A Efeméride Nacional

11 DE NOVEMBRO DE 1975

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

António Ole. Luanda, Los Angeles, Lisboa

António Ole. Luanda, Los Angeles, Lisboa

António Ole
«Sem Título (I)». Luanda, 1998. Fotografia montada em alumínio. 90 × 120 cm. Coleção do artista. Fotografia: António Ole
Exposição retrospetiva da obra de António Ole, uma figura tutelar de toda uma geração de artistas contemporâneos angolanos. Com uma carreira internacional, Ole desenvolveu uma obra que vai da escultura à instalação, da pintura e colagem ao desenho, da fotografia ao filme, em diálogo permanente com a cidade, e antes de mais a cidade de Luanda, com a sua arquitetura e os seus habitantes.
A filmografia de António Ole, uma produção pouco conhecida iniciada no período pós-1974 (pós-independência de Angola como colónia portuguesa) e que se prolongou nas décadas de 1980 e 1990, é uma das apostas fortes da exposição.
Luanda, Los Angeles, Lisboa estabelece uma geografia vivencial, percorrendo ou criando pontes entre as cidades determinantes no percurso artístico de António Ole. O artista nasceu em Luanda (Angola) em 1951, onde vive e trabalha atualmente. Com Formação em Cinema no American Film Institute de Los Angeles (1975) e em Cultura Afro-Americana na Universidade da Califórnia – Center for Advance Film Studies  (1981-1985), António Ole realizou a sua primeira exposição internacional no Museum of African American Art de Los Angeles, iniciando uma reflexão sobre a escravatura e o colonialismo.
A exposição estabelece um forte diálogo com o espaço da galeria, cruzando a instalação, o filme e a pintura através da ideia de trocas e da ideia de contentor.
Com exposições em várias instituições internacionais, António Ole participou em 2013 na 55ª Bienal de Veneza, onde volta a estar presente em 2015, no Pavilhão de Angola, lado a lado com outros jovens artistas angolanos. Recebeu diversos prémios em Angola, Portugal e Cuba. A sua obra encontra-se presente em inúmeras coleções públicas em Portugal, Angola, África do Sul, Estados Unidos da América, Alemanha e Cuba.
Curadoria: Isabel Carlos e Rita Fabiana 
Uma viagem com António Ole, Coleção Moderna, agosto de 2016 

Eventos relacionados: 

À conversa com as curadoras Rita Fabiana e Isabel Carlos e com o artista António Ole

Sábado, 17 de setembro, às 16h00 

Visitas orientadas

Quartas-feiras e sábados, 24 de setembro; 19 e 22 de outubro; 3 de dezembro; 7 de janeiro, às 15h00 

Visitas para desenhar

Domingos, 20 de novembro e 11 de dezembro, às 11h00


Pensar e Falar Angola
Enviar um comentário