A Efeméride Nacional

11 DE NOVEMBRO DE 1975

sábado, 3 de março de 2012

Angola e a África do Sul acertam posição comum.

Angola e a África do Sul acertam posição comum.
By mandavid. 

Concertação entre os líderes em Luanda TVonline Presidente da República, José Eduardo dos Santos, e o seu homólogo da África do Sul, Jacob Zuma, mantiveram ontem um encontro no Palácio Presidencial da Cidade Alta, o segundo na capital angolana, em menos de 15 dias.
Jacob Zuma, que chegou ao país na noite de quinta-feira, participou ontem de manhã na sessão de encerramento do Conselho de Ministros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), em que se discutiu, entre outras matérias, a situação dos Estados-membros no processo de integração económica regional.
O presidente sul-africano analisou com o Chefe de Estado angolano o quadro político da SADC e a actual situação da União Africana (UA), numa altura em que a organização continental se prepara para eleger o sucessor do gabonês Jean Ping, na presidência da Comissão da União Africana.
De recordar que a 18ª Cimeira da União Africana nomeou um painel de oito chefes de Estado para encontrar uma forma de compromisso com vista à eleição do próximo presidente da Comissão da UA, na sequência do impasse na primeira ronda de votações, em Janeiro passado. Os resultados da disputa entre Jean Ping (presidente cessante) e Nkosazana Dlamini-Zuma, que é a escolha da SADC, não permitiram determinar um vencedor, o que obrigou os dirigentes africanos a adiarem o processo até Junho e prorrogar por seis meses o mandato do presidente cessante. Após três voltas de escrutínio, o gabonês ficou a 25 votos da reeleição.
O comité de chefes de Estado e de Governo da UA incumbido de encontrar soluções para a questão das eleições deve reunir-se na próxima quarta-feira.O ministro angolano das Relações Exteriores considerou boa a actual situação política na África Austral, apesar dos processos de transição em curso no Madagáscar, Zimbabwe, Malawi e República Democrática do Congo (RDC).
George Chikoti falava à imprensa no aeroporto internacional de Luanda, momentos depois de se ter despedido do presidente sul-africano, Jacob Zuma, que terminou ontem uma visita de 24 horas a Angola.
O chefe da diplomacia angolana disse que a região austral do continente “está em paz e com processos de transição em curso em alguns dos Estados-membros”.Acrescentou que os vários processos em curso carecem de consultas regulares dos líderes da região. “Foi nesta base que o chefe de Estado sul-africano esteve em Angola, para se encontrar com o homólogo angolano, que actualmente preside à SADC”, referiu.


Os dois líderes africanos haviam estado juntos no passado dia 19 de Fevereiro, na sala protocolar da Presidência da República do aeroporto internacional de Luanda, aproveitando uma escala que Jacob Zuma fez quando regressava do Benin, onde participou numa cimeira extraordinária convocada pelo presidente da União Africana.



Pensar e Falar Angola
Enviar um comentário