Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Demósthenes - o Grande "Patriarca"1898-1998


O panteão do desporto angolano é uma superfície histórica. onde o precioso nome de Demósthenes de Almeida, entre outros nomes exemplares, representa a Suprema inscrição moral. Este reconhecimento é a chave ética de uma imensa galeria de notáveis, alguns dos quais – Saldanha Palhares, Gentil dos Santos, os irmãos Prado, Ramos da. Cruz, Couto Cabral, Mendonça de Carvalho, Oscar de Lemos – foram contemporâneas do próprio Demósthenes. Importa, considerar o que uns e outros representaram» no tempo Demósthenes de para melhor se avaliar a extensão e a qualidade de uma paisagem humana que sempre encarou o velho Demo com a solicitude e o fervor admirativo que se devem aos patriarcas.

Demósthenes de Almeida Clington foi e será, sempre, para o desporto angolano, simplesmente – o PATRIARCA.

Entenda-se a definição em todo o seu florilégio de implicações. Demósthenes foi, acima de tudo, cidadão, uma verdadeira coluna moral. O que toma o seu Centenário uma efeméride que convoca, em profundidade, a consciência dos angolanos. O enorme prestígio de Demósthenes de Almeida resulta, primordialmente, da exemplar simbiose por ele trabalhada» e plenamente conseguida, com os materiais do desporto e do civismo. Foi um privilégio de muitos angolanos o terem testemunhado, de modo presencial, a militância sócio-desportiva e o activismo cívico doutrinal de Demósthenes de Almeida. No Atlético, sim, mas não exclusivamente no Atlético. Demósthenes, que evidenciou preocupações técnico-científicas quando frequentou o Curso de Monitores de Atletismo, ou 
quando se deslocou a Inglaterra para acompanhar as jornadas olímpicas, foi também zeloso, estóico e pedagogicamente correcto nos postulados inerentes à formação dos jovens, dentro e fora das pisas do atletismo. Quando ele morreu – na primeira semana de Janeiro de 1973, em Luanda – Jerónimo Xavier Belo escrevia, a propósito da sempiternidade de Demósthenes: "Deixa um vazio na pista do Atlético". Indiscutivelmente. Mas hão seria exagerado formular, também: "Deixa um vazio na pista da convivência humana". Ou, se preferirem: "Deixa um vazio no território dos valores fundamentais" – a verticalidade, a capacidade de sacrifício, o ser capaz de, pelo exemplo transparente, mobilizar os outros.

Um dos "segredos" vitais de Demósthenes de Almeida foi a sua capacidade de mobilizar, para a prática desportiva, os mais jovens. Um dos segredos da força carismática de Demósthenes foi a naturalidade com que ele, às cinco da manhã de muitos dias, semanas, meses, anos. Interrompeu as comodidades do sono retemperador e deu o exemplo nos Coqueiros: sempre em defesa da pontualidade, do treino metodicamente delineado, da melhor fruição física e psíquica para os praticantes. Demósthenes de Almeida foi, deste modo, mestre e companheiro; praticante e pedagogo; prosélito e animador. Sempre consciente da importância do atletismo, da importância do desporto, da importância do estudo e da programação na actividade desportiva. Demósthenes foi, por isso, um Aliado do futebol. Diplomado em Educação Física o impoluto e respeitado funcionário da antiga Câmara Municipal de Luanda compreendeu, perfeitamente, a filosofia de certas épocas, em Luanda, quando alguns ”derrotistas”, queixava-se Demósthenes, atacavam o atletismo… em defesa do futebol. O velho Demo dos anos 50 e 60, duas décadas virtualmente aparentadas no campo desportivo, foi um técnico que viveu, sem "complexos”, as cumplicidades regularmente cultivadas, em Luanda, entre o futebol e o atletismo.

