A Efeméride Nacional

11 DE NOVEMBRO DE 1975

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Cinema e Música - Alliance Francaise

Quarta-feira, 6 de Junho de 2012




A Alliance francaise de Luanda, numa parceira com o CEFOJOR, apresenta o terceiro ciclo de cinema " Cinema e Musica" no ambito da Festa da musica celebrada anualmente na Franca e no mundo no dia 21 de Junho. Para a abertura deste ciclo sera projectado o documentario "CANTA ANGOLA" de Ariel de Bigault, apresentado pelo musicologo Jomo Fortunato.


Guião e Realização : Ariel de Bigault com Carlitos Vieira Dias, Lourdes Van Dunem, Moisés e José Kafala, Paulo Flores, Carlos Burity, Banda Maravilha, Simmons Massini, Novatos da Ilha e Ndengues do Kota Duro. Film documentário. 59 min. 2000.

As gravações das músicas e das imagens do filme CANTA ANGOLA realizaram-se em Luanda em Janeiro 2000, em condições difíceis. Nesta terra devastada, a criatividade afirma a resistência ao desespero. Os artistas reflectem nas suas músicas os sentimentos e as aspirações populares. As letras dizem os sofrimentos. O compasso marcado suporta a esperança. Os ritmos, dolentes ou rápidos, levam à alegria da dança. Os músicos expressam a energia de viver para além da sobrevivência.

A capital congrega um terço da população de Angola, incluindo centenas de milhares de refugiados. Cada um parte diariamente em busca da sobrevivência. Dos bares finos do centro da cidade até aos bairros populares da periferia, ouvem-se músicas de todos os cantos do país. Inspirando-se nas tradições regionais, cada artista recria, com a sua personalidade e talento, uma faceta da pluralidade angolana.

Vindos do passado colonial, do tráfico negreiro e da escravidão, os cantos em tons menores vibram pelo imenso sofrimento de hoje. Urdidas pelas violas, apoiadas pelas percussões, as melodias resoam entre África e Américas. Nas músicas de Angola, encontram-se as chaves de um som atlântico que já percorreu o mundo. Herdeiros desta história, os músicos são artesões de acordos, harmonias, emoções. As baladas, os lamentos e as danças de Canta Angola parecem-nos familiares.



Quarta 6 de Junho, as 19h, no CEFOJOR.
Legendas em portugues, entrada livre



Pensar e Falar Angola
Enviar um comentário