A Efeméride Nacional

11 DE NOVEMBRO DE 1975

domingo, 2 de outubro de 2016

Parabéns!  Senhor Professor Doutor João Jorge Xavier

Angola acaba de receber mais um Doutor com Distinção e Louvor por Unanimidade em Medicina pela Universidade de Coimbra!

Reporter: MWA   * 30 de Setembro de 2016
Ontem(30 de Setembro de 2016) pelas 10h a Magnífica Sala dos Capelos da Universidade de Coimbra abriu portas para acolher o nosso Colaborador João Jorge Xavier que defendeu o seu trabalho de investigação de Doutoramento em Dissertação pública e “rígida” ao longo de quase de 3(três) horas, com grande sucesso, obtendo como resultado da avaliação do Juri o Grau de Doutor com Distinção  e Louvor por Unanimidade!
O Doutor João Jorge Xavier é angolano, reconhecido Médico, Investigador, Escritor, Poeta e Professor da Universidade Agostinho Neto de Angola, é Autor pro-bono da Revista Mwana Afrika que trata de assuntos relacionados com a problemática da Criança e o seu desenvolvimento, recentemente prefaciou o Livro Salalé três três os Reis do Kongo de Kiesse/Olo, cujas receitas revertem a favor das Crianças de Afrika e de Portugal para projectos de Desenvolvimento nas áreas da saúde, educação e cultura.
Professor Doutor João Jorge Xavier é um Homem de Afrika cidadão do Mundo, das comunidades, Pai zeloso, um Homem do bem, trabalhador, promotor da Paz, da Cultura, da Ciência e da Valorização da sua Identidade Cultural e que respeita as demais!
É com muito gosto e a maior satisfação que o Mwana Afrika dá esta muito boa notícia, pois sabemos que não foi fácil e lamentavelmente continua a ser difícil para um afrikano na diáspora vencer os obstáculos com que se depara não só na vida do dia a dia, muito mais difícil é nesta matéria de valorização académica, científica e intelectual. Mas, os angolanos e de uma forma geral os afrikanos sabem da responsabilidade que têm na evolução da Humanidade e a sua impoirtância para a sua sustentabilidade futura, sabem que foram e continuam a ser os forjadores desta Humanidade que com todo o sacrifício e derrotas, transformam em vitórias e assim ajudam no Progresso da Humanidade!
Citando John Iliffe, in “Os Africanos” História de um continente”:
África “Os pioneiros da Humanidade” -  Os Africanos foram e continuam a ser os sertanejos que “colonizaram” uma região do mundo particularmente hostil, a bem de toda “raça” humana.”

Esta nossa maravilhosa Afrika, Berço da Humanidade o continente que viu fundar e acolheu no seu quintal as primeiras Universidades mais antigas no mundo, a Universidade Al-Azhar a 1020 a.c., Timbuktu no Mali. A Afrika das filhas e filhos que não se resignam, mas que continuam a trabalhar para um mundo mais científico - humano, mais justo, solidário, mais desenvolvido e  sustentável.
A Afrika e seus filhos (as) já muito deram e continuam a dar ao mundo para o bem de todos os Povos é também hora do mundo reconhecer esta Força das filhas e filhos de Afrika e retribuirem com respeito, valorização e acabar com o sofrimento que lhes é imposto quando apenas zelam por usufruirem de direitos iguais aos de outros Povos e que são os Direitos Humanos!
 Parabéns Senhor Professor Doutor Jorge Xavier!
Angola e todas as suas Filhas e Filhos estão de parabéns, assim como a Ciência que sobe mais um degrau no conhecimento científico em prol da Saúde e bem estar dos Povos com este magnífico e inovador trabalho que nos  traz uma nova visão para as “patologias da Diabetes”  e outra esperança para os pacientes que sofrem deste mal.
 Brevemente  o MWA dará mais notícias sobre este grandioso evento que contou com a representação Diplomática da Embaixada de Angola em Portugal, de Professores e Investigadores da Universidade Agostinho Neto de Angola, Universidade de Lisboa, Universidade de Coimbra e muita presença de amigos(as) e colegas de Angola, de Portugal e da Família.
Que o Governo de Angola e seus políticos saibam aproveitar, valorizar e dignificar os quadros angolanos no seu todo e assim mudar a realidade actual do País em todas as suas vertentes e nesta em especial a da saúde, que não condiz com o sacrifício que os filhos e filhas de Angola têm tido ao adquirirem com tanto sacrifício competências que não são postas em prática, ao que parece preteridas por outras que não são do interesse dos Povos de Angola, nem promovem o desenvolvimento do País!
Já é tempo dos angolanos serem dignificados em todas as sociedades onde doam a sua força de trabalho e em especial no seu País onde o exemplo deve ser de Honra e não de humilhação!
É hora dos angolanos serem felizes por tudo quanto deram e continuam a dar, é hora da Afrika unir-se e parar com a sua descaracterização que a está a desvalorizar e a destruir, é hora de todos os Povos do Sul(Afrika e Mediterrâneo) primarem pelo respeito mútuo e solidariedade salvaguardando a sustentabilidade das Novas Gerações, é hora dos Povos de todo o mundo reconhecerem o nosso contributo no desenvolvimento da Humanidade e que resultou no bem estar de alguns e limitações da maioria! Urge que se faça e pratique a justiça Solidária,  com ética e Valores morais, para que se salve a Humanidade.

Obrigada(o) e Parabéns Senhor Professor Doutor Jorge Xavier!

Tua sakidila Ngana Mzambe; Tu Tondele Mzambe a Mpungu; Tua Pandula Suku U Kola, Agradecemos a Deus todo Poderoso!

João 14:12-19 “Dos Escritos do Kanda - nossa Herança.”
“Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas,(...)
E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.
Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.
Se me amais, guardai os meus mandamentos. E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre; O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós.”


Nti Afrika
(Direcção/Gabinete de Relações Humanas e Internacionais)
Mwana Afrika-Crianças de África-Children of Afrika-PORTUGAl
É nossa responsabilidade zelar por um Futuro melhor. Pelas Crianças tudo do melhor e com urgência, elas crescem depressa!




Pensar e Falar Angola
Enviar um comentário