A Efeméride Nacional

11 DE NOVEMBRO DE 1975

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Conferência de Imprensa da CASA-CE


CASA-CE
CONVERGÊNCIA AMPLA DE SALVAÇÃO DE ANGOLA
COLIGAÇÃO ELEITORAL

Conferência de Imprensa

Na sequência da Reunião do Conselho Executivo Nacional, realizada esta sexta-feira 30 de Novembro na sua Sede Nacional, o Presidente da CASA-CE, Abel Chivukuvuku, convoca para dia 04 de Dezembro, terça-feira pelas 10 horas, na Sede Nacional da Campanha Eleitoral, sita na Avenida António Barroso, uma Conferência de Imprensa, com vista a passar em revista aspectos decorrentes do início do ano legislativo. O ambiente dentro e fora da Casa das Leis será o ponto fulcral. Contudo, aproveita fazer uma abordagem sobre a situação da CASA-CE no xadrez político nacional e internacional, depois de 31 de Agosto de 2012.

Luanda aos 30 de Novembro de 2012

O Chefe da Subcomissão de Comunicação







CASA-CE
CONVERGÊNCIA AMPLA DE SALVAÇÃO DE ANGOLA
COLIGAÇÃO ELEITORAL



Press Release

1° Congresso Extraordinário da CASA-CE


No âmbito da decisão saída do Conselho Deliberativo Nacional da CASA-CE, está em fase de preparação o seu 1º Congresso Extraordinário previsto para os dias 3 e 4 de Abril de 2013. Neste quadro, foi elaborado um Cronograma de conferências distritais e municipais que decorrem desde o pretérito dia 20 de Outubro de 2012.

1 – Realização: Segundo o Chefe da Subcomissão Política, Américo Chivukuvuku, não obstante algumas dificuldades de ordem financeira, os secretariados provinciais souberam encontrar vias e meios alternativos para honrar na íntegra o calendarizado. Assim é que, até ao presente, com excepção do Kwanza Norte, todas as províncias estão na etapa derradeira. Até a presente data foi possível realizar 142 conferências municipais, faltando cumprir dentro da previsão 93 que provavelmente poderão terminar apenas nos primeiros dias de Janeiro de 2013.

2 – Documentação e temática: Para suporte dos trabalhos foi produzido um leque de documentos orientadores no intuito de regulamentar e unificar os debates desde as conferências municipais, válidos até as conferências distritais. Do pacote destes documentos reitores, constam um Regulamento das Conferências Municipais; uma Proposta de Projecto sobre as teses para a elaboração da identidade política e ideológica da CASA-CE que consiste em destacar as prioridades e os objectivos supremos a alcançar com este 1° Congresso Extraordinário e um pré-questionário sobre os porquês da convocação do evento supracitado, refira-se a ter lugar um ano depois da existência da CASA-CE.




Alguns dos pontos deste questionário têm a ver com a redefinição da natureza e família partidária da CASA-CE; se na circunstância vale a pena mudar seus estatutos; quais as bases de sustentação e apoio; as relações entre a CASA-CE, com o Estado, a CASA-CE e o contexto internacional; as estruturas de base da CASA-CE no resto da África e no mundo, assim como a participação da diáspora ao Congresso; as relações da CASA-CE com outras congéneres da oposição e que estratégias para a consolidação do estatuto político conquistado, visando a tomada do poder a partir das futuras eleições autárquicas e legislativas; bem como os critérios para eleição de membros candidatos à delegados ao Congresso como resultado das conferencias em curso.

3 – Metodologia - Quanto aos métodos de trabalho, foi estabelecido um tecto semanal de duas conferências municipais por província, orientadas por um responsável sénior nas vestes de patrono.

4 – Os prazos: De acordo o Coordenador da Comissão de Preparação, Vice-presidente da CASA-CE, Manuel Fernandes, o 15 de Dezembro foi fixado como data limite destas conferências. Findo este ciclo, arrancam as conferências provinciais. Recorde-se que são esperados ao Congresso, entre 1100 a 1300 delegados e convidados. Por sua vez e para se assegurar in-loco do bom desenvolvimento dos trabalhos, o Presidente da CASA-CE, Abel Chivukuvuko tem protagonizado visitas inopinadas aos locais declarados da realização de conferências.

5 – Estruturas - Das estruturas concebidas para a materialização do programado, foi criada a Subcomissão da Comunicação Social, Informação e Propaganda; 2 – Subcomissão da Administração, Finanças e Logística; 3- Subcomissão do Alojamento e Transportes; 4 – Subcomissão das Relações Públicas e Protocolo; 5 – Subcomissão da Documentação; 6 – Subcomissão Politica.

P.U: Para mais pormenores, contactos: 923307862; 936423727; 931715393


Luanda aos 30 de 11 de 2012

O Chefe da Subcomissão de comunicação





Pensar e Falar Angola
Enviar um comentário