quarta-feira, 16 de maio de 2012

Luanda jazz festival será superior

Luanda jazz festival será superior - diz organização 


Luanda - O director do espectáculo Luanda Internacional Jazz Festival, António Cristóvão, garantiu terça-feira que a 4ª edição será superior as outras edições, tanto em termos de artistas e como de organização.
O director, que teceu esta afirmação à imprensa a margem da apresentação dos dez artistas a participar no festival, acrescentou que essa edição terá mais géneros musicais e um melhor alinhamento artístico.
"Teremos o palco Palanca e o Welwitschia e um festival com cunho mais luso-africano. Porém, a organização do festival actualmente é cada vez mais angolana", salientou o responsável sublinhando o desafio de aumentar a participação de artistas nacionais que enveredam no estilo jazz. 
António Cristóvão frisou ainda que a questão da valorização e promoção do Semba contínua a ser um dos pontos primordiais da organização, bem como o contínuo crescimento do respectivo evento.
O alinhamento divulgado é composto pelos Conjunto Angola 70, Coreón Dú e Aline Frazão (Angola), Hibrahim (África do Sul), Hubert Laws e Boyz II Men (EUA), Asa (Nigéria), o saxofonista Manu Dibango, Ettiene Mbapé (Camarões), bem como Conha Buika (Espanha).


Depois de DeeDee Bridgewater, Ismael Lo, Wiza, entre outros artistas, terem encantado o público no Luanda Internacional Jazz Festival (LIJF), chegou a vez dos Boyz II Men prestigiar este grande evento.
 
 
A decorrer nos dias 27 a 29 de Julho próximo no Cine Atlântico, o evento tem como cabeça de cartaz o músico sul-africano Abdula Hibrahim e o americano Hubert Laws.
 
 
Estes artistas da "world music" far-se-ão acompanhar por um grupo composto por Teddy N’Singui, Dulce Trindade, Boto Trindade, Raúl Tollingas, Gregório Mulato, Chico Monte Negro, Carlitos Timóteo e Joãozinho.
 
 
Neste alinhamento apresentado pela Ritek Eventos e Produções e a DNH Entertainment fazem parte igualmente os músicos Coreón Dú e Aline Frazão (Angola), a artista Asa (Nigéria), o saxofonista Manu Dibango e Ettiene Mbapé (Camarões), bem como Conha Buika (Espanha).
 
 
Segundo a organização, além deste dos dez artistas divulgados faltam mais outros dozes a serem apresentados.


Pensar e Falar Angola
Enviar um comentário

Dia do Herói Nacional

Pensar e Falar Angola