A Efeméride Nacional

11 DE NOVEMBRO DE 1975

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Sistema de vistos e exportação para Angola são prioridade

"Sistema de vistos e exportação para Angola são prioridade", ministro português Paulo Portas

21 de Julho de 2011, 22:36
Paulo Portas, ministro dos Negócios Estrangeiros português, anunciou hoje, 21, que Angola e Portugal vão criar um novo sistema de vistos que vai agilizar os processos e facilitar a vida dos empresários e quadros portugueses em Angola, garantindo que se trata de um sistema de reciprocidade.
Portas, que falava na FILDA 2011, salientou o facto de estar "muito feliz" por esta ser a primeira viagem oficial como ministro dos Negócios Estrangeiros (MNE): "O meu primeiroshake hand depois de assumir a pasta foi com o Sr. Presidente da República de Angola e com o Sr. Ministro da Economia, o que me deixa muito satisfeito".
Segundo o MNE português reforçar as relação com Angola "não depende deste ou daquele governo, mas é um compromisso do Estado português, que olha para a mesma como mutuamente vantajosa".
"Angola representa oportunidade conjectural e investimento estrutural", disse Portas, acrescentando que o nosso País pode também ser uma porta para outros mercados africanos.
A crise na Europa e em especial em Portugal acresce a importância da FILDA, onde os investidores portugueses procuram parcerias tanto com angolanos como com empresários de outras nacionalidades.
Segundo o Secretário de Estado da Economia português, António Henriques, este é o tempo de consolidar as relações e sendo Angola o quinto maior mercado para Portugal e o primeiro fora da União Europeia é tempo também da economia angolana olhar para terras lusas.
"A nossa presença na FILDA está representada por cerca de cem expositores, o que significa que Portugal aposta vivamente nas relações económicas e comerciais que não implicam apenas a entrada de Portugal em Angola, mas também de Angola em Portugal. A vinda do MNE reforça essa vontade do governo português. Dinamizar a economia passa pelos bens e serviços transacionáveis e pelas exportações", explicou António Henriques.
"Estou aqui para resolver problemas"
Sem querer levantar muito o véu, Paulo Portas revelou que será mais fácil adquirir visto para Angola: "O sistema de vistos vai deixar de ser uma inquietação para todos. É importante obter resultados e é por isso que cá estou, para resolver problemas. Este dossier tem que ser tratado com muito acompanhamento e já foram trocados documentos de ambas as partes com propostas".
Embora não tenha adiantado muito mais, o ministro português garante que o tema não se vai arrastar e já em Agosto haverá uma reunião em Lisboa para que se chegue a um acordo.
Sobre a crise que se vive em Portugal e aos portugueses que vivem em Angola, Portas deixou uma mensagem de incentivo: "Portugal vai sair da crise porque tem portugueses como nós que ajudam a desenvolver o País".

de aqui


Pensar e Falar Angola
Enviar um comentário