Porque, sem dar lugar a quaisquer dissipações inúteis do seu tempo e do seu talento, Demósthenes de Almeida jamais se desviou da sua fundamental condição; a de desportista, a de homem do desporto. O homem que, pausada e insistentemente, lembrava aos seus concidadãos: "O exercício corporal faz bem a toda geme e em qualquer idade". Pressuposto fulcral, para o grande mestre, era o estudo, era a planificação, era o método:" a máquina humana", frisava Demósthenes de Almeida, tem os seus porquês que é necessário conhece-la para não estragar". Natural, pois, o interesse prospectivo de Demósthenes junto dos jogadores de futebol em actividade no Clube Atlético de Luanda, ou no velho “rival”, o Sporting de Telmo, Óscar, Nimbo, Paulo Teixeira, mais tarde o Sporting de Serra Coelho ou o Sporting de Perdigão, Fernando Santos, Orlando e outros categorizados futebolistas.
Afeiçoados como poucos, ao "seu Atlético", Demòsthenes sabia, no distanciamento razoável erigir toda sinceridade de um homem que, no desporto não só não fazia distinções irreversíveis entre o atletismo e o futebol como, por outro lado, sendo puramente do Atlético, não marginalizava ou ignorava ou subestimava um atleta do Sporting Club de Luanda ou de outra qualquer colectividade.

O universalismo de Demósthenes foi assim construído, com a prática, os actos, a intervenção, os postulados éticos. Com a sua peculiar honestidade, lembrava Demósthenes de Almeida que o entusiasmo (do técnico, do treinador de atletismo) "depende sempre do interesse dos pupilos". Para se sentir num pequeno universo de pratica desportiva quase perfeito, Demòsthenes de Almeida Clington não pedia mais do que isso: "O interesse dos seus pupilos” Ou provavelmente, também, dos seus companheiros – num tempo bastante remoto, já (na década dos anos 30), em que ele ensinava, divulgava o atletismo, mas era também praticante.

Desde 1925 vinculado ás fileiras garbosas do Clube Atlético de Luanda, Demòsthenes de Almeida iniciara pouco antes, em Portugal, onde estudou, o seu fecundo ecumenismo. De uma colectividade discreta (Grupo Sport Cruz Quebrada), na periferia de Lisboa, transitara para um clube historicamente imaginoso, o Clube de Futebol Os Belenenses. Em Luanda, finalmente em Luanda estava-lhe destinada uma vida totalmente consagrada ao desporto. O atletismo de fruição e competição tornou-se a sua casa; os saltos e os lançamentos, as corridas, tornaram-se a sua linguagem, o forro da sua grande alma. As amizades, os filhos, os amigos, certos caminhos sociais até então intransitados ou por descobrir, forneceram igualmente cimento para uma obra talhada no cerne de muitos anos: o prestígio de Demósthenes de Almeida.

À sombra desse prestígio, válido em todos os areópagos da sociedade, outros atletas angolanos de gabarito

extraordinário cresceram e passearam a sua classe pelas pistas e campos de futebol de Angola e de Portugal.

Nos primórdios, os triunfadores absolutos foram Paulo Saldanha Palhares, Gentil dos Santos, Ramos da Cruz, os irmãos Prado, Zeca de Oliveira, Couto Cabral. Mais tarde, surgiram estes nossos contemporâneos; Rui e Avelino Mingas, Barceló, Júlio Fernandes, Capindiça, Fernanda Fernandes, Tavares Alves, outros mais. É importante que se lembre, porém, como certamente subscreveria Magalhães Monteiro, a riqueza energética da simbiose conseguida entre Demósthenes de Almeida e o Clube Atlético de Luanda.

Numa imensa parcela humana de servidores do Clube Atlético de Luanda (Teixeira Comes, Couto Cabral, Alberto Ferreira, Amadeu Cosia. Américo Boavida, Alfredo Pereira Melão, Mendonça de Carvalho, os irmãos Cruz, os irmãos Figueira, os Vieira Dias, os Mingas, os ta Vieter, António Torres, Manuel Castelbranco, os irmãos Benje, tantos outros), distribuídos por etapas geracionais, Demósthenes de Almeida Clington adquire a portentosa dimensão do PATRIARCA, o garante esplêndido de uma unidade esplêndida, lambem. Numa imensa galeria de nomes, o de mestre Demósthenes de Almeida incumbe-se de uma missão transcendente: a de unir e cristalizar os elementos vitais da história de um clube glorioso, o Atlético. O Clube Atlético de Luanda. A ESCOLA! Sem Demósthenes o tesouro moral instalado no Atlético seria menos rico. Sem o Atlético, as vivências e o discurso de Demósthenes não alcançariam, certamente, a projecção, o eco universal que a história justamente lhes atribui.

