A Efeméride Nacional

11 DE NOVEMBRO DE 1975

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Mensagens de Zuma e Obiang


O Presidente José Eduardo dos Santos recebeu ontem, no Palácio da Cidade Alta, mensagens dos homólogos da África do Sul, de S. Tomé e Príncipe e da Giné Equatorial.
A mensagem do Presidente sul-africano foi entregue ao Chefe de Estado angolano por Charles Nqakula, conselheiro especial de Jacob Zuma. Ao deixar o Palácio Presidencial, Charles Nqakula considerou "bastante boas e históricas" as relações entre os dois países.
"Quando estamos em Angola normalmente sentimo-nos em casa", disse Charles Nqakula.
"Como sabem, muitos de nós, governantes sul-africanos, passamos por aqui para formação das forças armadas do Congresso Nacional Africano", frisou.
O emissário referiu que, na mensagem que entregou ao Chefe de Estado angolano, o Presidente Zuma manifesta, por um lado, "apresso pelo grau de cooperação e amizade entre os dois povos e países", e por outro, o desejo de "ver as relações crescer cada vez mais".
A mensagem do Presidente da Guiné Equatorial,Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, foi entregue pelo embaixador daquele país José Essono, que disse, aos jornalistas, no final do encontro que lhe foi concedido pelo Chefe de Estado, que aproveitou a audiência para "falar um pouco" sobre as relações excelentes dos dois países, mas que têm de ser dinamizadas para serem "ainda melhores". A mensagem do Presidente de S. Tomé e Príncipe, Manuel Pinto da Costa, foi entregue pelo emissário Henrique Pinto da Costa.

Novos embaixadores

Após as audiências, o Presidente José Eduardo dos Santos foi ao Salão Nobre para a cerimónia de entrega de credenciais a oito novos embaixadores em Angola.
Ladeado pelo ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti, e na presença de altas figuras do Executivo e do gabinete presidencial, recebeu, primeiro, as cartas de El Hadj Bangaly Dabo, o novo embaixador da Guiné Conacry.
A seguir recebeu as cartas credenciais do embaixador Domingos Estêvão Fernandes, que sucede a António Matonse, na direcção da representação diplomática moçambicana em Angola.
François Movely Koumba, novo representante do Governo gabonês, que rende no cargo o embaixador Emille Mziengui, também entregou as cartas credenciais. O Presidente da República recebeu igualmente as cartas credenciais dos novos embaixadores da Índia, Shiri Debraj Pradhn, e do Japão, Ryazo Myoi.
Shiri Debraj Pradhn substitui o embaixador Ajjampur Rangaiah Ghanashyam e Ryazo Myoi, Kazuhiko Koshikawa.
Dos oito novos embaixadores acreditados ontem, três não residem em Luanda: Peter Gitau, do Quénia, a residir em Winhoek (Namíbia), Oussou Edourd, do Benin, com residência em Kinshasa (República Democrática do Congo), e David Chisala Bandawe, do Malawi, a viver em Lusaka (Zâmbia).

Jornal de Angola


Pensar e Falar Angola
Enviar um comentário