 1ª divisão ultramarina de Angola, remete-nos de forma obrigatória à primeira metade da década de 1970, época em que o desporto rei na ex- província de Angola atingiu o “pico”. Nessa altura, em que se registou a transferência de uma quantidade assinalável de angolanos para Portugal, algumas equipas do “provincial”, batiam-se em pé de igualdade com algumas equipas “do outro lado”. 

Referimo-nos fundamentalmente ao Independente de Porto Alexandre (actualmente Tômbwua), Futebol Clube do Moxico e ASA, que muitas vezes colocaram em “sentido” equipas como a Académica de Coimbra, Olhanense e Barreirense, entre outras.Transporta-nos, de igual modo, aos meses que antecederam o 11 de Novembro de 1975, pelo facto de todo o aparelho organizativo do futebol ter sido “desbaratado”, em consequência da guerra. É também justo fazer referência ao período que se viveu desde o dia em que os angolanos conquistaram a sua soberania nacional até 1979, ano em que, a 8 de Dezembro, surgiu o primeiro Campeonato Nacional da 1ª divisão.


Naquele período há a assinalar alguns torneios, como os organizados pela “Jota”, organização juvenil do MPLA, “Experimental” e “Agricultura”. O primeiro campeonato disputado à dimensão nacional surgiu depois de um despacho exarado pelo então Director Geral da Educação Física e Desportos, Hermenegildo Vieira Dias de Sousa, em que as 16 províncias que na época constituíam a República Popular de Angola se fizeram representar por 24 equipas, divididas por quatro séries, cada uma formada por seis formações. O 1º de Agosto, com pouco mais de 18 meses de existência – foi fundado em 1977 – sagrou-se vencedor, depois de na final ter derrotado (2-1) o Nacional de Benguela.


Construtores do Uíge, Futebol Clube do Uíge, 1º de Agosto, Futebol Clube de Cabinda, Luta Sport Clube de Cabinda e Futebol Clube de MBanza Congo, na série A, Palancas do Huambo, Académica do Lobito, Vitória Sport Clube do Bié, Santa Rita de Moçâmedes, Juventude do Kunje (Bié) e 14 de Abril (Moxico), na série B; Makotas de Malange, Ferroviário da Huíla, Sport Lubango e Benfica, Nacional de Benguela, Diabos Negros do Kwanza-Norte e Futebol Clube Sassamba da Lunda (C); Sporting de Luanda, Desportivo da TAAG, Desportivo de Xangongo (Cunene), Estrela Vermelha do Huambo (Mambroa), Ginásio do Kuando-Kubango e Naval de Porto Amboim (D), algumas já extintas, foram as formações que tiveram o privilégio de ter inaugurado a primeira edição do principal campeonato de futebol da Angola independente.


A mesma evidenciou os sentimentos da unidade nacional, uma vez que estiveram representadas formações das 16 províncias que na altura constituíam o território da República Popular de Angola.Esta prova, que serviu de antecâmara para o figurino que foi adoptado e continua a servir de modelo (actualmente com 16 equipas), apurou as 14 equipas melhores classificadas, que deram origem à 1ª divisão nacional. O Sagrada Esperança da Lunda-Norte, em função da divisão administrativa naquele ano (1980), a que esteve sujeita a então província da Lunda, integrou o lote das equipas que formaram a 1ª divisão nacional, conjuntamente com o 1º de Agosto, Nacional de Benguela, Desportivo da TAAG, Palancas do Huambo, Estrela Vermelha do Huambo, Futebol Clube do Uíge, Construtores do Uíge, Académica do Lobito, Benfica do Lubango, Ferroviário da Huíla, Sporting de Luanda, Santa Rita de Moçâmedes e Sassamba da Lunda-Sul. O Bengo ainda não existia como província.


Convém referir que, como forma de conferir maior identidade e aproximação à toponímia angolana da época, a então Secretaria de Estado de Educação Física e Desportos, entidade governamental que substituiu a Direcção Geral de Educação Física e Desportos, orientou a eliminação de qualquer vínculo nominal com o passado colonial. É assim que, por exemplo, o Sporting de Luanda adoptou primeiro a designação de Diabos Negros, e depois Leões de Luanda, ao passo que o Benfica do Lubango passou a ser conhecido por Desportivo da Chela.


Composição 

Assim estiveram divididas as equipas

No primeiro Girabola as equipas intervenientes em número de 24, em representação de todo o país, estiveram divididas em quatro grupos de seis equipas cada. Destas, umas continuam a competir na prova, outras não, mais existem. E há aquelas de que não se voltou a ouvir.Para uma melhor elucidação, apresentamos no gráfico a seguir as equipas divididas pelas séries que integraram na disputa da primeira fase do certame. Para os mais novos é uma novidade e para os que viveram a época é apenas uma grata recordação.


Pensar e Falar Angola
Enviar um comentário