O Clube Atlético de Luanda é, pois convocado, por direito próprio, para figurar na cinta dourada, simbólica, que envolve na mais intensa luz afectiva o centenário de Demósthenes de Almeida Clington. É uma combinação fulgurante, uma combinação feliz: Demósthenes e o seu Atlético.

Nós, os que conhecemos Demósthones, os que sentimos e assumimos, num tempo de Resistência, o ideal do Clube Atlético de Luanda, devemos experimentar, intensamente, esta vibrante congratulação: JÁ NÃO SOMOS MUITOS, OS SOBREVIVENTES, MAS SOMOS A SINCERIDADE E O AMOR, SUFICIENTES PARA COBRIR DE APLAUSOS O INGRESSO DE DEMÓSTHENÊS NA ETERNIDADE.

Luís Alberto Ferreira
(Jornalista angolano)

Com a devida vénia ao http://www.casadeangola.org/.



Pensar e Falar Angola
Enviar um comentário

Nuvem

Angola na Imprensa (1772) música (399) jornais (325) Ágora (247) livros (233) F.Pereira (221) Historia de Angola (221) pintura (210) opinião (206) cultura (190) Luanda (116) desporto (114) fotografia (105) Território (74) literatura (73) africa (64) vídeo (64) culinária (60) Angola (55) Saúde (55) arte (55) escritores (55) reconstrução (54) Fauna (52) arquitectura (52) humor (51) personalidades (50) reciclagem (50) partidos políticos (49) turismo (49) Namibe (48) CAN2010 (47) futebol (46) energia (44) Luis Sá Silva (43) publicidade (43) Filatelia (42) Gastronomia Angola (42) Poesia (42) Cinema (41) economia (41) automobilismo (40) fotos (40) LAC (39) gastronomia angolana (37) sociologia (37) musica (36) Luanda Antena Comercial (35) POLITICA (34) valdemaribeiro (34) eleições (33) ensaios (32) Construção (31) visitando blogues (29) 95.5 (28) Elinga Teatro (28) informação (27) Girabola (26) eleições 2012 (26) Podcast (25) dança (25) Lubango (24) automóveis (24) blogs (24) teatro (24) Companhia de Dança Contemporânea de Angola (23) imprensa (23) política (23) basquetebol (22) bonecas (22) futebol angolano (22) rádio (22) CDC (21) cronicas . ensaios (21) sabores (21) Angola em fotos (20) Natal (20) Ondjaki (20) educação (19) notícias (19) eventos (18) frutas (18) Huambo (17) artesanato (17) cronicas (17) Benguela (16) GP3 (16) debate político (16) festas (16) Cozinha Angolana (15) Independência (15) Lobito (15) Parques Naturais (15) Presidente José Eduardo dos Santos (15) Sala de Música (15) curiosidades (15) receitas (15) Agostinho Neto (14) CASA-CE (14) EDUCAÇAO (14) entrevista (14) fotos antigas (14) Bloco Democrático (13) Companhaia de Dança (13) Rui Ramos (13) animais de Angola (13) 4 de Fevereiro (12) Angola descrita (12) Angola-Brasil (12) F.Quelhas (12) José Mena Abrantes (12) Solidariedade (12) comércio (12) memória (12) texto de leitor (12) viagens (12) áudio (12) Afrikya (11) Cabinda (11) Huila (11) José Rodrigues (11) Rádios Angolanas (11) agenda cultural (11) ambiente (11) ciência (11) escravatura (11) flora (11) kuduro (11) pessoas (11) 27 de Maio (10) Comentário (10) Jazz (10) Paulo Flores (10) Ruy Duarte de Carvalho (10) afrobasket (10) aniversário (10) escultura (10) estórias (10) exposição (10) futuro (10) geografia (10) malária (10) população (10) postais (10) povos (10) prémios (10) taag (10) unita (10) Huíla (9) Mateus Gonçalves (9) Palancas Negras (9) cplp (9) paludismo (9) pobreza (9) CAN2008 (8) Café da Manhã (8) Carnaval (8) Jorge António (8) Marcolino Moco (8) Pepetela (8) SOCIOLOGIA POLÍTICA (8) Sérgio Conceição (8) baía de Luanda (8) comboio (8) feriados (8) gentes (8) património (8) selecção de Angola (8) transporte (8) viagens no tempo (8) Festas do Mar (7) João Melo (7) Luandino Vieira (7) Malange (7) O País (7) Rui Mingas (7) SIDA (7) efemérides (7) ensino (7) falecimento (7) festival de teatro (7) heróis (7) percussão (7) Abel Chivukuvuku (6) Bom Dia - Bom dia (6) CAN2012 (6) Casa de Angola (6) Hóquei (6) Luisa Fançony (6) MPLA (6) ajuda (6) andebol (6) campanha eleitoral (6) chuva (6) colecção cartazes (6) filme (6) moda (6) sociedade (6) 25 de Abril (5) 4ª Conferência sobre Mulher e Desporto (5) Cartoon (5) Chá de Caxinde (5) Eleições em Notícia (5) FILDA (5) Luena (5) Mário Pinto de Andrade (5) Nelson Mandela (5) antiguidades (5) caminhos de ferro (5) contos (5) convite (5) crianças (5) cultos (5) desenho (5) dia de África (5) diversão (5) documentos (5) estradas (5) liberdade (5) lusofonia (5) moeda (5) o nosso Povo (5) petróleo (5) televisão (5) valdemar ribeiro (5) A Escola da Música (4) A Guerra (4) ADRA (4) Adams Kiluanji Smiths (4) Ana Clara Guerra Marques (4) André Mingas (4) Brasil (4) CFB (4) Capas de singles angolanos (4) Comemorações da Independência de Angola (4) Constituição (4) Diplomáticos (4) Duo Ouro Negro (4) Elias Dya Kimwezo (4) Expo 2010 (4) Fundação Sindika Dokolo (4) IIº Festival Internacional de Teatro e Artes (4) Jornal de Angola (4) Mulheres de Angola (4) N'gola Ritmos (4) Okutiuka (4) Ouvir Angola (4) Paulo Jorge (4) Pensar e Falar Angola (4) Raul do Rosário (4) Saurimo (4) Sónia Ferreira (4) Trincheira Firme (4) agricultura (4) arquitectura popular (4) colares (4) corrupção (4) desportos (4) ecologia (4) etnografia (4) hoquei em Patins (4) internet (4) media (4) medicina (4) trabalho (4) tradição (4) urbanismo (4) África (4) Ana Paula Tavares (3) António Jacinto (3) Baía dos Tigres (3) Caminhos de Ferro de Moçâmedes (3) Catumbela (3) Cuito Cuanavale (3) Denudado (3) Dia Mundial da Dança (3) Dia da Mulher (3) Dia do Herói Nacional (3) Ernesto Lara Filho (3) Filipe Mukenga (3) Homenagem (3) INFRAESTRUTURAS (3) Interclube (3) Investimentos (3) Jogos Olímpicos (3) Jorge Kalukembe (3) José Eduardo Agualusa (3) Justino Pinto de Andrade (3) Kudijimbe (3) Lino Damião (3) Manifesto (3) Manuel Victória Pereira (3) Mosquito (3) Mundial de Hóquei (3) Mário Tendinha (3) Patrício Batsîkama (3) Paulo Araujo (3) Pedroto (3) Prémio Maboque (3) Pérolas (3) Ricardo Teixeira (3) Rock Angolano (3) Teta Lando (3) Universidade (3) Yuri da Cunha (3) adivinhas (3) autores (3) candomblé (3) cidadania (3) coleccionismo (3) comunicação (3) conhecimento (3) conselhos (3) curso (3) david oliveira (3) democracia (3) deputados (3) desastre (3) desenvolvimento (3) design textil (3) dia da Independência (3) e-mail (3) elinga (3) empreendorismo (3) empresa (3) engenharia (3) estatística (3) estudantes (3) exportação (3) formação (3) globalização (3) governo (3) história natural (3) ideias (3) imobiliário (3) indústria (3) jornalismo (3) kuanza-Sul (3) legislação (3) lingua portuguesa (3) linguas (3) livro (3) mel gambôa (3) negritude (3) poesia lusófona (3) polícia (3) rios (3) ||| Trienal de Luanda (3) 11 de Novembro (2) 1º de Maio (2) 3º ano (2) A Matéria do Tempo (2) Agostinho André Mendes de Carvalho (2) Agualusa (2) Andulo (2) Angola no Afrobasket2013 (2) António Ole (2) Arlindo Barbeitos (2) Assembleia Nacional (2) BD (2) Beatriz Salucombo (2) Belita Palma (2) Bonga (2) Bonga Kwenda (2) CHAN (2) CUBE RECORDS (2) Café Negro (2) Cambambe (2) Campeonato do Mundo de Hóquei (2) Cangandala (2) Caála (2) Comissão Nacional Eleitoral (2) Correia Adão (2) Cuca (2) DTA (2) Divagações (2) Dog (2) Dog Murras (2) Don Sebas (2) Elinga Bar (2) Encontro (2) Estudos Angolanos (2) Estúdio de Actores (2) FAO (2) FBaião (2) FIC (2) FLEC (2) Festival Internacional de Jazz (2) Festival Internacional de Rock do Huambo (2) Festival de Cinema (2) Filipe Zau (2) Formula 3 (2) Fortaleza de Luanda (2) Fotografias (2) Fotografias de Angola (2) Francisco Vidal (2) Gustavo Costa (2) Helena Justino (2) Helena Magalhães (2) Hospital Pediátrico David Bernardino (2) Isabel dos Santos (2) Januário Jano (2) João Arrmando (2) João Baptista Vieira Lopes (2) Kilamba (2) Kuanza (2) Kwanza Norte (2) Leba (2) Lev'Arte (2) Luís Damião (2) Lúcio Lara (2) Mampuya (2) Mangovo (2) Manifestações (2) Manuel Rui (2) Manuel Ruy Monteiro (2) Margarida Paredes (2) Mbanza Congo (2) Mia Couto (2) Micaela Reis (2) MinhaAngola (2) Monza (2) Mucuio (2) Museu de História Natural (2) Nara (2) Nelo Teixeira (2) Neves e Sousa (2) O Blog Realmente Aberto (2) Online (2) Palácio de Ferro (2) Papa Bento XVI (2) Paulo Jazz (2) Paulo de Carvalho (2) Pedras Negras (2) Prémio Nacional da Cultura (2) Reacreativo do Libolo (2) Recordações (2) Reginaldo Silva (2) René Pélissier (2) Roderick Nehone (2) Rosa Coutinho (2) Rádio Ecclesia (2) SIEXPO (2) Sabby (2) Salvador Correia (2) Samakuva (2) Sambizanga (2) Savimbi (2) Sonangol (2) Sumbe (2) TPA Internacional (2) Tchokwé (2) Terra (2) Tio Liceu (2) Togo (2) Tonspi (2) Uíge (2) Valdemar Bastos (2) Viriato da Cruz (2) Visita de Estado (2) Viteix (2) Yaru Cândido (2) advogados (2) alimentação (2) angolanidade (2) antropologia (2) artes plásticas (2) aviação (2) bebidas (2) biodiversidade (2) ciclismo (2) cidades (2) colóquios (2) contestação (2) direitos e deveres (2) divulgação (2) educ'arte (2) escola (2) espectaculo (2) feira (2) fim de ano (2) fome (2) governação (2) herois (2) hino (2) instrumentos (2) kimalanga (2) kizomba (2) legislativas (2) leis (2) marginal (2) negócios (2) pensamentos (2) pesca (2) provérbio (2) racismo (2) religião (2) reportagem (2) resultados eleitorais (2) revistas (2) toponimia (2) transporte aéreo (2) trânsito (2) vias de comunicação (2) vistos (2) Álvaro Macieira (2) óbitos (2)  Zé Pestana Namibe Angola em fotos (1) "O Ocaso dos Pirilampos". (1) 04 de Abril (1) 1 de Maio (1) 15 de Março (1) 1º de Agosto (1) 2006 (1) 2008 (1) 2011 (1) 2012 (1) 2014 (1) 95 (1) A Poesia Angolana noa Caminho Doloroso da História (1) A Orfã do Rei (1) A Safra (1) ANGOLATELECOM (1) Acordos Luso-Angolanos (1) Acordos de Paz de Bicesse (1) Actores (1) Acácio Barradas (1) Adolfo Maria (1) Adriano B. de Vasconcelos (1) Adriano Botelho de Vasconcelos (1) Adriano Mixinge (1) Adriano Sebastião (1) Aeroporto Internacional de Luanda (1) Afrologia (1) Alda Lara (1) Alda do Espírito Santo (1) Alfabetização (1) Aline Frazão (1) Allende (1) Ana Dias Lourenço (1) Ana Paula dos Santos (1) Angola 74 (1) Angola Avante (1) Angola Rural (1) Angola e NBA (1) Angolares (1) Animação (1) António Kassoma (1) António Magina (1) António dos Santos (1) Anália de Victória Pereira (1) Apartheid (1) Apostolado (1) Artur Nunes (1) Assassinato (1) Associação 25 de Abril (1) Associação Kalu (1) Autódromo (1) Bahia (1) Baixa de Cassange (1) Banda (1) Banda Desenhada (1) Banda Maravilha (1) Before Crush (1) Benfica (1) Bienal (1) Bilhete de Identidade (1) Bimbe (1) Bié (1) Black Soul (1) Boas Fertas (1) Bruno M (1) COI (1) COSISA (1) CPJ (1) CRONICAS ENSAIOS (1) Cabo Ledo (1) Caleidoscópio (1) Calos Alberto Mac-Mahon de Vitoria Pereira (1) Cangola (1) Caotinha (1) Carlos Alberto Mac-Mahon de Vitoria Pereira (1) Carlos Ferreira (1) Carlos Ferreirinha (1) Carlos Morais (1) Carteira do Artista (1) Casa 70 (1) Casa do Gaiato (1) Casa do Gaiato de Benguela (1) Cavaqueira no Poste (1) Cesaire (1) Cesária Évora (1) Chia KMK (1) Chibia (1) Chiwale (1) Cinema Atlântico (1) Comité Olímpico (1) Companhia de Teatro Dadaísmo (1) Companhia de Teatro Gente (1) Concurso literário (1) Congresso (1) Cooperação Luso Angolana (1) Corte-Real Pereira (1) Costa Andrade (1) Cuba (1) Cubal (1) Cunene (1) Cónego Manuel das Neves (1) DNIC (1) Dalila Cabrita (1) David Zé (1) Death Metal Angola (1) Demósthenes (1) Dharmasena Pathiraja (1) Dharmasena Pathirajad (1) Dia da Mulher Africana (1) Dia de Camões (1) Dia internacional da Criança (1) Direitos Humanos (1) Direitos de autor (1) Discurso do Presidente Agostinho Neto (1) Dondo (1) Doutoramento (1) Drepanocitose (1) Duarte Ferreira (1) EXPO 2012 (1) Edgardo Xavier (1) Edite Soeiro (1) Eduarda Andrino (1) Eiffel (1) Embaixada de Angola em Portugal (1) Embaixador (1) Eng. Fernando Falcão (1) Espaço SIEXPO (1) Estórias de Angola (1) Etel Ferrão (1) Eugénio Costa Almeida (1) ExameAngola (1) Expo 2008 (1) FAA (1) FC Bravos do Maquis (1) FIL (1) FNLA (1) Fernando Baião (1) Fernando Laidley (1) Fernando Pacheco (1) Fernando Tavares Pimenta (1) Festival da Canção (1) Filhos da Pátria (1) Flávio Ferrão (1) Ford (1) Forum Angolanao (1) Força aérea (1) Fragata de Morais (1) Francisco Costa Andrade (1) Frases (1) Frei João Domingos (1) Frutos de Angola (1) Fundo de Solidariedade Lwini (1) Fátima Roque (1) Gabela (1) Gana (1) Gari Sinedima (1) Gastronomia Angolana (1) General Pakas (1) Graciano António Manuel Kalukango (1) Granito (1) Grupo Lareira (1) Grupo Pitabel (1) Grupo de Reflexão da Sociedade Civil de Angola (1) Guiné-Bissau (1) Gustave (1) Gustavo da Conceição (1) Gás (1) H (1) Helder Mendes (1) Henrique Artes (1) Herberto Helder (1) Hinos