A Efeméride Nacional

11 DE NOVEMBRO DE 1975

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

LUIS SÁ SILVA VICE CAMPEÃO NA ÁSIA



O piloto angolano Luís Sá Silva conquistou, domingo passado, o segundo lugar no campeonato da Fórmula Pilota China no Circuito Internacional de Sepang, na Malásia, ao comando de um monolugar da equipa macaense Ásia Racing Team.
Numa pista em que já não corria desde 2008, Sá Silva teve um início complicado, ao efectuar o sétimo melhor tempo na única sessão de qualificação.
O piloto angolano, que em 2009 foi vice-campeão Asiático de Formula Renault 2000, fez duas boas corridas e somou a pontuação necessária, para assegurar o segundo lugar no campeonato, ao terminar na sexta e quinta posição na dupla jornada de domingo.
“Foi um final de semana onde os resultados ficaram aquém do que foram os nossos resultados ao longo da época. O objectivo era assegurar o segundo lugar no campeonato, e foi esta a minha única preocupação ao longo da ronda. Sem cometer excessos, geri bem as duas corridas e consegui os resultados que precisava para selar o meu objectivo”, explicou.
Esta foi a segunda vez, na presente temporada, que Luís Sá Silva hasteou por duas vezes a bandeira de Angola no lugar mais alto do pódio do campeonato, patrocinado pela Ferrari Drivers Academy (Academia de Condutores da Ferrari). O piloto não escondeu a sua satisfação, e agradeceu a todos os que o apoiaram para que os objectivos fossem alcançados: “tenho que agradecer a todos os que me apoiaram esta temporada, e que em Angola acreditam que é possível um piloto angolano triunfar no desporto motorizado internacional.”
Para o chefe de equipa da Ásia Racing Team, o francês Philippe Descombes, a temporada do piloto angolano correu acima das expectativas: “só podemos estar satisfeitos com o Luís, e com os resultados que ele proporcionou ao longo da temporada. Não podemos esquecer que o Luís esteve mais de um ano arredado das pistas, e iniciou a época sem ter efectuado um único teste connosco. Estivemos na corrida pelo título até praticamente à última corrida, e o saldo final é muito positivo”.

In Jornal de Angola


Pensar e Falar Angola
Enviar um comentário