partidários (1) Holden Roberto (1) INESAAODH (1) INOVAR (1) Icolo e Bengo (1) Imbondeiro (1) Inocência Mata (1) Inscrições (1) Iraldo (1) Irina Vasconcelos (1) Isaura Maria da Conceição Epanda (1) Ismael Mateus (1) J.M.Coetzee (1) Jacinto Lemos (1) Jandira Sassingui (1) Jeremy Xido (1) Jerónimo Belo (1) Joaquim Furtado (1) Jodi Burch (1) Jomo Fortunato (1) Jonh Bela (1) Jordi Galcerán (1) Jorge De Palma (1) José Chaves (1) José Luis Mendonça (1) José Marcos Mavungo (1) José Maria Chaves (1) José Redinha (1) João Jorge Xavier (1) João Kassinda (1) João Soares (1) Kalandula (1) Kalumba (1) Kambumbe Lodje (1) Kandjila (1) Kaparandanda (1) Kate Hama (1) Kifangondo (1) Kiluanji Kia Henda (1) Kinaxixe (1) Kito Kimbenze (1) KuBass (1) Kuduro International Conference (1) Kwanza (1) LODGE (1) Lambarena (1) Leonor Figueiredo (1) Levy César Marcelino (1) Lilly Tchiumba (1) Lito Vidigal (1) Loanda (1) Luanary (1) Luanda Maputo (1) Luciano António (1) Lucira (1) Lugares (1) Luis Fernando (1) Luis Rosa Lopes (1) Lulendo (1) Lunda (1) Luz Veio (1) Luís Fernando (1) M'pty Head (1) MOVICEL (1) Maianga (1) Mano a Mano Produções (1) Manucho (1) Manuel Agostinho Salvador Ribeiro (1) Manuel Ennes Ferreira (1) Mara Dalva (1) Mara Manuela Cristina Ananaz (1) Maria Esperança Pascoal (1) Maria Mambo Café (1) Maria Rita (1) Massalo (1) Matála (1) Mayamba Editora (1) Memória de uma alcoólica (1) Menha Ma Zumbi (1) Menongue (1) Mestre Humberto (1) Miguel Anacoreta Correia (1) Miguel Barros (1) Miguel Zenón Quartet (1) Ministros de Angola (1) Miss Angola 2007 (1) Miss Mundo (1) Miss World (1) Monami (1) Morro Maluco (1) Morro da Luz (1) Morro da Maianga (1) Movimento Estudantil Angolano (1) Movimento X (1) Moçambique (1) Muanamosi Matumona (1) Mucubais (1) Mulher Desporto África 2008 (1) Murras (1) Museu Nacional de História Natural (1) Musongué da Tradição (1) Mutamba (1) Mário Guerra (1) MárioPalma (1) NASCAR (1) NEBLINA (1) Nastio (1) Ngolamirrors (1) Nito Alves (1) Njinga Rainha de Angola (1) Nossangola (1) Nzila (1) Nástio (1) Nástio Mosquito (1) O Moringue (1) O Método de Groholm (1) O Preço do Fato (1) O Rock Lalimwe Eteke Ifa (1) O Submarino Angolano (1) ONG (1) ONU (1) Orfanato (1) Orlando Sérgio (1) Ortopedia (1) Os Lambas (1) Ottoniela Bezerra (1) PENSAMENTO (1) PTNETangola (1) Pangueia Editora (1) Parlamento (1) Pauko Flores . música (1) Paulo Araújo (1) Paulo Capela (1) Paulo Kussy (1) Pedrito do Bié (1) Pedro Pinote (1) Petro (1) Photosynth (1) Processo dos 50 (1) Projecto Perpetuar (1) Prémio José Saramago (1) Quarta-feira (1) Quimbele (1) Quitexe (1) RNA (1) Rafael Marques (1) Raid Cacimbo (1) Raid TT (1) Rainha Ginga (1) Rainha Nzinga (1) Raul David (1) Recreativo da Caála (1) Ricardo Abreu (1) Rio Kuanza (1) Ritmo e Cultura (1) Robert Hudson (1) Roberto Ivens (1) Rocha Pinto (1) Rodrigues Vaz (1) Romi Anauel (1) Ruca Van-Dúnem (1) Rui Almeida (1) Rui Costa (1) Rui Monteiro (1) Rui Tavares (1) Ryszard Kapuscinski (1) Rádio Luanda (1) S.Tomé e Príncipe (1) SISTEC (1) Samba (1) Santocas (1) Sexta-feira (1) Silerstone (1) Silverstone (1) Simão Toco (1) Sita Valles (1) Slide de fotografias (1) Soyo (1) Suzana Inglês (1) Sérgio Guerra (1) Sérgio Mabombo (1) TEDxLuanda (1) Taekwondo (1) Tantã Cultural (1) Tchivinguiro (1) Terra dos Sonhos (1) Toke (1) Tomaz Jorge (1) Toty Semedo (1) Traumatologia (1) Tribunal de Contas (1) Trienal de Luanda (1) Tv (1) TvZimbo (1) Té Macedo (1) Tômbwa (1) UEA (1) UNITEL (1) União de Escritores Angolanos (1) Urbano de Castro (1) VIH/SIDA (1) VUM-VUM KAMUSASADI (1) Victor Gama (1) Vítor Burity da Silva (1) Waldemar Bastos (1) Welwitschia Mirabilis (1) Wilker Flores (1) Xadrez (1) Xá de Caxinde (1) Yonamine Miguel (1) You Failed... Now We Rule!!! A Nossa Vez!!! (1) Zeca Moreno (1) Zé Pestana Namibe Angola em fotos (1) abacate (1) acidentes (1) acordo ortográfico (1) agradecimento (1) alambamento (1) alfandega (1) angolano lá fora (1) antologia poetica (1) anuncio (1) anúncio (1) arbitrariedade (1) baleia (1) bancos (1) bandeira (1) barack obama (1) baía (1) biblioteca (1) bicicleta (1) borboletas (1) brancos (1) cacusso (1) capacitação (1) carta aberta (1) casamento (1) cerâmica (1) cine art angola (1) clima (1) cogumelos (1) combustível (1) comemorações (1) comunidades (1) concertos musicais (1) concurso fotografia (1) contador (1) contrafacção (1) convívio (1) cooperação desportiva (1) crónicas (1) cursos (1) desalojados (1) desarmamento (1) descolonização (1) desgraça (1) design grafico (1) desporto paralímpico (1) dia do pai (1) dimantes (1) dinheiro (1) doclisboa 2012 (1) doença do sono (1) dvd (1) e--books (1) emprego (1) encontro mulheres angolana (1) escr (1) estorieta (1) explicação (1) expressão dramática (1) f (1) facebook (1) famílias (1) feira do Livro (1) feminismo (1) feministas (1) ficção (1) fiscalidade (1) floresta (1) fm (1) fábulas (1) férias (1) gora (1) graffiti (1) história Angola (1) hobby (1) humor angolano (1) idolos (1) igreja (1) iniciativa (1) intercâmbio (1) interrupção (1) investigação (1) jindungo (1) jo (1) justiça (1) juventude (1) kalulu (1) kamussekele (1) kassekele (1) kimbos (1) kit surf em Angola (1) leitura (1) lendas (1) luto (1) línguas nacionais (1) militares (1) minas (1) minas de prata (1) miss Universo (1) modernização (1) mosca tsé-tsé (1) motas (1) muamba (1) música. fotos antigas (1) narrativa (1) natação (1) nação negra (1) negros (1) néo-liberalismo (1) o mundo (1) off-road (1) parabens (1) passados. estórias (1) passatempo (1) pecuária (1) pensar (1) perdidos e achados (1) piri-piri (1) poe (1) porto de Luanda (1) povo (1) primeira-dama de Angola (1) prisões (1) prédio Cuca (1) qualificação das pessoas (1) ra (1) raça (1) recuperação (1) refugiados (1) registo eleitoral (1) renovação (1) repatriamento (1) restaurantes (1) san (1) segurança (1) sem etiqueta (1) seminário (1) soberania (1) surf em Angola (1) taxis (1) telecomunicações (1) todo o terreno (1) tragedia (1) tripanossomíase (1) turtulhos (1) twitter (1) técnica (1) um livro. solidariedade (1) valdemar F. Ribeiro (1) vfr (1) vigarices (1) violência (1) voz (1) youTube (1) «ANGOLA: A TERCEIRA ALTERNATIVA» (1) Álvaro Ascenso (1) Álvaro Mateus (1) Óscar Ribas (1) ética (1) ídolos (1)